25 de junho de 2013

Corrente do bem

Avós recordando, netos aprendendo e fontes de educação interagindo

 Alunos e professores da Escola Estadual João Kopke, no município de Fronteira, usam material reciclável para construir a ‘Casa dos sonhos’

Blitz de estudantes para conscientizar moradores de Santa Luzia,
sobre os perigos e prevenção da dengue

Distribuição de mudas no trânsito em Belo Horizonte

 Escola de Goiás que criou horta para estimular consumo de alimentos saudáveis

Escola Estadual Monsenhor Francisco Miguel Fernandes, no município de Rio Espera, estimula os alunos que participam do Curso Normal, para atuarem como professores e produzirem material de ensino para educação infantil

Eu fiz aqui a um tempo atrás um post inspirado na propaganda da Coca-Cola de que os bons são maioria e ai me inspirei a reeditar a temática em um post no blog de Carol, de onde tirei essas imagens ai de cima.
Que os bons sejam maioria, que sejamos parte dessa maioria. Que sejamos a mudança que queremos ver no mundo. Como disse Joseph Beuys: "A revolução somos nós". 

11 comentários:

  1. Lindos esses exemplos e que possamos ver mais e mais! Isso é que vale!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Eu também acredito que um gesto é capaz de provocar mudanças e transformações. Cada um faz o que pode, do jeito que consegue e assim vamos gerar ondas de gentileza.

    ResponderExcluir
  3. Amo ver coisas assim, e pensar que tem muita gente do bem nesse mundo! =D

    ResponderExcluir
  4. São exemplos fantásticos e, acredite, os bons ainda são a maioria! Acontece muita coisa ruim, mas muito mais coisas boas!

    ResponderExcluir
  5. Tina querida, cada vez estou mais convencida que se cada um de nós fizer um pouquinho, fazemos um mundo bem melhor para todos!

    Ótimos exemplos!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Fazer parte de trabalhos assim é gratificante. Adorei a casa dos sonhos, que ideia fantástica. E colocar a criança a frente de responsabilidades adultas, como por exemplo montar um material pedagógico ou até um dicionário, é incentivar e crescer o espírito de aprendizado do aluno.

    ResponderExcluir
  7. Oiii Tina, eu vi o post da Carol tbém, muito bom ver que os bons são maioria, eu tbém acredito nisso, e fico muito feliz e inspirada com tantas correntes bacanas! Minha filha participa da Sociedade da Alegria, um projeto muito bacana da escola, ela está sempre envolvida em projetos semelhantes, eu fico toda orgulhosa, vou mostrar o post a ela! Bjooooss

    ResponderExcluir
  8. Oi, Tina,

    Essas notícias são tão reconfortantes, né? Eu, pelo menos, fico feliz quando tomo conhecimentos de gestos desse gênero, tomara que se multipliquem, rsrs.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga

    Sempre que dirigimos
    os nossos pensamentos,
    ao que acorda sentimentos bons
    em outras vidas,
    cada palavra escrita
    é uma espécie de oração.

    Que teu coração seja o céu
    onde as palavras possa voar
    buscando a esperança.

    ResponderExcluir
  10. Oi Tina!

    Perfeito, flor!

    Precisamos sempre multiplicar e compartilhar bons exemplos. Que bom que os bons são maioria. Isso só já é uma vitória.
    Linda postagem!

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
  11. Tina, eu amo esse tipo de projeto, que leva as crianças para muito além da teoria: elas experimentam, vivenciam e ainda ensinam, instruem outros! Por sinal, são os melhores, os mais dedicados professores, pois sua motivação é genuína.

    Os exemplos que você mostrou aqui são lindos de ver, merecem mesmo ser compartilhados! Senti saudades dos meus tempos de "teacher", quando a sala de aula virava laboratório para muitas coisas, muitas crianções do bem... Parabéns, belíssima postagem!!! Beijos.

    ResponderExcluir