5 de março de 2012

Vida que vem e que vai

Se um veleiro repousasse na palma da minha mão
Sopraria com sentimento 
E deixaria seguir sempre rumo ao meu coração
Rimas, de ventos e velas
Vida que vem e que vai
Trechos da música Porto solidão, de Jessé que dedico a Norminha do Blog Jeito simples

15 comentários:

  1. olá tina flor
    Rimas, de ventos e velas
    Vida que vem e que vai,a solidão que fica e que entra... amo essa musica.
    ela è daquelas musicas que ficarão pra sempre.
    e qual musica você acha que combina comigo ??
    bacione

    ResponderExcluir
  2. Adoro essa música,Tina!beijos,boa noite,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É linda né?
      Norminha que me lembrou dela outro dia.
      Boa noite Chiquinha :)

      Excluir
  3. Oi Tina... Eu cresci ouvido esta canção. Linda ao mesmo tempo triste, sei lá!


    bjocas e eutimia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo Nietzsche, na Teoria do eterno retorno, alegria e tristeza são faces de uma mesma moeda.

      Excluir
  4. Quando minha Mãe ouvia e cantava esta música, euzinhaburrinha.semnoção, não tinha capacidade para compreender verdadeiramente os sentimentos profundos que ela despertava em Da. Victória...hoje sei o que ela sentia e digo mais, sinto como ela. pena nãopoermos dividir isto agora.
    Obrigada guria linda.
    Amo você.
    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode dividir sim, ou melhor está dividindo, sua compreensão é sentida por ela, tenha certeza.
      "Há mais mistérios entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã filosofia"

      Excluir
  5. "Rimas, de ventos e velas/Vida que vem e que vai/A solidão que fica e entra/Me arremessando/Contra o cais"

    A solidão é um sentimento de que algo ou alguém está faltando.
    É uma sensação que precisamos primeiro viver, depois fazer como Jessé, arremessar para algum lugar.
    Linda letra e música.
    Você, Tina, é poética no que sente e nos mostra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q lindo isso!
      Obrigada \o/
      Peço como já li em algum lugar, que nunca me falte "a estrada que me leva e a força que me levanta, o amor que me humaniza e a razão que me equilibra, o pão de todo dia e o verso de cada poema"

      Excluir
  6. Brilhantes as palavras de Maria Célia.
    Linda a sua resposta.
    Duas pessoas sensíveis...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Boa recordação de uma linda canção!

    bjo pra ti Tina!

    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Tina


    Participei de uma indicação para postar minhas inspirações.
    Postei e indiquei você.

    Um abraço.

    filhadejose.blogspot.com

    http://filhadejose.blogspot.com/2012/03/inspiracoes.html

    ResponderExcluir
  9. Ai ai essa música é velha...lembro que cantava quando era pequenininha...mal sabia falar! hehehe
    Grata pela lembrança!
    bjs passarinha...

    ResponderExcluir