17 de abril de 2012

Despropósitos

“No aeroporto o menino perguntou: 
- E se o avião tropicar num passarinho? 
O pai ficou torto e não respondeu. 
O menino perguntou de novo: 
- E se o avião tropicar num passarinho triste? 
A mãe teve ternuras e pensou: 
Será que os absurdos não são as maiores virtudes da poesia? 
Será que os despropósitos não são mais carregados de poesia do que o bom senso? 
Ao sair do sufoco o pai refletiu: 
Com certeza, a liberdade e a poesia a gente aprende com as crianças. 
E ficou sendo”
De "Despropósitos em exercícios de ser criança", de Manoel de Barros
Texto que recebi por e-mail da doce e apassarinhada Maria Célia

4 comentários:

  1. Que lindo...e como vc tbm adoro Manoel de Barros!
    Quem tem "peninhas" por dentro ama ele...
    bjs :)

    ResponderExcluir
  2. Lindo Tina! Com todo encanto de passarinho e criança que vira poesia.
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Maravilha!!!Adorei!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Adorei!!! Quanto encanto e ternura... crianças tem um lindo e abençoado pensamento.

    Beijinhos!
    Lorena Viana

    ResponderExcluir