13 de setembro de 2012

Essa é a raspa do tacho de historinhas das expressões nossas de cada dia que tenho por aqui :)

Farinha pouca, meu pirão primeiro
A farinha de mandioca era um dos alimentos que os bandeirantes costumavam levar durante suas viagens pelo interior do Brasil. Quando o estoque de comida estava acabando, o prato principal era peixe com pirão. Nesse momento, o chefe da expedição fazia o mal uso do tal privilégio do cargo.

Ovelha negra da família
A história dessa frase nasceu do milenar trabalho de pastoreio. Em todo o rebanho há um animal de trato difícil, que não acompanha os outros. Por mais cuidado que tenha com as ovelhas, protegendo dos lobos, e providenciando os melhores pastos, quando em vez uma delas se desgarra. É a "ovelha negra" e daí a metáfora aplicada a filhos ou a afiliados que não têm bom comportamento.
Na "Ilíada", de Homero (século IX a. C.) há o relato do sacrifício de uma ovelha negra como garantia do pacto celebrado entre Páris e Menelau, que resultou na guerra de Tróia. Mas ela não foi punida por mau comportamento. Como muitas ovelhas negras, era inocente.

Santo do pau oco
Essa é bem conhecida, mas não há quem não tenha nada para aprender ou ensinar. Pois bem, a Coroa Portuguesa costumava cobrar imposto altíssimo sobre as pedras preciosas e o ouro. Quem não queria pagar colocava as peças dentro de imagens de santos e assim passava pelas vistorias que havia nas estradas.

Hora da onça beber água
O animal costuma fazer isso ao anoitecer e segundo a tradição indígena, esse é o melhor momento para abatê-lo.

Para inglês ver
Em 1830, pressionado pela Inglaterra, o Brasil começou a aprovar leis contra o tráfico de escravos. Mas todos sabiam que elas não seriam cumpridas. Falava-se, então, que as leis eram apenas para inglês ver. Como muitas que temos até hoje.

13 comentários:

  1. Adorei!!! muito giro :)

    A chic kiss ;)

    ResponderExcluir
  2. kkkk
    adorei tina.
    não sei se você sabe,mas em natal se fala que uma pessoa antipática, è um cù doce.
    se fala ai também ???
    a minha ame fala sò por meio de ditados,
    um que ela adora è quando se vê as barbas do vizinho arde,bote as suas de molho .
    nem sei bem o que quer dizer rsrs


    baci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por aqui se diz que a pessoa tá fazendo cu doce quando quer uma coisa mas fica se fazendo de rogada.
      E colocar as barbas de molho quando vê a do vizinho pegar fogo, quer dizer que devemos nos precaver e aprender com os infortúnios alheios.
      Baciones querida!

      Excluir
  3. Muito boas,Tina!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Amei Tina, amo aprender coisas novas,
    significados de expressões e o Post
    hoje acrescentou muito!


    Super BeijoO
    www.modiceseafins.com

    ResponderExcluir

  5. Vim cá, lê o seu blogue. Eu, tenho um. Muito simples, sem cores e sem nuances. Estou lhe convidando a visitar-me, e se possível, Seguirmos juntos por eles. Estarei lhe esperando lá, afinal o que importa é a Amizade que fazemos e as publicações que expomos.
    Eu te Convido a vir aqui



    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  6. Eu já fui considerada a ovelha negra na minha família kkk entre os meus irmãos. mas justamente, porque nunca consegui dissimular meus atos, nunca consegui ser santa do pau-oco kkkk

    bjs

    ResponderExcluir
  7. que delicia essas historias, nomes, significados.
    algumas eu conhecia, uma apenas não. Aquela que diz "farinha pouca meu pirão primeiro."
    nunca ouvi dizer, deve ser regional.
    mas o significado é cruel em? então o chefe sempre privilegiado, não é?
    adorei vir aqui, um beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  8. Tina Bau Couto, muito legal essa esclarecida. Acho interessante porque algumas são mais usadas numa certa região de nosso país e menos usada na outra. Santo do Pau Oco, por exemplo, eu desconhecia o porque da expressão. Valeu!
    Você, sem perceber, esqueceu de colocar o significado da primeira do seu texto: RASPA DE TACHO (rs...rs).
    Linda sexta prá você.
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, me empolguei é o tal regionalismo falando alto, escrevi como quem escreve algo que todo mundo diz e sabe o que é...rsrs
      Diz raspa do tacho o finalzinho de alguma coisa, o restinho, a última porção.
      Rapar e raspar vêm ambas do Germânico hrapor: arrancar, tirar fora.
      Tacho é um recipiente circular de metal ou de barro para uso culinário.

      Excluir
  9. Menina adoro esses ditados, essa do pirão fez lembrar minha mãe, ela fazia pirão de farinha e água.
    Aqui usamos muitos desses ditados.
    Tenha uma ótima sexta.

    ResponderExcluir
  10. *** Un petit bonjour et j'en profite pour envoyer de gros bisous de Thaïlande jusqu'à chez toi ! :o) ***

    ResponderExcluir
  11. Adorei o seu cantinho e vou ficar por aqui para não perder nadinha das delicias que vc tem por aqui, muito lindo o seu cantinho, estarei sempre por aqui...faço te o convite para vc passar la no meus catinhos para trocarmos experiencias, vai ser muito muito bom se vc ouder me visitar.
    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com.br/
    http://ministerioinfantilchrisgipebube.blogspot.com.br/
    Ta rolando um sorteio se vc quiser participar ficarei muito feliz...

    bjo te espero
    chris

    ResponderExcluir