10 de abril de 2013

Dory e eu

Eu não sei vocês, mas eu escolhia desde pequena e até hoje os personagens, cantores e atrizes em que eu me vejo, já fui uma das panteras do seriado e de lá para cá muitas outras personagens em que me reconheço nas semelhanças, qualidades ou defeitos.
Dia desses Carol me contou que entrarei em cartaz com a minha personagem peixa nas telonas. Não! Não me acho uma sereia, sou a Dory amiga do adorável peixe-palhaço Nemo.
A continuação do filme vai se chamar "Procurando Dory" e tem estreia prevista para novembro de 2015. A peixinha azul, que fala baleiês e sofre de lapsos de memória, vai aprender algumas coisinhas sobre o significado de algo valiosíssimo chamado: família.
Eu falo a língua do P e falo bebezês, adolescentês, passarinhês, uma poliglota que tem especialização em inventar palavras e se apaixonar por elas. Quanto a saber o significado e valor da família, sou PhD.
Sobre a perda de memória, eu só não sei onde acabei de deixar o telefone, a escova, a tesoura e outros objetos que teimam em sumir e tenho alguns lapsos para senhas, nomes, números de telefone, datas...Nada grave!
Enfim, já tenho programação para 2015, previsão de exibição da animação. Isso é que é agendar compromissos com antecedência :)

14 comentários:

  1. oi Tina, ela é muito fofa mesmo!! Adoro!!
    Bom, aqui em casa acontece algumas coisas parecidas... eu sei que "tal coisa" estava aqui, e de repente - some!! Acho que todas as coisas daqui de casa "criaram perninhas"!! rsrsrsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro animações, e fiquei curioso por ver "procurando Dory" rs abraços

    ResponderExcluir
  3. Também acho este personagem adorável. E eu conheci uma pessoa assim e que precisava anotar em uma agenda tudo o que deveria fazer, saber, lembrar (havia passado por uma situação estressante na infância e a mente se recusava a fixar os acontecimentos). Um dia ainda escrevo sobre ela. Quanto aos objetos que simplesmente desaparecem eu tenho uma explicação: eles adoram brincar de esconde esconde comigo. Aí, entro na brincadeira e também acho divertido.

    ResponderExcluir
  4. Que fofa! Amo essa peixinha e me divirto com ela. Aliás, o filminho do Nemo só teve graça por conta dela, não? Beijinhos e um bom dia!

    ResponderExcluir
  5. Nossa Tina, isso que é agendar, mesmo! Os meus objetos adoram brincar de esconde-esconde comigo! Essa semana fiquei estressada mesmo, procurando o meu boleto da Unimed que vence hoje.Você nem acredita no baile que me deu conseguir uma 2ª via. Foi uma verdadeira via crucis. O danado desapareceu mesmo! E ainda por cima, ele rouba o meu salário de professora , um montão! Abração!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Tina,
    obrigada pela dica de como deixar o cesto mais bonito.Eta criatividade fantástica.
    Esse post me fez lembrar que depois que assistimos a esse filme, por um bom tempo falamos baleiês entre nós. Era muito engraçado.
    bjão e um ótimo dia
    Mari

    ResponderExcluir
  7. Oiii Dory, quer dizer Tina!!!
    Eu também adorooo essa peixa rsrs fiquei muito feliz quando soube que vai ter o novo filme, anciosa para cheque logo o final de 2015, vai demorar so um pouquinho rsrs

    Bjoos =)

    ResponderExcluir
  8. Ahhh imagina que lindo será esse filme! Já to dois pra ver!

    ResponderExcluir
  9. Se cuide Tina, por favor.
    Lindo texto, também adoro estes 'filmes desenhos', não vou perder esse, creio que até lá em mina cidade terá cinema de novo...bjs

    ResponderExcluir
  10. 2015 tá muito longe, quero assistir agora...

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde DoryTina ;)
    Eu tb sou assim, sempre ficava e ainda fico tentando me identificar com os personagens ;)
    Tina, fiquei super animada com a novidade também, pena que é só em 2015 :( mas vamos aguardar!!!

    Beijos amiga esquecida, ainda bem qu evc não esquece de mim!!!

    ResponderExcluir
  12. DoryTina, kkk! Plagiando a Nanda e a parabenizando pela criatividade.
    Mas eu acho a amiga muito mais importante que o filme. Veja esse currículo:

    "Eu falo a língua do P e falo bebezês, adolescentês, passarinhês, uma poliglota que tem especialização em inventar palavras e se apaixonar por elas. Quanto a saber o significado e valor da família, sou PhD."

    Isso não é um fenômeno?!

    Abração pra vocês
    Manoel

    ResponderExcluir
  13. Super legal! Ouvi dizer e claro que vou ver pois já vi milhões de vezes com as crianças o "Procurando Nemo"!
    Eu falo algumas linguas entranhas e entendo outras mais estranhas ainda!
    Meu filho inventou o verbo "Iá".
    "Iá" serve para pegar, falar, colocar, tirar, dar...enfim, pra tudo que é ação e a gente tem que substituir de acordo com a ocasião...pensa que é fácil? Ele também fala como o Cebolinha e temos sempre que ficar corrigindo...e por aí vai!
    Beijos Tina e adorei tudo que vc disse no post de forma tão animada e criativa!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  14. Oii Tina, minha filha me contou toda feliz sobre esse filme que será lançado, quem não assistiu Procurando nemo e não se encantou não é mesmo, a Dory merecia mesmo um filme só dela rsr Bjooooosss

    ResponderExcluir