8 de outubro de 2013

Por + sorrisos

Monteiro Drummond, que me remete a uma mistura de Monteiro Lobato com Carlos Drummond, é uma empresa com atuação no mercado de prestação de serviços e treinamentos para a melhora das prestações de serviços e implantação de padrões de excelência no atendimento ao cliente.
Essa empresa criou uma proposta que achei muito útil e necessária, pois como diz a sabedoria popular: o sorriso é uma curva que endireita muita coisa e #temquesorrir é uma proposta de garimpar com a ajuda dos consumidores, usar de exemplo e premiar quem faz a diferença no dia a dia dos serviços no Rio de Janeiro.
O objetivo é humanizar o atendimento de bares a lojas de todo tipo, que vão do mais ou menos ao péssimo atendimento, com caras feias, má vontade e uma sensação de que os vendedores não ganham por comissão ou que estamos pedindo favores a eles e isso acontece aqui na Bahia também, terra do bom-humor, simpatia e axé. Na verdade, acontece em muitos lugares, assim como tem por aqui e por ai, muitos estabelecimentos que encantam e dão show de bom atendimento.
Um coisa que eu acho que tem que mudar é o precisar ser íntimo, frequentador assíduo, amigo do amigo, cliente vip para ser bem tratado nos lugares, para a hora marcada ser válida, para o atendimento ser acompanhado de sorriso e boa vontade. Mal-humor, despreparo, inconformidade de tratamento do serviço prestado com o prestador, exemplo: servir comida e vender sapatos tem particularidades de manuseio, linguagem e peculiaridades bem distintas.
E outra coisa que tem que mudar é o impeto de individualismo das pessoas, que colocam sua pressa e seus interesses acima do que é direito do outro e seu também,  muito comum quem reclama passar recibo de chato e estressado. Não reclamar te faz sair sem o serviço bem prestado, sem o desconto, sem qualidade e quando em vez com o produto e um sapo no meio da goela.
O projeto no Face se chama: “Não basta servir, tem que sorrir” e a ação é a priori apenas para os estabelecimentos do Rio. Acho que dar uma espiada, se inspirar, sugerir e fazer algo nesse sentido é super válido. Os próprios comerciantes podiam pensar nisso, além de nós consumidores e essas pequenas mudanças de comportamento mudam muita coisa além da relação de consumo, mudam as relações interpessoais, mudam a sociedade, pois ainda que hajam leis ou não, além delas está o comportamento e papel do individuo, cheio de super-poderes, sem romantismo ou idealismo ingênuo, na real, a mudança somos cada um de nós e temos que fazer nossa parte, exigir o que é coretro, persistir, mudar, contagiar, cobrar, #issomudaomundo.

13 comentários:

  1. É isso mesmo Tina, gostei do "slogan", "não basta servir tem que sorrir"...
    Mas tem que valer também o "não basta pedir tem que sorrir".
    Na verdade está faltando em todas as situações, a elegância no sentido literal da palavra.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeita colocação!
      Para pedir é necessário sorrir, ser cortez, educado, adequado.
      Elegância e gentileza na veia em tda via de mão dupla pra já.

      Excluir
  2. BOM DIA FLOR DE PRIMAVERA !
    TRAZENDO MEU CARINHO E LENDO ESSE TEXTO COM UM SORRISO ,RSRSRSRSRSRSR
    BOM DIA COM A PAZ DE UM SORRISO !

    ResponderExcluir
  3. Tina vc tem uma visão boa em relação ao + sorrisos, pois a mau humor alheio não pode nos contagiar. Li uma reportagem de um homem que passava todas manhãs pelo jornaleiro e dizia "bom dia" e mesmo respondia, mas não com sinceridade, daí um dia, sua esposa fez uns pãezinhos e ele levou alguns ao jornaleiro dizendo, o tradicional "bom dia" e entregou os pães, dizendo que havia pensado que de repente por ter aberto cedo não tivesse tido chance de um café. O jornaleiro aceitou e abriu um belo sorriso. Desse dia em diante o jornaleiro dizia "bom dia" primeiro. De repente um gesto simples, mas que fez muita diferença. E por aí milhares de outras situações que acarretam maus vendedores, pessoas mal preparadas ao mercado, apenas indo pela falta de opção.
    Não há tanta justificativa, mas sorrir e gentilezas sempre caem muito bem.
    Excelente postagem.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  4. Dou colecionadora de situações de atendimento ruim. Às vezes reclamo, às vezes recolho as minhas tralhas e nunca mais volto ali. No fundo acho que são pessoas insatisfeitas com o trabalho que realizam e esta é uma situação que eu não poderia suportar nunca porque acredito que é preciso estar feliz com o que faz.

    ResponderExcluir
  5. Passando só para dar uma cafungada nesse seu cangote baiano...e desejar uma ótima terça-feira!!! o/

    ResponderExcluir
  6. Que legal esse projeto,Tina! E sorrir muda muito meeeeeeeeeeeeeeeesmo. Encvarar as coisas com mais leveza, faz bem. Nem sempr conseguimos, mas faz um bem tremeeeeeendo!

    São 09:34 hos e já tantas coisas aconteceram. Tntos encontros tive já até esa hora, tanta coisa a me inspirar. Só posso sorrir e agradecer... E adorei também aquela imagem da "tal de Tina",rs...beijos,.lindo dia! Hoje dia especial, há 44 anos me tornei mãe e gostei tantop que em 5 anos tive os 4 filhos, de emoção em amoção, todos queridos e DESEJADOS, enganando médicos e Kiko que acreditava que eu iria seguir à risca as prescriçoes médicas. que me proibiam de continuar,rs...Pobre deles, eu segui!!rs...beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. Um sorriso muda um dia né?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. Olá! Saber o valor de um sorriso, por onde ele pode chegar, a divindade por traz da felicidade, são fontes de relacionamentos mais cordiais! Amei o projeto, abração

    ResponderExcluir
  9. Tina, sorrir não custa nada e faz um bem... ô meu Deus, infelizmente ainda tem gente que não sabe disso.
    Acho super válida essa proposta. Beijão e muitos sorrisos para você! :))))

    ResponderExcluir
  10. Oi Tina, sorrir é de graça e faz uma diferença danada né?!
    Confesso q tem dias q me custa sorrir mas normalmente tenho um sorriso estampado no rosto. Apesar da timidez tento sorrir o máximo possível, principalmente pra quem n conheço!
    Ahhhh tem uma coisa q faço e meu esposo acha engraçado, sorrio e falo com os bichinhos na rua...

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Tina, uma coisa que acho é que hoje em dia as pessoas tem que primeiro receber para depois dar, isso não só em relação a sorrir ou ser educada, mas em relação a tudo. Sempre penso que tudo tem a ver com reciprocidade. Se não nos dispomos a ser simpaticos, educados com os outros como esperar que sejam assim conosco. Devemos tratar como queremos ser tratados. Então um grande :) , para todas.

    ResponderExcluir
  12. Tina, sábado fui comprar uma case para o celular da minha filha em uma loja cujas atendentes estavam etiquetando produtos, esperei e pedi produto, então ela me pediu alguns minutos, paciente esperei. Para minha surpresa, uma ficou jogando para a outra para saber se a loja tinha o produto ou não. Vi nas duas descaso com o cliente. Isso é sintoma de uma sociedade individualista que não enxerga o próximo. Bjos.

    ResponderExcluir