7 de dezembro de 2013

Luz depois da curva

Eu tinha programado deixar por todo o final de semana a postagem de ontem e só voltar a postar na segunda. Mas um voo inesperado rumo ao céu, uma curva na estrada fez nascer essa publicação para uma pessoa tão pessoa, tão humana, tão poética sendo política, a quem dedico as poucas e significativas palavras de Pessoa: "A morte é a curva da estrada, morrer é só não ser visto."
Tenho em mim esse sentimento de perpetuação de todos em todos e em tudo, seja uma pessoa com poucos relacionamentos que vai ser lembrada pelo cara da padaria, a moça do supermercado e os coleguinhas da escola, que fez um banco que vai ficar numa praça por anos a fio, que riscou seu nome numa calçada ou no tronco de uma árvore, seja uma pessoa tão expoente como Mandela, que teve muitos e mundiais contatos pessoais e interpessoais, que fez marcas indeléveis, deixou lições, frutos, sementes, pessoais, sociais, morais, espirituais. 
Aparentado direto de Deus, sem sobra de dúvida. Como foi dito na recepção a ele aqui na Bahia em sua vinda em 1991: "A casa é sua irmão", acho que foi o que Deus disse a ele ontem, um dia após a sua chegada e bate papo com os anjos locais, em uma sexta-feira, dia de todos os santos aqui na Bahia, lembrando que ele partiu para sua terra Natal na época da estrela guia, um iluminado sem dúvida.

9 comentários:

  1. Linda mensagem Tina! Adoro suas palavras muito bem colocadas sobre ele e sobre a nossa estrada...uma partida, uma curva e não se ve mais!
    Beijos Tina Flor! Bom sábado! Muita paz!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  2. Lindo post Tina, essas palavras do Pessoa, me tocaram.
    Bjs e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  3. Sem duvida houve festa lá por cima na sua chegada.Ele ajudou a ilumiinar muitos caminhos! Lindo texto! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Tina
    Sem dúvida, a Casa é dele também!!!
    Lindo post e saído do fundo do coração...
    Seja feliz e abençoada!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Tina, sem dúvida Mandela "um homem que se libertou da morte". Decerto que ninguém deixará de ter presento o nome do grande político que fez uma revolução pacifica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que a causa da igualdade iniciada não seja esquecida! Ele mostrou que é possível não desistir! Beijos, Tina! Bom domingo!

    ResponderExcluir
  7. Um homem admirável, sem sombra de dúvida. Mas senti uma ponta de tristeza ao ler sobre sua família e as brigas por dinheiro e poder. Para alguém que se dedicou tanto à humanidade devia doer não ver a família compartilhar dos mesmos ideais.

    ResponderExcluir
  8. Olá Tina!
    Muito obrigado pela visita!
    Uma ótima semana para ti!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  9. Morrer é só não ser visto. Nada mais verdadeiro para significar Madiba.
    Sua existência, o que aprendeu e ensinou está para sempre em nossos corações.
    Belíssima homenagem!

    ResponderExcluir