31 de maio de 2011

Que ???

No domingo meu irmão pediu para meu filho
Pegar a "pochete" dele na sala
Não faço idéia do que se passou na cabeça da criança
A resposta foi: Pegar o que?
A propósito irmão, "Pochete" é totalemnte anos 80
Certa feita um amigo levou lá pra casa, para fazer um trabalho
Uma máquina de escrever
Para meu filho algo sem precedentes
Ele não conseguiu visualizar o uso
Muito menos as imperfeições e limitações "daquilo"
Frente a um computador
Como imprimir?...Como dar Enter?
Como colocar emnegrito?...E se errar?
Já ocorreu também uma certa dúvida de meu filho
Com uma expressão ainda usada por algumas pessoas:
"A ficha caiu ou não caiu"
Expliquei que antigamente se colocava uma ficha no orelhão
E quando ela caia a ligação se completava
Cara de paisagem, pausa...
Orelhão?...Ficha?...Caindo?
Cainho para onde?...Como assim?
No imaginário onde não há as imagens é difícil criar uma
As vezes é inconsciente de nossa parte
Falar de coisas, expressões, piadas
Sem perceber que não fazem sentido nenhum
Para pessoas de outras gerações
Sejam mais velhas, mais novas ou até pessoas de outras culturas
Acho isso fantástico, muito interessante
Quem ai decifra:
"Penteadeiras", "camiseiros"
"Suspensórios", "polainas"
"Prisilhas", "cartões de ponto"
"Fitas cassete", "disquetes"
Adorei esse porta pen-drive da imagem
Dei a ele o nome de cassete porta-pen
"A arte de viver é simplesmente a arte de conviver
Simplesmente, disse eu?
Mas como é difícil"
Mario Quintana

30 de maio de 2011

Segundas-feiras

Quando eu era adolescente
Tinha uma camiseta do Garfield com a frase:
"Odeio segundas-feiras"
Minha irmã Katia tinha outra que dizia:
"Odeio acordar cedo"
Eu odeio as duas coisas...rsrs
E hoje odeio a expressão:  "Eu odeio"
 Desde para coisas mais banais até coisas realmente odiáveis
Segunda é a inevitável constatação que o final de semana acabou
Mas nada do mau humor "garfieldiano"
Segunda é dia de começar dieta
Quase nunca da certo...rsrs
Colocar projetos, metas em movimento
Faca no dente minha gente!

29 de maio de 2011

Meu irmão e Eu

Para não dar ciúme, eis Marcos e Eu
Dois arianos cheios de personalidade (para não dizer temperamentais).
Ele de camisa laranja (cor favorita), adora os Simpsons
Enfim, vou postar essa semana umas fotos antigas nossas
Separei uma minha e dele, estilo Cordel Encantado
Ele está de cangaceiro e eu muito longe de Assucena...rsrs
No mesmo dia posto outra com minhas irmãs
Também de época junina

Minhas irmãs e Eu

Quando eu estava pesquisando imagens para colocar no Blog
Vi essa que foi identificação a primeira vista
A garota da frente sou eu
Cabelo preto, o estilinho barbie do vestido, a cara de sapeca...rsrs
Com um gato do lado (amo gatos)
A maior é Susana
Irmã mais velha, tudo a ver ser a maior, mas não é só isso
O estilinho tb tem tudo a ver.
A outra é Katia
Saia lilás e sapato lilás (cor preferida)
O cabelo clareado (lembro dela lavar o cabelo com chá de camomila)
Falando em flores, ela segura uma, tudo a ver com ela, toda "alecrim dourado"
Enfim, essas somos nós
E ai irmãs, gostaram?
Da imagem e da identificação?
E quem conhece nós três
Não acharam nossa cara?

Tudo d+ é sobra

"Embora as pessoas reclamem com imensa frequência daquilo que não possuem, existe outra questão que merece toda a nossa atenção: aquilo que possuímos em excesso.
Aliás, os excessos costumam ser mais prejudiciais que as faltas, mas demoram mais para serem percebidos. As faltas nós notamos imediatamente, os excessos só quando despertam a nossa consciência.
Tudo o que temos em excesso demanda tempo e energia para ser administrado. Roupas demais, cds demais, bagunça demais, lembranças demais (fique com as que valem a pena, pelo aprendizado ou felicidade que trouxeram), compromissos demais, pressa demais, comida demais.
Não precisa ser o mínimo necessário, pode haver algumas sobras, mas sem os exageros de costume.
Nada é mais gratificante que a liberdade, a sensação de que você se basta sem precisar de um arsenal de coisas, sons e cores a seu redor. Dedique-se a experimentar essa libertadora sensação. Quem sabe viver com pouco, sempre saberá viver em quaisquer situações, mas aqueles que só sabem viver com muito, nas mínimas provações e ausências sofrem e se desesperam. Esses últimos se confundem com seus excessos e na falta deles, não se reconhecem. Excesso de excessos corresponde à falta de si mesmo. E se o que te falta é você, se encontre.
Liberte-se dos excessos de todo o tipo: excesso de informação (aliás, muita coisa é só ruído, nem mereceria sua atenção); excesso de produtos e serviços (consumismo é uma válvula de escape para não olharmos para nossa própria existência e para o vazio que buscamos inutilmente preencher com compras); excesso de relacionamentos (nem todos valem a pena, não é verdade?). "

28 de maio de 2011

Os bons são maioria

A partir de umas histórias que li num livro de crônicas
De cenas que vemos e vivemos, ainda que raramente
E inspirada na campanha da Coca-Cola Brasil
"Os bons são maioria"
Seguem alguns exemplos de gestos nobres
Sejamos humanos
Façamos a diferença no dia ou na vida de alguém
Vamos ser maioria

Um garoto corria para pegar um ônibus com seus amigos quando a tira de sua sandália rompeu, ele disse para os colegas que seguissem e de repente surgiu uma turma de rapazes, perguntaram quanto ele calçava e um deles tirou seus chinelos, deu ao garoto e disse para ele se apressar que o ônibus ia partir.

Na fila um senhor esperava quase uma hora por atendimento, quando chega ao local uma mãe com uma criança de colo, uma enorme sacola e outra criança falando e reclamando sem parar, ela pegou a senha e começou a entreter e conversar com os dois. Quando o número do senhor é chamado ele entrega a moça, para ela aquela senha era como um bilhete de loteria. Quando o senhor se prepara para esperar por mais uma hora, o rapaz cujo número logo ia ser chamado lhe entrega sua senha.

Uma senhora paga ao taxista e o motorista percebe muitos km depois que haviam duas notas de cinquenta juntas, ele volta uma distância equivalente a corrida da passageira e lhe entrega os cinquenta reais, ela sem acreditar oferece que ele desconte a corrida e ele não aceita, justificando, que irá dormir bem sabendo que havia feito a coisa certa.

Aula grátis

A natureza ensina a plantar para colher
A cuidar
A esperar brotar
A buscar a luz do sol
Desabrochar
"Adote o ritmo da natureza
O segredo dela é a paciência"

27 de maio de 2011

Toda sexta


"Toda sexta-feira toda roupa é branca
Toda pele é preta
Todo mundo canta
Todo céu magenta
Toda sexta-feira todo canto é santo
E toda conta
Toda gota
Toda onda
Toda moça
Toda renda
Toda sexta-feira
Todo o mundo é baiano junto"
Letra de uma canção de Adriana Calcanhoto
Na foto: Eu criança por fora
Por dentro ainda sou e planejo sempre ser

Desejo de um final de semana doce

Estou desde o dia 19 tentando finalizar a criação deste Blog
Tira isso, coloca aquilo, escreve, apaga
Estou enviando agora por e-mail o link para meus contatos
Registro aqui o desejo de um doce final de semana para todos
Desejo também que vocês sigam, comentem e divulguem

19 de maio de 2011

Diário de bordo


"O meu olhar é nítido como um girassol,
tenho o costume de andar pelas estradas
olhando para a direita e a esquerda
e de vez em quando olhando para trás.

E o que vejo a cada momento
é aquilo que nunca antes eu tinha visto
e eu sei dar por isso muito bem,
sei ter o pasmo essencial que teria uma criança,
se ao nascer, reparasse que nasceras deveras."

(Fernando Pessoa)

Não podia faltar poesia em minhas primeiras postagens
Já dei boas vindas, fiz um convite a boas atitudes e é isso
Vou seguir dividindo palavras, imagens e boas energias

Vamos!

- Falar menos e ouvir mais;
- Ouvir sem interromper;
- Pensar antes de falar;
- Não ser grosseiro, indelicado (ainda que merecedor);
- Não ser invasivo;
- Não julgar;
- Respeitar filas, regras;
- Ter paciência;
- Ter esperança;
- Ter fé;
- Ter consciência coletiva;
- Ter amor próprio;
- Não buzinar em engarrafamentos;
- Não jogar lixo pela janela do carro;
- Não jogar lixo nas calçadas;
- Não jogar lixo na areia da praia;
- Não disperdiçar comida;
- Dizer: Bom dia! Boa trade! Boa noite! Obrigada!
- Ser gentil;
- Elogiar;
- Ler;
- Escrever;
- Dançar;
- Correr;
- Desacelerar.