4 de abril de 2013

Gratidão em verbal de Dente de leão

“A importância de uma coisa 
Não se mede com fita métrica 
Nem com balanças nem barômetros
A importância de uma coisa
Há que ser medida pelo encantamento 
Que a coisa produza em nós”
Um coisa me causou imedível encantamento, misturado com  gratidão, satisfação e emoção. Veio em um envelope pardo com letra desenhada, cheirinho de passarinho molhado e o carinho de Ana, Julia e Bernardo. Meu primeiro livro de Manoel de Barros, que se chama: Escritos em verbal de ave.
Quem ai já pegou um passarinho na mão? Eu já peguei vários e foi assim que senti o lindo livrinho laranja com traços azuis cintilantes, amarrado com corda de sisal em minhas mãos.
Na cartinha que o acompanhava, a cereja do bolo, palavras, carinho e amizade com as assinaturas de próprio punho de cada um. Como adorei! Imaginei o momento em que as crianças assinaram, li o que veio escrito por senhora mamãe, literalmente e nas entrelinhas, reparei as letrinhas e traçado do nome de cada um. Estou como a ilustração, flutuante em dentes de leão e encantada.
Na pontinha do papel da cartinha, um selo dos correios, de um pipoqueiro, para uma vindoura Rota de pipocas, já com muitas histórias para contar sem nem mesmo ter acontecido.
Me senti honrada e abençoada com o cuidado deles terem encomendado o livro para mim, com a preocupação de que chegasse a tempo pelo dia de meu aniversário e ainda de me enviar antes por ansiedade em me agradar.
O Bernardo de Manoel de Barros é como o Bernardo, esse meu amigo, que me faz apitar a cada trilho e trem que vejo, irmão da princesa Julia que toca violão, adora jujubas e é fã da Magali, filho de Ana, que para mim é como a enseada que Manoel acha melhor não descrever para não desencantar.
A importância desse livrinho, de sua chegada, seu envio e de quem o enviou é de um tamanho a perder de vista para mim. Bernardo para quem não sabe é um nome que marca os escritos de Manoel, é seu auter ego (outro eu, outra personalidade de uma mesma pessoa) que assobia em voz e cantos em seus escritos, de forma ímpar, simples e metafórica em uma comunhão linear entre os dois eus e a poesia. Outro dia falo mais dele.
O Bernardo de Manoel e ele, assim como o Bernardo de Ana em parceria com ela e com a doce e ativa Júlia são criaturas sinestésicas, que mexem com nossos  sentidos, ativam, adornam, clareiam, ensinam com seus olhares, palavras, sentires cotidianos, com suas gentilizes e gestos simples que acompanho de longe, que o valor das coisas está num misto de sermos inteligentes e inocentes, sonhadores e realizadores, está em abrir o coração, soltar o verbo, ver a poesia no dia-a-dia, desmistificar os sentimentos.
Minha admiração e gratidão para olhos que nunca fitei, mãos que nunca toquei, mas sinto, valorizo, meço a importância sem achar um número, uma unidade de medida, me utilizando "apenas" de palavras, imagens, poemas, canções e emoções.

28 comentários:

  1. Que coisa linda Tina,
    com certeza é gratidão sem limites um carinho assim, com cheirinho de passarinho molhado =) Sei como é, amo o cheiro da natureza, queria poder sentir mais!

    doce dia,
    bjoos, eli.

    ResponderExcluir
  2. Difícil saber quem sai mais feliz desta história - aquele que ofertou ou aquele que recebeu o presente. Até quem vem aqui espiar sai feliz porque também é envolvido pelo carinho de vocês.

    ResponderExcluir
  3. Essa família de blogueiros e nossos amigos nos faz bem, nos enchem de belezas, com palavras e carinhos. Mereces esse e foi mandado,m pensado, arquitetado com o coração de cada um deles. Valeu! Coisa boa! beijos pra turminha toda e pra ti! chica

    ResponderExcluir
  4. Bom diaaa Tina
    É sempre mt bom passar aqui, tem sempre algo mt bonito de se ler!

    Bjooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Tina, acho que não percebi... Foi seu aniversário ontem? Se foi, mil desculpas pelo meu lapso e mil passarinhos cantando para vc a semana inteira. Receber um presente cheio de carinho é de emocionar mesmo! A sua felicidade está em cada palavrinha escrita aí em cima! Beijos de alegria e sonhos para uma vida inteira. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu aniversário é dia 19, dia do índio e desde o começo do mês que venho sendo mimada, estou me sentindo tipo em uma aldeia em data de festa, com dias e mais dias de rituais, oferendas e eventos.

      Obrigada pelos passarinhos e pelo carinho :)

      Excluir
  6. Tina querida!
    Sabe se Sheilinha já teu seu bebezinho?
    Vi que ela não atualiza a 2 dias o blog e sei que nasce esse mês né?!
    Um beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que a bençãozinha chega entre os dias 17 e 19, minha torcida é pelo 19 e que Deus dê paciência a ela...rsrs
      Ela deve estar cansada, reta final é fogo. Vejo daqui ela relaxando, mentalizando...
      E eu sigo na mesma vibe :)

      Excluir
  7. Lindo este carinho todo. Muito lindo.

    ResponderExcluir
  8. Que lindo Tina!
    Sempre me encanta seus escritos, você é de uma delicadeza ímpar para escrever seu coração.
    Amo isso, adorei ler você, beijinhos no coração e felicidades sempre por seu dom de viver.

    ResponderExcluir
  9. Eu de volta, você tem Face, Tina?
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras carinhosas e elogios e não, não tenho face.

      Excluir
  10. .



    Tina, está muito bom o seu
    blog e mesmo assim eu vou
    arrepiar os seus cabelos,
    não te dando um susto, mas
    com o poder que a escrita
    tem.
    Basta que venha, no dia 6
    deste mês
    me visitar no
    blog do Palhaço Poeta e com-
    provará o que estou dizendo.

    Um abraço grande.

    Ah, estou seguindo o seu blog,
    vem seguir o meu também.

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir
  11. Olá, Tina!

    Que linda gratidão a tua diante do presente tão singular para você.

    Poesia são as cores dos nossos íntimos jardins assobiando sorrisos em forma de palavras e sensações...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Tina, fiquei muito emocionada, de verdade!
    Lindo seu post de agradecimento, lindo o carinho que vcs sentem uns pelos outros!
    Você merece todo esse carinho, afinal vc é a Tina, que mesmo sem conhecer pessoalmente encanta quem está do outro lado da tela!

    Beijos no seu core, ótimo restinho de semana!

    ResponderExcluir
  13. Oii Tina, imagino sua alegria com o presente, carinho merecido! Bjoooosss

    ResponderExcluir
  14. Um agrado super especial para quem com certeza torna nossos dias tão especiais com suas palavras, seus sentimentos transcritos em palavras... Você merece Tina, isso e muito, muito mais!

    Um beijo!

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Já estava com saudade de visitar esse cantinho tão lindo. Sempre que venho aqui leio um texto que me faz feliz!
    Bjoks

    ResponderExcluir
  16. ♫ ♫ Fica sempre um pouco de perfumes nas mãos que
    oferecem rosas, nas mãos que sabem ser generosas!♫ ♫

    Vocês são uns amores!
    Beijos nas crianças, na mamãe Ana e em vc!

    ResponderExcluir
  17. que legal, Tina! Sempre me faz feliz passar por aqui ♥

    bjs

    ResponderExcluir
  18. Olá querida, sei que não me conhece. Passei por aqui como sempre passo e me emocionei com suas escritas. Tenho que te diser que ninguém vive em vão e que somos únicos neste mundo, tu és um ícone. Mesmo sem te conhecer sinto o quanto é maravilhoso seu coração e o quanto és especial. Esse amor que tu colhes hoje foi ontem uma sementinha na terra do grande sentimento. Se plantas amor é o certamente colherá. E para sempre terás pessoas ricas e amdas ao seu redor... Parabéns TINA, pelo lindo blog e por suas conquistas nessa vida. Um grande abraço.

    Obs: Fica aqui meu edereçoe gotaria muuuito que você viesse.
    MELISSA E ALECRIM http://melissaealecrim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Querida Tina, que bom receber a tua visita. Li com grande prazer o texto incrivelmente bem escrio.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  20. Texto maravilhoso, esvoaçante e com trinados pra lá de envolventes. Não dá pra definir e nem medir o que dele absorvi.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  21. essa coisa de olhos que nunca fitei, mãos que nunca toquei, lábios que não vi sorrir...
    isso ultimamente anda emocionando muito nos blogs de amigos.
    penso que está na hora da gente se ver ....kkkkkkkkkk
    e se abraçar muito, e sorrir, e chorar.
    penso que está mais do que na hora!
    beijos amiga.

    ResponderExcluir
  22. Tina, eu gostei tanto disso que o seu coração compôs e você escreveu que já lí e relí umas dez vezes. É um ler sentindo o que você sentiu ao escrever esse agradecimento. Muito lindo isso na tela do pc. Imagine como fica dentro do seu coração.
    Um abração para vocês
    Manoel

    ResponderExcluir
  23. Oi Tina! Belas postagens! amo seu blog, percebe-se o carinho dedicado a ele. Parabéns!
    Uma linda tarde. Bjuss

    ResponderExcluir
  24. Segurei num dente de leão, o vento soprou e olha só onde vim parar...
    Beijo

    ResponderExcluir