10 de outubro de 2012

Simples assim

Ilustração de Tascha e Texto de Pe Fábio de Melo
“Uma regra interessante para que tenhamos uma boa compreensão de um texto, é justamente a calma. Só assim podemos adentrar nos significados que o autor quis sugerir e consequentemente mergulhar no mistério do seu texto. Leituras apressadas podem fomentar equívocos, e equívoco é uma espécie de desentendimento entre o que escreve e aquele que lê. É uma forma de obstáculo para a compreensão da linguagem.
Na comunicação verbal cotidiana, isso sempre acontece. Dizemos, e não somos compreendidos. Diante do impasse, duas realidades são possíveis: ou alguém disse com pressa, ou alguém escutou sem atenção. Dizer e ouvir requerem silêncio.
Só diz bem, aquele que pensou antes no que iria dizer, e ouve melhor aquele que se calou para escutar. A regra é simples, mas exigente.”

14 comentários:

  1. Tina,
    Esse texto é muito verdadeiro, acho que hoje em dia falamos rápido e ouvimos de qualquer jeito. Isso quando prestamos atenção, porque em grande parte das vezes já estamos pensando nas respostas que iremos dar.
    Um beijoooo querida Tina,

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Tina,
    Tão simples e tão complexo.
    Hoje, numa conversa tem mais apartes do que conversa. Ninguém tá mais com paciência de escutar e o pior é que você se pega fazendo o mesmo.
    Hoje vou me policiar a respeito.
    bjão e um ótimo dia
    Mari

    ResponderExcluir
  3. Na verdade nós vivemos tal e qual a família do Tufão e todos falam ao mesmo tempo. Penso que você poderia ter incluído a palavra escrita porque esta forma de comunicação pode encantar, envolver, formar, educar e também destruir.

    ResponderExcluir
  4. Dizer e ouvir sempre com calma.
    Aquela calma que tanto nos falta em toda a correria do dia a dia, do trânsito, da internet...
    Hoje, às cinco e meia da manhã, os trovadores estavam a declamar em pios, sem pressa alguma de saírem voando, de apressarem o dia.
    Abraço, com a calma de conseguir sentir o coração do outro pulsando dentro do nosso abraço.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. É tão simples e tantas vezes descumprida essa regrinha do bom viver...beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Que simpático o seu blog... Vou passar sempre por aqui. Da nova amiga, de Brasília, Rovênia

    ResponderExcluir
  7. E como as pessoas não se compreendem...Vamos escutar mais e falar com mais calma!!

    Luz e paz, Tina!!
    Beijos!!♥

    ResponderExcluir
  8. Tina,
    Vou falar como os jovens aqui de casa:"Simplesmente, show!"
    Vou tirar cópias e distribuir pelo caminho...
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  9. Oi Tina, uma excelente escolha, verdadeiro por demais. Padre Fabio sempre tem otimas coisas a nos dizer.
    Saber falar e saber ouvir com certeza fará de nos pessoas melhores.
    Amei o texto.
    Bjks e otima tarde flor.

    ResponderExcluir
  10. Pensar, antes de falar e ouvir com atenção.
    Creio que é assim...
    Beijos,
    Élys.

    ResponderExcluir
  11. Magnífica lección y aprendizaje.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  12. Adorei Tina Flor...um puxão de orelha no meu dia! As crianças vivem falando atrás de mim e as vezes eles voltam e falam, "Mas mãe, eu te disse!" e não é que disse mesmo, mas eu é que não soube ouvir!!!
    Serviu a carapuça! Em muitas situações!
    Obrigada Tina Flor...agora me vou, eles falaram alguma coisa lá do quintal e eu não entendi!
    Beijos e ótima quinta-feira de paz, nutellas na casa, na vida e na família!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  13. Tina, muito importante essa postagem. É horrível você se preparar para falar com alguém, gastar seu tempo e carinho para com a pessoa, e perceber que enquanto você fala ela faz mil coisas em paralelo e ainda se gaba de ter o dom de fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Claro que faz um monte de coisas ao mesmo tempo, todavia nenhuma delas vai prestar. Fica tudo começado e nada terminado. O comunicar-se é fundamental. É base para o aprendizado.
    Manoel

    ResponderExcluir
  14. Touche. Sound arguments. Keep up the good spirit.
    Have a look at my blog post ... préstamos rápidos

    ResponderExcluir