12 de setembro de 2013

Twitices

Li por ai em meus voos internéticos que lá na rede social do passarinho azul estão sendo semeadas histórias miúdas, mudas de histórias, histórias em pílulas como nomeou a matéria.
Na chamada "Twitteratura" escritores de todo o mundo estão se aventurando a produzir prosas, poesias, nanocontos, aforismos e até mesmo sequências de tweets que montam tweet-contos, tweet-novelas e tweet-criativices.
Pratasmente o gênero teria como representante o grande Oswald de Andrade, que antes da primeira metade do século XX se destacava no Brasil praticando uma literatura curta, sem rima ou métrica, com linguagem coloquial e descrições em poucas palavras. Convenhamos que em muitos casos, 140 caracteres são até excessivos para passar, com qualidade uma mensagem, provocar curiosidade ou cutucar um leitor adormecido.
Seguem perfis de twiteiros literários para quem faz parte da rede:
@cemtoques - O projeto "Cem Toques Cravados" é mantido pelo escritor e roteirista de HQs paulista Edson Rossatto. Traz nanocontos com exatos 100 toques
@millorfernandes - Perfil oficial do escritor e chargista carioca Millôr Fernandes (1923 - 2012). Aproveita ditos do próprio, famoso por suas tiradas de gênio
@marcelinofreire - O pernambucano Marcelino Freire ficou conhecido por seus contos. Na twitteratura e se deu bem. Seu primeiro livro, é uma coleção de aforismos
@carpinejar - O poeta gaúcho Fabrício Carpinejar é um dos mais bem autores brasileiros da rede social. Publica poemas e nanocontos. A conta já rendeu até um livro

11 comentários:

  1. Oiii Tina, saudades de ti mulher, bom retornar, não sou muito de Twitter tenho mas nunca entro, não me adaptei, gosto mais do Face mas vou conhecer essa prática! Bjinhosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou nem de um, nem do outro, mas achei legal, ai trouxe para compartilhar :)

      Estava com saudade, vai ter quer vim td dia agora por um tempinho para compensar a ausência...rsrs

      Bjos!

      Excluir
  2. Oi Tina

    Não sei Twittar, mas seus escritos me deixam curiosa. 100 toques? realmente me insta a procurar.
    Uma linda tarde para você.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Já me inspirei muito na rede do passarinho azul que passava nas tvs internas do metrô.
    Admiro que assim consiga se comunicar em 140 caracteres. E são muitos que o fazem com maestria!
    Arrisco-me, sempre que posso, no projeto Uma imagem - 140 caracteres. É uma maneira de exercitar uma escrita diferente, já que não faço parte do Twitter.
    Muito legal ver as indicações aqui. Vou conferir algumas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Tina por compartilhar link's interessantes_ mesmo sem twitter vale conferir ,
    Hoje as opções de boas leituras é bem variada _ fica sem ler quem quer ou nao se adapta ao Pc.
    Obrigada pelo endereço dos lenços_ estou providenciando e até com medo de chegar depois do prazo_ vi que o inicio da entrega é em novembro_ data que facilita os retardatários rs
    um abraço Tina

    ResponderExcluir
  5. Tenho conta lá, mas só de vez em quando entro e não sei fazer nada, mas vou procurar!!! beijos,boa dica! chica

    ResponderExcluir
  6. Adorei essas dicas, vou seguir alguns deles sim!

    Que post legal! Valeu!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tina que bom que vc ainda continua postando no seu blog, ele ainda é uma delícia de ler/visitar! Saudades, abri meu Blog hoje e um dos primeiros blog's que tive vontade de visitar foi o seu. Saudades, Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Gosto de passarinhos mas não sei voar com este pássaro azul. Penso que 140 caracteres podem ser suficientes para uma linda mensagem ou uma grande besteira. Sabendo usar, que mal tem.

    ResponderExcluir
  9. Que legal. Uma pena que deixei a rede há dois anos. Agora só acompanho de fora.

    Isso me lembrou o menor conto do mundo. Conhece? Diz muito com pouquíssimas palavras.

    ResponderExcluir