31 de agosto de 2012

Imagine e faça

As palavras hoje não serão escritas
E a imagem não será uma ilustração
Palavras e imagens nesse vídeo
Enviado para mim por meu irmão
Uma sexta abençoada
Reflexiva e criativa a todos
Imaginemos e façamos
Ou apenas façamos

30 de agosto de 2012

“Viver é isto
Ficar o tempo todo se equilibrando 
Entre escolhas e consequências"
Jean Paul Sartre

29 de agosto de 2012

Amada língua portuguesa

Amo a língua portuguesa e seu vasto vocabulário, amo sotaques e regionalismos assim como amo a linguagem formal e rebuscada e amo como todo mundo já sabe, curiosidades. 
Quem ai sabe o que é um palíndromo?
Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira da esquerda para a direita e ao contrário. Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. 
O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja mais difícil de conseguir, a mais conhecida é: SOCORRAM-ME SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.
Eis que recebi de minha prima Patricia uma lista de muitos palíndromos e não podia deixar de dividir com vocês, seguem:

A MALA NADA NA LAMA

A TORRE DA DERROTA

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

RIR O BREVE VERBO RIR

A CARA RAJADA DA JARARACA
Imagem de Ronaldo Mendes e texto de Ana Jácomo
“Olhando para trás, porque às vezes só bem mais a frente conseguimos entender certas coisas do passado, eu percebo que, em vários momentos, ainda que eu não pedisse, parece ter acontecido o que Deus sabia que era melhor para mim e não o que eu imaginava, superficialmente, saber. 
Percebo que em algumas circunstâncias em que cheguei a lamentar pelo insucesso de planos que eu considerava os melhores do mundo, eu estava, na verdade, sendo poupada de encrencas das grandes."
Tenhamos fé e sigamos em frente!

28 de agosto de 2012

Boa noite!

Qd td falhar tire uma soneca

Nada como uma boa noite de sono para repor as energias
E amanhã sigamos o conselho de André Luiz
Começar o dia a maneira do sol
Esquecendo a sombra e brilhando de novo

Dividindo leituras

A menina do Vale é o livro de que falei no post Think Different
Ganhei ele esse mês e li todinho em uma semana
Quem se interessar clica aqui para baixar o livro

Bel Pesce, brasileiríssima, é a menina do vale
Um fenômeno na internet que virou livro
O vale é o do Silício, o famoso berço de Steve Job´s
O livro é dividido em 18 capítulos
Há neles de forma simples e direta a trajetória profissional de Bel
Dicas, impressões e leituras dela sobre o que já viu e viveu
Bem como histórias de grandes empresas e empreendedores
Além de inspirações e conselhos
Despertando o presente ou futuro empreendedor que há em cada um de nós

“Se eu tivesse que escolher o que mais me ajudou ao longo da minha vida, seria ter paixão pelas coisas que faço. É difícil explicar em palavras o que é paixão, pois é algo que você sente no fundo do seu coração. Quando você está apaixonado pelo que faz, de repente tem uma energia infinita para trabalhar dia e noite.
Se você não sabe quais são as suas paixões, passe um tempo tentando encontrá-las. Pode demorar um pouco, mas o processo de descoberta vale totalmente a pena. É uma ótima maneira de aprender mais sobre si mesmo.”

27 de agosto de 2012

Ilustração de Yoko Furusho
"É isto que amamos nos outros: o lugar vazio que eles abrem 
Para que ali cresçam as nossas fantasias 
Buscamos no outro o silêncio da escuta, o colo que acolhe
Como seria bom se as outras pessoas fossem vazias como o céu
E não tão cheias de palavras, de ordens, de certezas
Pessoas que se parecem com o céu 
Onde podemos fazer voar nossas fantasias 
Como se fossem pipas"
Fragmentos de um texto de Rubem Alves
"Vive sempre em paz
Nada de fora perturba um coração tranquilo"
Joana de Ângelis

26 de agosto de 2012


Menina amanhã de manhã
Quando a gente acordar quero te dizer
Que a felicidade vai desabar sobre os homens
Vai desabar sobre os homens

Na hora ninguém escapa
Debaixo da cama, ninguém se esconde
A felicidade vai desabar sobre os homens
Vai desabar sobre os homens

Menina, ela mete medo
Menina ela fecha a roda
Menina não tem saída
De cima, de banda ou de lado
Menina olhe pra frente
Menina, todo cuidado
Não queira dormir no ponto
Segure o jogo, atenção de manhã

Menina a felicidade
É cheia de praça, é cheia de traça
É cheia de lata, é cheia de graça

É cheia de a, é cheia de é
É cheia de i, é cheia de ó

Clica aqui para ouvir a música todinha

Ó: Felicidade para começar a semana amanhã!

25 de agosto de 2012

"Não gosto quando se referem a baianidade com o estereótipo da preguiça...A Bahia é graça, prazer, leveza, mas ela é também luta. O Brasil ficou independente com um grito em 1822. A Bahia teve que lutar, morrer e vencer para expulsar de vez os portugueses em 2 de julho de 1823.
Castro Alves, o maior poeta brasileiro, morreu aos 24 anos, deixando uma obra imensa. Ou seja, trabalhou muito para deixar tanto em um tempo tão curto de sua existência.
Todos os anos o povo da Bahia anda 12 quilômetros com potes de água na cabeça para lavar as escadarias de nosso pai, Oxalá.
No Carnaval baiano, enquanto milhões se divertem, milhares trabalham dia e noite cantando, tocando, vendendo, para que o nosso povo e gente de todo o mundo possam se divertir.
Baianidade é enfrentar a dura vida de uma maneira que ela pareça menos dura e mais vida.
E para que exerçamos a plena baianidade, é preciso que entendamos plenamente do que é que somos orgulhosos.
Sou orgulhoso da Bahia mãe de Menininha, Cleusa, Carmem, Stella, do grande Obarain e de Padre Sadock, Padre Luna e Irmã Dulce...
Sou orgulhoso de Gil, Caetano, Bethânia, Gal, de Jorge, meu amigo amado.
Sou orgulhoso de Carybé, Verger, Lícia Fábio, que não nasceram na Bahia, mas a Bahia nasceu deles.
Sou, enfim, orgulhoso dos filhos da Bahia. E por isso sou tão orgulhoso do Brasil.
O Brasil é o maior filho da Bahia. Ele nasceu lá no dia 22 de Abril de 1500 e é por isso que os brasileiros ficam tão felizes quando vão à Bahia. Porque eles estão, na realidade, visitando os parentes, revendo suas raízes.
Baianidade é enfim o DNA do Brasil, é o genoma do país.Quando o Brasil vai à Bahia, ele volta para casa." (Trechos de um texto de Nizan Guanaes)

24 de agosto de 2012

Think different

Criatividade é a pilha que move qualquer brinquedo eu li certa feita em um anúncio. Mas acredito que criatividade move mais que brinquedos, move a vida, move o mundo, promove negócios, inovações, descobertas, talentos.
Essa figura ai da foto é no mínimo uma criatura criativa, não imagino qual seja seu grau de instrução, se a ideia partiu dele, mas ele ganhou minha simpatia.
Estou lendo um livro sobre empreendedorismo que vou postar no próximo Dividindo leituras e esse flanelinha, que tem uma máquina de cartões (quebrada, mas funcionando perfeitamente como marketing) é um empreendedor.
Se não estiver dando receita, com certeza está provocando sorrisos, conversas e reflexões, já rendeu até um post.
Em 1997 Steve Jobs escreveu um dos seus textos mais famosos e colocou-o na histórica campanha "Think Different", clica aqui para assistir. (Vale super a pena!)
O comercial não mostrava nenhum produto, era “apenas” um discurso inspirador e contava com a aparição de ícones como Albert Einstein, Bob Dylan, Martin Luther King, John Lennon, Thomas Edison, Muhammad Ali, Gandhi, dentre outros.
Esse flanelinha não é um ícone (talvez ainda), mas não dá para ignorá-lo, não sou Jobs, mas espero contagiar vocês a think different.
Uma sexta-feira criativa para todos!

23 de agosto de 2012

Salve a boa música!

Li na net que hoje Paula Toller faz 50 anos
Havia assistido anteontem um especial maravilhoso dos 30 anos do Kid Abelha
Foi no Multishow (Tem cd e dvd do especial)
Amo desde que me entendo por gente a banda e as músicas
Hit´s até os dias de hoje
Uma banda sem tropeços ou reviravoltas em sua trajetória
Paulinha
Ha cinquenta anos vc nasceu
E as entradas no seu rosto
E os seus cabelos brancos
Não aparecem a cada ano
No final do mês de Agosto
"A direção é mais importante do que a velocidade"  
Roberto Scaringella

22 de agosto de 2012

Viva a cultura popular!

Dia 22 de agosto é o dia do Folclore, um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. O nordeste é cheinho delas e eu acho o máximo, pois elas nascem da imaginação fértil das pessoas e muitas foram criadas para passar mensagens importantes de valores morais.
Muitas desses mitos e lendas deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.
As lendas são histórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia e procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.
Os mitos são narrativas que possuem um forte componente simbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido as coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidade para dar sentido a vida e ao mundo.
Segue para ilustrar, para quem for curioso pesquisar e para o folclore homenagear, alguns mitos e contos folclóricos do nosso Brasilzão: Mãe Iara ou Mãe D’água(Salve Iemenjá), Boitatá, Curupira, Boto, Lobisomem, Mãe-D'água, Mula-sem-cabeça, o Saci-Pererê (adoro esse moleque).
Para fechar, a palavra folclore é de origem inglesa, o termo "folk" em inglês significa povo e "lore" significa cultura.

21 de agosto de 2012

Falar bem, que mal tem?

Tautologia
Você sabe o que é isso?
Não! Não é nenhuma especialidade médica.
Tautologia é o termo usado para definir um dos vícios de linguagem mais comuns na lingua falada e consiste na repetição de uma ideia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.  Exemplos clássicos famosos são 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há inúmeros, como pode ver na lista a seguir: 
- elo de ligação
- acabamento final
- certeza absoluta
- juntamente com
- expressamente proibido
- em duas metades iguais
- sintomas indicativos
- há anos atrás
- vereador da cidade
- outra alternativa
- detalhes minuciosos
- a razão é porque
- anexo junto à carta
- de sua livre escolha
- superávit positivo
- todos foram unânimes
- conviver junto
- fato real
- encarar de frente
- multidão de pessoas
- amanhecer o dia
- criação nova
- retornar de novo
- empréstimo temporário
- surpresa inesperada
- escolha opcional
- planear antecipadamente
- abertura inaugural
- a última versão definitiva
- possivelmente poderá ocorrer
- comparecer em pessoa
- gritar bem alto
- propriedade característica
- demasiadamente excessivo
Par não perder a deixa, demasia só de paz e afeto :)
“A vida entendeu
Era bem parecida com uma música
No começo, há mistério
E no final, confirmação
Mas é no meio que reside a emoção
E faz com que a coisa toda valha a pena”
Nicholas Sparks

20 de agosto de 2012

Obrigada!

Ana Paula a partir de um desafio: Escreva para seu leitor, propôs e eu topei 
As vezes eu escrevo para mim
Outras vezes escrevo para alguém em específico
E acaba sendo para muitos
As vezes escrevo genericamente, sem rumo certo
Penso que para toda palavra velha há um pé cansado
E para toda palavra nova há alguém interessado
É um grande incentivo receber visitas e comentários
É uma satisfação saber que as pessoas gostam, se interessam, sentem-se tocadas
Motivadas, estimuldas, conectadas através de suas palavras
Já fiz muitos posts e comentários de agradecimento
Clica nos números para ler alguns: 1 - 2 - 3
Obrigada
Palavrinha mágica
Aparemente pequena mais enorme
Que expressa o que digo a cada dia que entro no blog
A cada visita
A cada comentário que leio e que respondo
A cada post que publico
 Obrigada todos os dias a todos vocês
Carpas novamente
Clica aqui para ver um post que já publiquei sobre elas
Esse pequeno texto que segue abaixo é de autoria de Paulo Coelho

"A carpa japonesa (koi) tem a capacidade natural de crescer de acordo com o tamanho do seu ambiente. Assim, num pequeno tanque, ela geralmente não passa de cinco ou sete centímetros – mas pode atingir três vezes este tamanho, se colocada num lago.
Da mesma maneira, as pessoas tem a tendência de crescer de acordo com o ambiente que as cerca. Só que, neste caso, não estamos falando de características físicas, mas de desenvolvimento emocional, espiritual, e intelectual.
Enquanto a carpa é obrigada, para seu próprio bem, a aceitar os limites do seu mundo, nós estamos livres para estabelecer as fronteiras de nossos sonhos. Se somos um peixe maior do que o tanque em que fomos criados, ao invés de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano."

18 de agosto de 2012

Coloque um bilhete no seu espelho:
Você está cara a cara com a pessoa responsável pela sua felicidade
Dica de Baden Powel

17 de agosto de 2012

Projeto Flip

Esse é meu Flip-Money
Um porta-mantimentos com adesivos de tecidos que ganhei de Cali
Dentro trocos e maridrocínio
Além de uma fitinha do Bonfim e uma folha de louro que segundo a crendice popular chama dinheiro

Para quem não está por dentro
Surgiu aqui a movimentação de ida em grupo a FLIP 2013
Carol e Cali patronas desse projeto, assim como eu, criamos nosso Flip-Money
Faça o seu e vamos que vamos rumo a FLIP
E aos nossos projetos, desejos, sonhos e realizações
Sobre a FLIP de 2013 seguem algumas notícias:

"Segundo informações dos organizadores da Festa Literária, o jornalista Miguel Conde, curador da Flip, permanece no cargo em 2013. E, segundo o diretor-geral da Flip, Mauro Munhoz, o nome do autor homenageado na próxima Flip só será anunciado em agosto ou no começo de setembro.
- Ainda não temos um nome fechado, mas já estamos sim analisando várias pessoas, entre elas Graciliano Ramos - afirmou o diretor Mauro. 
A Flip desse ano reuniu mais de 100 escritores em palestras; mesas de debate; painéis; sessões de leitura; saraus e lançamentos. Mais de 40 mil pessoas estiveram na cidade para o evento, que aconteceu de 4 a 8 de julho."

Sobre nosso Flip Encontro, muitos contatos e dicas
Mas tudo só pode ser mesmo definido a partir da definição da data
E também a medida que a data se aproximar
Vivamos um dia de cada vez
Um fds literalemente maravilhoso para todos nós!
"Cada momento
Cada árvore
Transforma-se em um quadro
Então nos tornamos artistas"
Fragmentos de uma declaração de Ronaldo Mendes

Na busca de imagens e ilustrações aqui para o blog encontrei uma de Nossa Senhora Rainha da Paz, feita por um pintor mineiro chamado Ronaldo Mendes e a partir do nome dele descobri um universo de lindas pinturas que são poesias em telas. São ilustrações poéticas que retratam religiosidade, simplicidade, retratos de infância, de animais, de cultura popular, fé, cores, arte e encantos. Virei fã!

Desejo nessa sexta-feira e todos os dias que cada momento, cada árvore, cada passarinho que pousar em nossas janelas, cada sorriso, cada momento de fé, transforme-se em pinturas, poemas, relicários, obras, tesouros.

16 de agosto de 2012

Dia 16 de agosto é o dia do filósofo
Procurei a história da escolha do dia mas não encontrei
Se alguém descobri vou adorar saber
A Filosofia data do século IV A.C., surgida na Grécia Antiga, como uma atividade especial do homem sábio, etimologicamente é composta por duas palavras: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que significa amizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia quer dizer sabedoria e dela vem a palavra sophos, sábio. Filosofia significa, portanto, amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber. Filósofo é quem ama a sabedoria, tem amizade pelo saber.
Atribui-se ao filósofo grego Pitágoras (que viveu no século V antes de Cristo) a invenção da palavra Filosofia. Pitágoras teria afirmado que a sabedoria plena e completa pertence aos deuses, mas que os homens podem desejá-la ou amá-la, tornando-se filósofos.
“Quando o aprendiz está consciente de suas necessidades
Termina sendo mais inteligente que o sábio distraído”
Lao Tzu

 “O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia

O Tejo tem grandes navios e navega nele ainda
Para aqueles que vêem tudo o que lá não está
A memória das naus
O Tejo desce de Espanha e o Tejo entra no mar em Portugal
Toda a gente sabe isso

Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem
E por isso, porque pertence a menos gente
É mais livre e maior o rio da minha aldeia

Pelo Tejo vai-se para o Mundo
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram

Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.
O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele”

Fernando Pessoa

Viva a simplicidade e o querer bem o que agente tem

15 de agosto de 2012

Poesias e Peter´s Pan´s

Essa fantasia foi  para um Recital de poesia da Escola em 2007
Perfeita, uma vez que nessa idade ele não queria nem ouvir falar em crescer
"O mundo é grande
Grande demais
Países duzentos? ah, muito mais
O mundo é uma coisa bela
Ou era...já foi uma bela esfera
Não destrua o mundo
Pois é nele que você mora
Se assim já está ruim, se continuar piora"
Esse poema foi feito pelo menino Gabriel
Filho de Norma, que foi remexer ontem nos guardados da memória
Com meu post do poema de Paulinho para Escola
E até prêmios o Gabriel ganhou com suas poesias
Um deles no ano de 2000, ano em que Paulinho nasceu
 Hoje Gabriel já é um homem
Como Paulinho um dia será
E essa constatação que é de todo dia
Me remeteu a um post que li ontem nessa sintonia entre blogs amigos
Foi lá no blog de Ana Paula
"Eu ouvi sua gargalhada debochada. 
Porém, o relógio me apressava e eu precisei reorganizar rapidamente aquela situação.
Chovia no horário em que saímos para ir para a escola.
Parei em frente ao lugar em que ficam pendurados os guarda-chuvas, peguei e abri o meu e fui apressando o meu filho, que de súbito me disse que não iria de guarda-chuva.
- A chuva está forte – retruquei.
- Eu não vou com este guarda-chuva. Ele é de personagens, não vou entrar na escola com um guarda-chuva cheio de bichinhos...
Passei o meu para as mãos do meu filho, peguei o cor-de-rosa da caçula e seguimos, quase atrasados.
Quando retornei, toda respingada, parei e o encarei. 
Ele, o guarda-chuva, mais uma vez soltou aquela gargalhada irônica falando ao mesmo tempo:
- Você não viu que o menino cresceu?..."
Para fechar, segue o poema de Elias José recitado na ocasião da foto:
“Um livro é uma beleza
É caixa mágica só de surpresa
Um livro parece mudo
Mas nele a gente descobre tudo
Um livro tem asas longas e leves
Que, de repente, levam a gente
Longe, longe
Um livro é parque de diversões
Cheio de sonhos coloridos
Cheio de doces sortidos
Cheio de luzes e balões
Um livro é uma floresta
Com folhas e flores
E bichos e cores
É mesmo uma festa
Um baú de feiticeiro
Um navio pirata no mar
Um foguete perdido no ar
É amigo e companheiro”
Um livro, uma poesia, uma história, nossas histórias

Dividindo leituras

Tinha tempo que eu não fazia um post sobre o que estou lendo ou li, para dividir com vocês. O livro da vez eu dei um de presente e comprei outro para mim, que ainda estou lendo, se chama: Oscar Wilde para inquietos.
Oscar Wilde foi uma pessoa excêntrica, inteligente, livre, disposta a quebrar paradigmas, autor de maravilhosos textos e frases que nos fazem refletir de forma critica. Nesse livro temos uma aula de filosofia extraída das frases ditas por Wilde ou por seus personagens, de forma leve, ironia, sábia, descontraída, porém séria , que refletem o brilhantismo de um homem que aproveitou ao máximo os prazeres da vida, sem deixar de observá-la criticamente.
São 99 máximas que tratam de assuntos variados, como amizade, amor e convívio social, comentadas por Allan Percy que desenvolve a reflexão, entrelaçando-a a pensamentos de pessoas renomadas em áreas que vão da dramaturgia à educação, da música à filosofia.
Passamos a ver o cotidiano de um prisma irreverente, crítico e ao mesmo tempo sofisticado e cheio de esperança. Seguem alguns pensamentos do livro:
“Seja você mesmo. Todas as outras personalidades já têm dono”
“ Amar a si mesmo é o começo de um romance, que vai durar a vida inteira”
“As riquezas comuns podem ser roubadas, mas as de verdade, nunca. Em sua alma há coisas infinitamente preciosas, que ninguém jamais poderá tirar de você”

14 de agosto de 2012


"Poesia é para quem gosta
Para quem ama
E essa poesia foi feita
Para Mário Quintana"

Paulinho está trabalhando com poesias na escola e a professora deixou a critério de cada um o livro a ser lido e compartilhado na Ciranda literária desse trimestre. O dele é a: A cor do invisível de Mário Quintana e hoje a tarefa da escola era levar uma poesia criada a partir da leitura do livro.

Tzu ensina

“Mesmo que já tenha atirado diversas vezes com o arco
Continue prestando atenção na maneira como coloca a flecha
E como estende o fio”
Esse é um dos muitos ensinamentos de Lao Tzu 
Ou Lao Zi, pronunciado como Láu‑tz, em mandarim
Também escrito Lao Tsé, Laozi, Láucio, Lao Tzi, Lao Tseu ou Lao Tze
Muito nomes e muita sabedoria

Tzu foi um grande sábio Chinês e sua imagem mais conhecida o representa sobre um búfalo e assim que li essa informação fui remetida ao meu encantamento e admiração pela novela global: Amor eterno amor e todas as suas claras e subliminares lições de vida e espiritualidade. Descobri que o processo de domesticação dos búfalos é associado ao caminho da iluminação nas tradições zen budistas.
Tzu é autor de uma das obras fundamentais do taoismo: o Tao Te Ching. A influência deste livro é tão disseminada que tornou-se na atualidade um dos livros mais traduzidos em todo o mundo. Alguns consideram Lao Tzu um personagem mítico e uma destas lendas a seu respeito conta que ele nasceu com a aparência de um velho, por isto teria recebido este nome, "Lao Zi" que significa literalmente "velho mestre".

13 de agosto de 2012

Foto: Sabrina Gledhill

A cidade de Cachoeira, localizada no Recôncavo baiano, iniciou a tradicional Festa da Boa Morte, que acontece até a sexta-feira (17). Turistas e moradores do local transitam pelas ruas da cidade para assistir ao ritual que envolve 23 mulheres negras e mestiças que representam a ancestralidade dos africanos escravizados e libertos do Recôncavo. O governo da BA reconheceu a Festa da Boa Morte como Patrimônio Imaterial do Estado. Embora com muita influência africana, a festa tem elementos da tradição católica. Como em muitas datas e no cotidiano dessa cidade que respira espiritualidade, candomblé, e catolicismo, cultura e tradição, juntos em nome de algo maior: a fé.
Dentre os rituais católicos: missas, sentinela de Nossa Senhora da Boa Morte, que é realizada na Casa da Boa Morte e procissões. Já os ritos do candomblé acontece dentre outros: as limpezas de corpo e alma que são realizadas desde o início do mês, cantigas e oferta de comidas simbólicas durante a festa.

"A Bahia nasceu pra ser criança
A Bahia nasceu pra empinar
Uma arraia chamada esperança
Que cação nenhum pode cortar
A Bahia nasceu pra ser romance
A Bahia nasceu pra ser canção
A Bahia nasceu pra ser pintura
Dorival, Carybé, Jorge e João
Nasceu pra ser água de cheiro
perfumada e popular
do Bonfim, do Rio Vermelho
do presente de Yemanjá
Nasceu para ser cinema
De Glauber, um sonhador
Abre descendo a contorno
Fecha no elevador
A Bahia não nasceu
Pra ser Nova York ou Paris
A Bahia é um mistério profundo
A Bahia nasceu pra ser feliz"
Waltinho Queiroz

Zeus mandou dizer

Com o encerramento do evento em Londres, o Rio de Janeiro é oficialmente cidade-sede dos próximos Jogos Olímpicos.
Arlindo Cruz, Rogê e Arlindo Neto compuseram uma canção inédita e maravilhosa que será a música-tema da cidade olímpica. 
A iniciativa foi da Prefeitura do Rio e tem participação de Diogo Nogueira, Mart’nália, Mr. Catra, Thalma de Freitas, Zeca Pagodinho, Ed Motta e um coro de músicos queridos como Buchecha, Fernanda Abreu, Fundo de Quintal, Jorge Aragão, Roberta Sá, Sandra de Sá, Toni Garrido, Zélia Duncan e as Velhas Guardas do Império Serrano e da Vila Isabel. 
Clica aqui para ouvir e aprender a cantar a música e tb para ver um pouquinho do Rio de janeiro, fevereiro e março :)
Todo dia é um bom dia

"Hoje e sempre, eu quero
Tempo para pensar antes de falar
Serenidade para agir depois de falar
Perseverança para continuar agindo depois de começar
Humildade para reconhecer que preciso de outras pessoas
Sinceridade para falar o "não" que preciso falar
Lealdade comigo mesmo para não me comparar com ninguém
E fé na medida da razão para eu continuar fazendo
Sem esperar que qualquer coisa caia do céu sem o meu esforço
Assim, podemos seguir confiantes
Certos da vitória sobre nós mesmos
Sobre as nossas dificuldades 
Em entender o porquê de certas situações
Quando não há resposta, devemos seguir trabalhando
Certos de que, no devido tempo, tudo será esclarecido
Elucidado e concluído
Assim, compreender que a felicidade é a recompensa natural
Dos que insistem em fazer tudo direito
Mesmo quando todos insistem em fazer errado
Somos os construtores dos nossos sonhos
Responsáveis pelos nossos passos
O que semeia, o que planta e o que vai colher"

Por Paulo Roberto Gaefke

12 de agosto de 2012

Amo essa foto
Meu filho, meu pai, meu marido
E meu avó materno eterno
Faltou meu irmão Marcos
E para ser perfeita para o dia dos pais
Falta meu padrinho
Mas é uma foto para posteridade
Retrato de 4 pessoas inadjetivavelmente especiais em minha vida

“Para uma empresa receber um selo de qualidade
Todo o processo é analisado
Produzir gente dá trabalho, não é fácil
Produzir geladeira é melhor
Ninguém pode esperar um bom resultado
Se não fez um bom processo naquela hora
Ser família é um processo artesanal
Cada pessoa é uma empresa
Se não ficamos de olho, ela pode falir
Ser pai, ser filhos, ser irmãos 
É colocar o selo de qualidade todos os dias
Hoje eu quero ser o melhor pai
A melhor mãe, mesmo que eu trabalhe muito
Por mais que a vida tenha modernizado
Não podemos esquecer que o amor é artesanal,
E a família não é produção em série, é amor todo dia”
Pe Fábio de Melo

Aqui tem um pai que ama todo dia
Eu tive e tenho um pai que ama todo dia
Amo vocês!

Feliz dia dos pais a todos os pais!
Vale a pena ler de novo o post do ano passado que fiz pra meu pai. Clica aqui

11 de agosto de 2012

"Quando somos bons para os outros
Somos ainda melhores para nós"
Benjamim Franklin

Salvei aqui essa ilustração com o nome: os outros em nós
Pois simboliza um pedacinho de Rosana em mim
Ela me ensinou a olhar os sapinhos com bons olhos
Para completar 
Ontem descobri que Jorge Amado adorava sapos
Entrei no clube :)

10 de agosto de 2012

Detalhe na entrada da Casa de Jorge Amado

“Não nasci para famoso nem para ilustre
Não me meço com tais medidas
Nunca me senti escritor importante
Grande homem
Apenas escritor e homem
Menino grapiúna
Cidadão da cidade pobre da Bahia
Onde quer que esteja 
Não passo de simples brasileiro
Andando na rua, vivendo"
Palavras de Jorge Amado em "Navegação de Cabotagem"

Em um abençoado 10 de agosto a cem anos atrás nasceu Jorge Amado
Clica aqui para ouvir uma homenagem ímpar da Rádio Metrópole
Uma matéria especial de Nardele Gomes sobre Jorge Amado
Parte de uma maravilhosa série chamada"Escritores Baianos"
Com direito a voz de Jorge
Além das comemorações da Fundação Casa de Jorge Amado
O MAM BA exibe a mostra: Jorge Amado e Universal
Um olhar inusitado sobre o homem e a obra
Que atraiu mais de 130 mil pessoas no Museu da Língua Portuguesa (SP)
Aqui em Salvador a mostra estará aberta gratuitamente até 14 de outubro
O Concerto Amado Amar acontece hoje e amanhã no Teatro Castro Alves
“O concerto inspira literatura e expira harmonia, melodia, sons e tons variados
Peculiares do escritor que, ao lado de Caymmi, Verger e Caribé
Colocou a Bahia como uma terra de mistérios e misticismo”
Descreveu Luciano Calazans
"Ave Bahia!
Bahia Sagrada!
1912 a lua prateada banha o céu de axé
Velas bailam ao som do vento baiano
Veleiros, canoinhas e jangadas deixem-se levar
Cerca o peixe, bate o remo, puxa corda, colhe a rede
Canoeiro puxa rede do mar
Jorge, Amado Jorge
Eis aqui sua história, vida e memória
Vai, criança baiana, descubra os segredos dessa terra
Jorge conheceu fazendas, ruas, vielas
Becos e guetos, tipos e jeitos
- Quem quer flores? Frutas? – grita o vendedor
- Olha o acarajé! – oferece a velha baiana...
Romances da guerreira e apimentada Bahia, sua eterna paixão
O ciclo do cacau, grande inspiração
Viver nas areias da história e sonha em ser capitão
Um ideal
O valor do homem
O reconhecimento da valente alma do povo
Vivência e personagens se confundem
Verdadeiros baianos traduzidos nos folhetins
Onde está a liberdade?
Essa é a "Bahia de todos os santos" de toda gente
Gente brasileira
Doce amor, doce flor Amiga, companheira, parceira de letras e caminhadas
Que o segue fielmente pelo "sem fim"do mundo
Retornar a sua origem... Os passos rumo à alvorada da literatura
Rumo à consagração: premiado e Amado
De farda e fardão
Busca no tempero de Gabriela os sabores da vida
O aroma da crônica do interior
A brisa que balança as madeixas da morena
Embala palavras ao encontro de Dona Flor
Tieta do "chão dos prazeres", do agreste
Tereza Batista, "fonte de mel"
Mulheres e "milagres" do Nordeste
Jogue a rede, pescador!
Traga do mar de memórias as palavras inspiradoras
Capitão de sua navegação
Navegação de Cabotagem
Misticismo e miscigenação
Se for de paz, pode entrar"
Trechos do samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense 
Em homenagem a Jorge Amado

9 de agosto de 2012

Obrigada Deus por tudo que tenho!
Obrigada pelos dias de paz que tenho tido!
Há que se agradecer
Ouvimos mais queixas por ai que agradecimentos
Pois salve a gratidão!
Os bons acontecimentos
As boas notícias
Boas energias
Bons sentimentos
Salve a paz, o amor, a fé!
Salve as sexta-feiras!
Sexta ainda é amanhã
Mas a saudação amanhã será pelo centenário de Jorge
Salve Jorge!
Salve a Bahia!
Essa fé, essa paz
Que como disse Roberto Carlos
Me faz otimista demais
Detalhes de uma vida
Algumas histórias que eu já contei aqui
Ana Jácomo disse e eu assino embaixo: "Deus e a nossa alma vivem em contínuo diálogo desde os tempos mais remotos. São confidentes um do outro. Sabem segredos preciosos que não nos contam enquanto não nos for possível entendê-los. Veem cada fato sob uma perspectiva pela qual muitas vezes ainda não sabemos enxergar. Conhecem o jeito como as peças se encaixam, enquanto nos desgastamos tentando encaixá-las de qualquer maneira, com sofreguidão, para atender aos nossos interesses imediatos, mesmo que, restritos pela urgência dos seus apelos, não tenhamos visão do panorama real."
As peças como disse Steve Jobs no seu mais famoso discurso, uma hora se encaixam.

8 de agosto de 2012

Jonas e o circo sem lona

O mais nova premiação de meu irmão amado e sua trupe
Foi notícia hoje no i-Bahia, clica aqui para ver a matéria
A Plano 3 Filmes, acaba de ser premiada na 4ª Edição do DocMontevideo, que aconteceu na capital do Uruguai. O projeto foi apresentado em um evento que reuniu representantes de televisões, distribuidoras e organizadores de festivais de cinema de diversos países da América Latina, Europa e Estados Unidos.
Palmas de pé para vocês!
"Não diga as coisas com pressa
Mais vale um silêncio certo que uma palavra errada
Demora naquilo que você precisa dizer
Livre-se da pressa de querer dar ordens ao mundo
É mais fácil a gente se arrepender de uma palavra
Que de um silêncio
Por isso, prepara bem a palavra que será dita
Palavras apressadas não combinam com sabedoria
Queira a profundidade da fala que nos pede calma
Calma para dizer, calma para ouvir
Hoje, neste tempo de palavras muitas
Queiramos a beleza dos silêncios poucos"
Pe. Fabio de Melo

7 de agosto de 2012

Parabéns Caetano!

Que a luz do sol e da lua
Da terra e do mar
De Oxalá e Iemanjá
Da Bahia e do mundo
Lhe traga e traduza
Em verde novo
Em folha
Em graça
Em vida
Em força
Em luz
Aqui depoimentos do aniversariante

6 de agosto de 2012

“É maravilhoso 
Quando conseguimos soltar um pouco o nosso medo
E passamos a desfrutar a preciosa oportunidade 
De viver com o coração aberto
Capaz de sentir a textura de cada experiência
No tempo de cada uma
Sem estarmos enclausurados em nós mesmos.
É certo que aumentamos as chances 
De sentir um monte de coisas agradáveis ou não
Mas o melhor de tudo
É que aumentamos as chances
De sentir que estamos vivos."
Ana Jácomo

4 de agosto de 2012

Viver é como andar de bicicleta 
Para não cair tem que ter equilíbrio
Fazer desvios e checar tudo sempre
E o mais importante: não para de pedalar

3 de agosto de 2012

Salve todos os credos!
Todos os santos!
Salve as sextas-feiras!
Salve a Bahia!
Senhor do Bonfim!
Nossa Senhora da Guia!
Salve Iemanjá!
Salve o povo baiano e sua rica cultura popular!
Salve Jorge Amado!
"A Bahia nasceu pra ser romance
A Bahia nasceu pra ser canção
A Bahia nasceu pra ser pintura
Dorival, Carybé, Jorge e João
Nasceu pra ser água de cheiro
Perfumada e popular
Do Bonfim, do Rio Vermelho
Do presente de Yemanjá"
Waltinho Queiroz

2 de agosto de 2012

Estamos cercados de opções
E onde há opções há dúvidas
E nós somos
Nossa vida é 
A soma de nossas escolhas

1 de agosto de 2012

Agosto ao nosso gosto

Isso de agosto ser o mês do desgosto não tá com nada. Mas o dito não é pela rima e sim uma superstição herdada de nossos patrícios. Na época das Grandes Navegações, as mulheres portuguesas não se casavam nesse mês, porque era o mês em que os navios das expedições saiam à procura de novas terras. Isto é, casar em agosto significava ficar só, sem lua de mel e até mesmo viúva. As expedições portuguesas já acabaram há muito tempo, mas a superstição ficou.
Não vou negar que tenho superstições, afinal como boa baiana já que não sou relaxada e calma como diz a o lendário popular, sou supersticiosa, mas nada de exageros. Segue uma listinha básica e auspiciosa sobre o mês de agosto, de acontecimentos genéricos e familiares: É o mês dos pais, amo meu pai, amo meu marido-pai. É o mês de aniversário de meu padrinho, aquele que já contei que até hoje me dá ovos de páscoa e que me defendia e aturava  quando eu era uma pequena ousada e elétrica (era???...rsrs). Outra pessoa querida nascida em agosto é minha sobrinha emprestada do maridão, querida, doce e fashion, chamada Luisa. 
No dia 26 de agosto de 1789, durante a Revolução Francesa, a Assembleia Constituinte aprova a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Em 10 de agosto de 1912, nasceu o grande baiano Jorge Amado. Foi decretado em 3 de agosto de 1988 o fim da censura no Brasil. Que nosso agosto seja a gosto de Deus e ao nosso gosto. Ele disse: Faça sua parte que eu te ajudarei. Mãos a obra então :)