27 de dezembro de 2012

E-mail com bons desejos para o ano novo
Carinho em forma de poesia
Ganhei o dia
Obrigada Maria Célia
Esse imagem é para ilustrar como senti a chegada de sua mensagem
"Menina arteira
Alheia as sombras
Passeia no clarão da lua
Fagueira
Em sua imaginação
Um rabo de cometa reluz e a conduz
Em sua cauda alada
Para o infinito desconhecido
Ao despontar a luz do sol
Aterrissa no dia que nasce novo
Porque o outro ficou para trás
Adormecido no passado que jaz
Ela salta, espreguiça sonolenta, feliz
O escuro não mais é
Porque amanhece"
Maria Célia

12 comentários:

  1. Linda poesia e imagem!Adorei ver!!!beijos às duas,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijos querida e doce amiga joaninha :)

      Excluir
  2. Tina, que homenagem linda. Você merece mesmo e conforme a figura, acredito que tenha ficado assim mesmo ao receber a poesia.
    Parabéns a Maria Célia pelo talento e muito mais pela iniciativa.
    Um abraço
    Manoel

    ResponderExcluir
  3. Tina, fui visitar o blog da Maria Célia e gostei muito. Pena que ela não esteja atualizando. O importante é que encontrei lá uns dizeres que servem exatamente para você:
    "Metade de mim é ninho. A outra metade, passarinho".[Rosa Berg]
    Estou certo ou não estou!?

    ResponderExcluir
  4. Oi Tina
    É muito gostoso ver as homenagens aqui no nosso meio(?) , é a melhor forma de carinho,
    Parabéns as duas amigas.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. A poesia é linda como você! :)

    ResponderExcluir
  6. Linda poesia, amei! Tem tudo a ver com você Tina flor!
    Beijos** ;)

    ResponderExcluir
  7. Gato, asas e uma estrela na bochecha... merecida homenagem! Poesia que acarinha e aquece o coração e deve fazer corar bochechas de menina arteira.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Tina.
    Tim... Tim
    Bjs

    ResponderExcluir