9 de fevereiro de 2014

Pela segurança das crianças

Tudo a ver com domingo
Crianças na praia, em praças, nos shoppings
Acompanhadas, cuidadas, vigiadas pelos adultos
Mas como reza a sabedoria popular
Crianças as vezes nos cegam
É numa fração de segundo, num descuido, em meio ao inesperado
Pode acontecer o impensado
Para não acontecer
Pensar antes, como na iniciativa da imagem
Crianças com pulseirinhas de identificação
Vale também crachás
Um papel guardado no bolso dos maiorezinhos
Com o nome, telefones, nomes dos responsáveis, endereço
Vale ainda que em tempos modernos
O velho ensinamento aos pequenos no número do telefone de casa
Lugar onde moram, ficar parado no mesmo lugar
Falar com alguém com a farda do lugar onde estiverem
Em casos de se perderem
Assim como não falarem com estranhos
Vale pela segurança das crianças
Fica a dica!

12 comentários:

  1. Bom dia Tina! Esta é a primeira visita do Mudas de Sol, mas eu, Rô, já estive muitas vezes aqui, pode-se dizer que já deixei Meu Blog e Eu de pernas pro ar, tão remexido por mim está rs...Fonte de muita inspiração para as minhas mudinhas! Venha tomar um café e pegar um solzinho, te espero. Muitos beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Boas e necessárias dicas! As crianças são rápidas e danadinhas! Cuidados precisamos ter,SEMPRE!! bjs,chica

    ResponderExcluir
  3. O nosso cuidado e sempre pouco. Ótimas dicas! Adorei essa Campanha do Banco Itaú!
    Beijinhos
    Pedrinho e Amara

    ResponderExcluir
  4. Cansei de ver e ajudar crianças perdidas na praia e até já me aborreci com alguns responsáveis que estavam bebendo cerveja e quando levei a criança para eles, ainda brigaram com o menininho.
    Alguns esquecem que a responsabilidade é nossa...
    Bjnhs no ♥

    ResponderExcluir
  5. É verdade. Nunca é demais prevenir. Neste quesito acho que vale até um pouco de exagero, kkkkk... Com criança não dá para pensar que não vai acontecer... Sempre acontece, ehehehe...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Importantíssimo, não dá para descuidar! Ótima dica! Aqui no sul foi adotado um costume portenho: quando alguém encontra uma criança perdida, coloca-a sentada em seus ombros e caminha pela praia batendo palmas. Conforme vai andando, as pessoas o seguem a bater palmas. Chega um momento em que chama a atenção de todos, aí a criança que está nos ombros e, em evidência, logo é encontrada. Funciona que é uma beleza!
    Beijo querida,
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Pensar antes. Simples e eficaz.
    Ainda não conhecia esta campanha do Banco Itaú. Boa e necessária medida.
    Também adorei saber do costume que a Denise relatou.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Por aqui eu ainda não vi esta campanha do Itaú mas ela é útil e necessária.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Será que podia entrar em contato comigo? Sou blogueiro (http://allinblogue.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  10. Aham..eu já tinha lido sobre isso! bela alternativa!
    Bjs passarinha+domingueira+flor da praia! :)

    ResponderExcluir
  11. Olá Tina, linda Tina Flor das Laranjeiras que encanta os sabiás laranjeiras que cantam lindo por aqui!
    Olha que eu já escrevi na minha filha o numero do telefone com caneta uma vez, hehehe! Tenho medo, muito medo de perdê-los...ainda mais em shopping e praia!
    Adorei a dica Tina, vale muito!!!
    Beijos cheios de nutella e te desejo uma ótima semana!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  12. Super, super dica Tina!!
    O que tem acontecido de crianças se perderem por ai... Tá fácil não ;)

    Beijos e obrigada pelo incentivo lá no blog!!

    Nanda

    ResponderExcluir