22 de setembro de 2011

Do melhor da festa

Para cada um o melhor de uma festa varia, acho que um dos melhores é esperar por ela. Insistimos muitas vezes em viver para os resultados e perdemos a graça dos preparos. Preparar a felicidade, buscá-la, desejá-la é muito divertido e produtivo. Preparar a mesa para o café, o vestido para a festa, já é um jeito de ser feliz. A riqueza das nossas buscas quase sempre está no processo, que julgamos ser algo que devamos deixar passar, o resultado tá nesse tempo, nessa busca, na palavra dita, no gesto, na tolerância, no saber lidar com o erro, a falta, no acerto, na satisfação em ter conseguido, superado, melhorado, ainda que não se tenha alcançado a perfeição ou objetivo, vivenciar os agoras, pois o amanhã pode não chegar.
Que vivamos cada parte de nossos processos, curas, buscas, como o todo, se o todo é feito de partes, cada parte é o todo. Na China tem um rio que se diz que "acaba antes de morrer". É o rio Amarelo. Todo rio morre no mar e esse não desemboca no mar, por falta de força para ir além, ele para no caminho, acaba, antes de morrer. Que não acabemos antes de morrer, que não acabemos antes de viver.

3 comentários:

  1. que texto lindo e verdadeiro... algo para refletir com carinho!

    bjs e um ótimo dia para você

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto *-*
    Realmente devemos saber aproveitar a vida e não desperdiça-la com bobagens, muito menos "morrermos" antes da hora.

    Muito boa reflexão Tina
    Beijoo

    ResponderExcluir
  3. Importantíssimo!
    Viver intensamente um dia de cada vez, uma hora de cada vez, um minuto de cada vez, um segundo de cada vez...simplesmente viver.
    Bjão

    ResponderExcluir