16 de março de 2013

Chegou para mim por Carol essa imagem
E está lançado o desafio
Apesar de achar uma borboleta indefinível 

Borboletas 
São seres portadores de extrema sabedoria
Sendo primariamente lavas, arrastam-se
No casulo aprendem a se aquietar
Por fim, voam
Bem sabendo o valor de ter asas

Borboletas são delicadeza
Beleza
Leveza
Referências de transformação
Como uma aquarela 
Que ganhando vida 
Se tornaria ainda mais bela

Escolhi o dia de hoje para fazer essa postagem por ser a data de nascimento de meu avô, que antes de partir via borboletas e desde então eu gosto delas com mais essa sensação. Para mim uma pessoa querida não deixa de existir com a morte, não deixa de ter nascido, não deixa de voar entre as nossas lembranças como borboletas nas janelas da alma.

21 comentários:

  1. Eu amo borboletas pela leveza e colorido sem igual
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Borboletas
    leves asas,
    transparência
    graça
    beleza.
    Sem com nada se importar
    passam pela vida ,flores a beijar!

    beijos,lindo dia, lindo post e teu céu está lá! Obrigadão novamente! chica

    ResponderExcluir
  3. Que linda homenagem Tina, a emoção aflorou por aqui.
    muito obrigada por compartilhar conosco esse momento, bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!
    Vamos lá...rssr

    Lagarta verde, listrada, amarela, um dia se afasta
    E de cabeça para baixo se envolve numa seda
    Uns o chamam de casulo outros de crisálida

    E ali ela fica paradinha por fora,
    mas passando por uma intensa reciclagem por dentro
    Isso que é sofrimento ou um processo de embelezamento?

    Um dia pronta e tonta e bela se revela
    E da crisálida arranca-se dela

    Abre suas asas devagarinho, sem pressa
    Quanta beleza! Até ela fica surpresa

    Voe e mostra quanta beleza! Voa borboleta!
    Vá ao encontro de uma violeta!

    Voe borboleta rápida e vele sob os olhos de varias retinas
    E de um beijo na minha amiga florzinha tina!

    Alê Biét!

    Beijos querida!



    ResponderExcluir
  5. Olá Tina

    Elas são lindas!
    Ótimo Sábado...

    AMIGA da MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  6. Tina, muito boa definição!
    Pois é... lembrei de Adélia Prado:

    “De vez em quando Deus me tira a poesia.
    Olho pedra, vejo pedra mesmo.
    O mundo, cheio de departamentos, não é a bola bonita caminhando solta no espaço.”

    Abração!
    Rodrigo Davel

    ResponderExcluir
  7. Tina,que legal a sua postagem!Definir borboleta para o poeta é sempre linda poesia!Bonita homenagem a sua avó tb!bjs,

    ResponderExcluir
  8. Olá, que post tão lindo!
    Inspirador!

    Bjooos e bom final de semana!

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Tina,
    Nossa definir uma borboleta é só pra quem tem muita sensibilidade e muita sabedoria. Adorei o post, já sabe né rs!
    Tem uma frase bem pequena da Vanessa Leonardi que diz:"Gosto das borboletas, me fazem lembrar que na vida tudo se transforma". Um beijo borboletinha.

    ResponderExcluir
  10. Exatamente Tina, as borboletas são a prova da transformação do corpo em beleza, leveza e cor, o espírito eterno...
    Bjs
    vania

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente lindooooooooooooooo...bom domingo!

    ResponderExcluir
  12. Tina, borboleta é liberdade,beleza, leveza e transformação.

    Um grande abraço

    Manoel

    ResponderExcluir
  13. Tina minha flor, que saudade!
    Um mês que pareceu-me tempo demais...
    Mas é tão bom retornar e, ao te ler, ter aquela sensação de familiaridade, de leveza... de quem flutua nas palavras!
    Borboletas sempre me remetem à isso, àquela beleza doce que espalha cores e delícias!

    Um beijo da sempre fã,
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Tenho uma frase anotada aqui, que não faço ideia de quem seja, mas, borboleta é poesia, porque sente cheiro do azul.
    A frase: "Poesia é voar fora da asa". Acho que as borboletas bem o fazem!
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Tina,minha amiguinha linda eu também adoro borboletas elas são leves e felizes.
    Pedro

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Tina,
    borboleta me faz pensar em pré-conceito ou pré julgamento.
    Das feias larvas surgem maravilhosas borboletas. Assim também as pessoas.Rotulamos muito pela aparência.
    bjão e uma segunda super colorida.
    Mari

    ResponderExcluir
  17. Que lindo, Tina. Seu avô enxergar borboletas... Para mim, elas são sinal de sorte e a prova real de que um dia todos nós vamos voar por aí! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Borboleta: Causadora de micro-vibrações incríveis ao bater de suas asas, que só podem ser sentidas por nós, em ambiente natural com nível extremo de paz e tranquilidade.

    tah sentido a vibração hoje amiga? ^^

    ResponderExcluir
  19. Olá Tina! Boa Noite! :D
    Ah... seu poema e o 'desafio' me inspiraram um poema também, peço licença para poder escreve-lo pra ti . ^^

    Borboleta... És suavidade,
    Metamorfose perambulante ao vento.
    És encanto aos olhos que vislumbram a sua beleza.
    É a certeza da mudança certeira.
    E para o humano, és força para os momentos de dor e incerteza.
    E no sofrimentos ensina, modifica e inspira,
    A reconstrução dos encantos das almas.

    :D

    Fica em paz!
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Que lindo Tina Flor!!! Adorei a descrição e emoção! Qaundo vejo uma borboleta sempre penso em mudança...mutação e junto vem esperança!
    Beijos e linda semana para vc!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir