17 de setembro de 2012

Desejo de uma semana sem labirintos e bifurcações
E com mais de humano em nós

"O homem passeia em Marte com seu robô e envia imagens ao vivo, com exatidão tecnológica surpreendente. Aqui na Terra, clona-se seres vivos e as esperanças de cura se renovam com o desenvolvimento de pesquisas com células-tronco. O tripé do conhecimento desenvolveu pernas longas e bem torneadas para as exatas e biológicas. Infelizmente, com o crescimento das outras duas, a terceira perninha, as ciências humanas, que incluem coisas como a filosofia e a ética, ficou ali, atrofiada.

Estamos todos mais grotescos, mais rudes, mais estúpidos. Somos bem informados mas nos tornamos ignorantes. Temos automóveis com GPS mas dirigimos como trogloditas neuróticos. Viajamos pelo mundo inteiro mas temos preguiça de procurar o baldinho de lixo para jogar o papelzinho da bala. 

O que fazer? Bem, esta é uma resposta para as ciências humanas também. Quem tiver sobrevivido na área terá que formular as soluções para esta crise de humanidade que vivemos hoje. Não sei onde o flower power murchou, onde o amor livre foi preso ou como a vida em fazendas cooperativas se transformou nesse mar de prédios de escritórios neuróticos baseados na competição. Só sei que temos que voltar até a bifurcação onde tomamos a trilha errada. Nesta trilha, ansiedade e depressão nos matam, o estresse e a má alimentação engordam, a ira destrói toda nossa capacidade de sentir e amar.

Eu, lentamente, comecei a voltar. E adoraria contar com todas as pessoas de bem, os irmãos de fé, os companheiros de jornada, os camaradas de ideologia, os humanos de coração, para um grande encontro de volta naquele velho ponto da bifurcação.”

Trechos de um texto de Rosana Hermann

9 comentários:

  1. Olá Tina! Já havia lido o texto antes; é um belo texto, que nos faz refletir muito. Concordo plenamente com o autor!

    Como ser um bom profissional sem entender sobre o lado humano, sobre a sociedade? Cada vez mais se vê pessoas estressadas e arrogantes que só trabalham pelo dinheiro e em seus escritórios, não conseguem ser gentis com a faxineira, com a secretária, com o rapaz que entrega o almoço... Como pode? Como pode um ser humano ser tão desumano apenas por se achar superior?

    Eu sinceramente não entendo como muitas pessoas se tornaram tão superficiais. Tão superficiais a ponto de não terem tempo para os próprios filhos. Tão superficiais a ponto de não ensinarem a seus filhos sobre cultura, sobre ética, sobre as coisas simples da vida.

    Muitos pais hoje em dia não ensinam que brincar com joguinhos simples é bom (como jogo da memória, pipa, dominó e quebra-cabeças, por exemplo), que passear em um parque é divertido, que observar a natureza é fantástico! Muitos preferem deixar seus filhos o dia todo jogando no computador ou nesses vários jogos eletrônicos de última geração existentes, pelo simples fato de que assim, eles "não dão trabalho" ... Eu realmente não entendo!!

    Não tenho filhos, mas se tiver, um dia, pretendo ensinar tudo isso e muito mais!! Ensinarei por exemplo, que ler é legal, é divertido, é fantástico, é maravilhoso!!

    Bom, espero que as pessoas comecem a mudar já. Que tomem consciência de que uma sociedade DESUMANA não se sustenta!

    Obrigada por ter trazido este texto maravilhoso para nós que como dito anteriormente já havia lido. Fiquei muito feliz em vê-lo aqui!

    Beijo grande!

    Marcilane - http://simplesinspiracoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, foi quase uma nova postagem!! Rs

      Excluir
  2. Tina,
    Eu acho que nada é por acaso, acho que algumas coisas precisam acontecer para que nós possamos fazer a nossa escolha. Escolhas do tipo: Não quero viver assim, quero um mundo melhor, seres humanos melhores.Sem a dor não há esperança, nem melhorias, nem progresso.
    Faço parte dos que querem um mundo melhor!
    Ótimo a escolha do texto,
    Um beijo e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal esse texto. Sou da ciências humanas também...
    Bom começo de semana amiga!
    :D

    ResponderExcluir
  4. Tina, muito bem pensado esse texto. Dá um monte de reflexões e puxa nossas orelhas para o respeito humano. Gostei muito da dica:

    "Só sei que temos que voltar até a bifurcação onde tomamos a trilha errada."

    Aceito a "caminhada" e até proponho que seja feita em conjunto.
    Vamos nessa?!
    Manoel

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto e gosto dela!! Acabei de colocar lá tua linda interação.beijos, obrigadão,linda semana!chica

    ResponderExcluir
  6. Que lindo!
    Bom início de semana para vc passarinha do meu coração! :)

    ResponderExcluir
  7. Triste realidade :( Precisamos voltar... recuperar...
    Lindo de mais Tina!!

    Beijão no seu coração e uma maravilhosa semana para vc ;)

    Nanda Pezzi

    ResponderExcluir
  8. Belo texto, Tina, e o de EclesiaStes, q vc postounno meu blog, é o meu favorito! super obrigada! Bjs e ótima semana prá vc!

    ResponderExcluir