2 de outubro de 2013

Brincadeiras de criança

O joguinho cinco-marias, aquele de fazer malabares com quadradinhos de pano com areia, farinha, arroz ou feijão dentro, tem origem em um costume da Grécia antiga, você sabia?
Pois é! Quando queriam consultar os Deuses ou tirar a sorte, os homens jogavam ossinhos para cima e observavam como caíam. Cada lado do ossinho tinha um nome e um valor e as respostas divinas às perguntas humanas eram interpretadas a partir da soma desses números. O lado mais liso era chamado kyon (valia 1 ponto), o menos liso, coos (6 pontos); o côncavo, yption (3 pontos), e o convexo, pranes (4 pontos).
O mais legal que descobri nessa descoberta é que essa pode ser a origem dos dados. Dados, do latim: dadus: dado pelos deuses, segundo Renata Meirelles, autora do livro "Giramundo e outros brinquedos e brincadeiras dos meninos do Brasil".
Com o tempo, a criatividade foi substituindo os ossinhos por pedrinhas, sementes, pedaços de telha, tampinhas de garrafa a saquinhos de tecido com recheios diversos e as variações dos arremessos foram evoluindo e sequencias desafiadoras a destreza foram sendo criadas. Diversão como única intenção e os Deuses imagino, assistindo e batendo palmas acompanhando as cantigas repetidas que faziam parte da maioria das brincadeiras e fazem parte da memória de muitos adultos e idosos.
Há vários jeitos e níveis de jogar as cinco marias, como havia de pular elástico, um brinquedo-brincadeira que eu amava e brinquei muito entre irmãs, amigas e cadeiras. Ono um! Ono dois! Ono três! Zig-zag! Zig-zag! Sai! Clica aqui para ver, ler, relembrar aprender e ensinar outras tantas brincadeiras legais. Esse elástico da imagem, com catavento de enfeite, para pular, voar e se divertir, super colorido e produzido (o meu era branco, fino e sujinho, amarrado com um nó cego, ou vários) foi feito pela talentosa Anahi, que faz elásticos, kits de cinco marias e vários brinquedinhos e objetos artesanais, tudo caprichado. Confere aqui a lojinha dela, chamada Artesaná. Pra rimar, vou aqui e volto já! Quantos passos? Dez. De que? De girafa. 1, 2, 3...

14 comentários:

  1. Bom dia!
    Começar o dia relembrando esses saquinhos que eu fazia com milhos, era muito divertido, eu fazia e distribuia entre as amigas.
    Bons tempos de infãncia, de brincar na rua sem medo, de cair, se machucar, chorar, lavar e voltar com o mercurio marcando o machucado.
    Quantas brincadeiras com os amiguinhos, peteca, bolinhas de gude, figurinhas (jogar bafo), enfim... hoje, nossas crianças nem sabem o que é isso, video-games, tablets e afins ocuparam a vidinha deles e a violencia do lado de fora os impedem de ir as ruas brincar.
    É a tal evolução.
    Bjs
    Adorei sua pstagem.
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Tão bom relembras essas brincadeiras tão legais e saudáveis! beijos praianos, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  3. Coisa boa, brincadeiras antigas!!! Eu ainda faço algumas com minha filha e adorava aquele barbante esticado em forma de estrela que passava da mão de um para a mão de outro! Bons tempos...ótimo post Tina!
    Beijos e muitas nutellas!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço como cama de gato.
      Vamos brincar?
      De lencinho na cabeça e pés sujos de terra :)

      Excluir
  4. Que legal... não conhecia essa brincadeira!!!
    Como é bom descobrir coisas. Tenho que fazer um projeto na faculdade de carrinho de rolimã... estou adorando reviver a infância

    Bêjo

    ResponderExcluir
  5. Oi Tina.
    Adoro aqui. Esta postagem me fez lembrar das brincadeiras e artes da infância. Quantas e quantas vezes pulei corda com os amiguinhos e primos.
    E a lojinha de artesanato maravilhei-me com tantos mimos. Nem sabia que essa modalidade de montar figuras se chama tangran.
    Dias iluminados para você.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Aprendi a jogar cinco marias com o meu pai, que adorava sentar-se no chão para brincar. Ele me ensinou também a calma para não derrubar as varetas. Já pulei corda e amarelinha, mas elástico não. Não conhecíamos essa brincadeira!
    [Um beijo e um dia de brincadeiras aí] :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pega-varetas!
      Andei atrás de comprar dias desses um para mim, acredita?
      Muito legal! Brinquei muito, acho super interessante, treina a eficiência motora, concentração, estratégia...

      Adorei seu comentário com boas lembranças e adorei ter te apresentado a brincadeira de pular elástico :)

      Excluir
  7. Muchas felicidades por tu bloc

    Julia
    Elracodeldetall.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii Tina, nunca dei conta das cinco marias kkkk zero de coordenação e reflexos rsrs Bjosss

    ResponderExcluir
  9. BOA NOITE MINHA QUERIDA !!!!!!!!!!!
    QUE PRAZER GANHAR MAIS UMA AMIGA NESTE UNIVERSO VIRTUAL.
    FICO SEMPRE FELIZ QUANDO APARECE MAIS UM .HOJE TE VEJO VINDO DA CASA DA CHICA,LOGO UM DIA QUE ESTAMOS EM ESTADO DE GRAÇA TANTO EU COMO A CHICA,NEM É PRECISO FALAR MAIS NADA.
    TE RECEBO COM MUITO CARINHO E DEIXO MEU CARINHO AQUI CONTIGO TBM...
    BJSSSSSS !

    ResponderExcluir
  10. Tina, eu adorei saber que a origem dos dados é grega. Adoro esse país, e meu sonho é conhece-lo algum dia. Adorei o livro tb, vou ver se acho em alguma livraria. beijos!

    ResponderExcluir
  11. Amei relembrar estas brincadeiras. São lembranças que marcam e ficam para sempre.

    ResponderExcluir
  12. Olá, querida Tina
    Só agora vi o seu link quando folheava o blog da Alê pois participei da BC dela e não vi mais ninguém... na época...
    Foi bom ter achado algumas amigas e ler posts tão bonitos de uma realidade inesquecível!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir