14 de março de 2014

Lá e cá

Eu já disse por aqui e digo aos quatro ventos da minha candura por idosos
Claro que prefiro os fofos, simpáticos e doces
Mas os ranzinzas também tem seu lugar
Também digo da minha sintonia e esparramento com bebês
E crianças pequenas
Meu marido disse que era bem minha cara isso
Que é coerente com meu jeito ariana de ser
Quente ou frio, morno nunca
Tudo ou nada
Gostar dos extremos: pessoinhas sementinhas e frondosas
Com o meio, os aborrecentes, sou meio reticente
Ele disse isso quando aplaudi o novo quadro do Fantástico
"Entre gerações" que ao meu ver é uma oportunidade para reflexão
Popularização e prática do que cronicalizei aqui ontem
Aprender e ensinar
Acelerar e dar ré
Pausar e sintonizar
Fazerem uso das modernices os que estão aqui a muito tempo
E valorizarem as nossas raízes os novos frutos
Quando um jovem perguntar zoando se você conhece tal aplicativo
Se sabe isto ou aquilo
Pergunta zoando se ele já subiu em uma árvore
Se sabe pular elástico do pé ao céu
Quando um jovem quiser ensinar algo novo, tente aprender
Dê atenção como gostaria de receber para ensinar a pregar um botão
Tudo igualmente útil, agregador, uma troca, uma lá e cá

9 comentários:

  1. Bom dia Tina Flor das Laranjeiras!!!
    Eu vivo esta troca todos os dias com minha filha mais velha, ela chega da escola sempre com novidades e algumas sento para entender e aprender!
    Adoro uma conversa de vô e vó, não me canso de escutar e eles tem muito a ensinar. Passo isso para meus filhos e espero que meus netos escutem minhas histórias! Vamos vivendo a troca!
    Beijos Tina Flor! Nutellas em seu dia e muitas alegrias!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  2. Tina, precisamos assim agir. Aqui e lá! Assim como eles nos ouvem, temos que os ouvir! E tem uns que falam, falam e faaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalam por aqui,rs Sabes bem quem,rs beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Aplausos!!!
    também sou assim, tudo ou nada.
    Gostei dos argumentos para com os jovens que adoram tirar onde.

    Menina, morri de rir com "Beiço de mula não é arroz-doce".
    Não conhecia.
    Valeu!
    Obrigadaaa

    Xerosssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Também sou assim Tina, mas sou leonina!!!
    Gostei muito deste novo quadro do Fantástico, espero que ele ajude muita gente...

    Adorei a dica para o povo mais jovem... Com certeza uma grande troca!!!

    Grande beijo linda!

    Nanda

    ResponderExcluir
  5. Também gosto deste encontro dos opostos e eu aposto que o resultado é sempre uma grande harmonia.

    ResponderExcluir
  6. É isso Tina, gosto dessa sua visão do mundo. Cheguei aqui pelo Minas de mim e adorei. Abraços.



















    ResponderExcluir
  7. A interação entre gerações é maravilhosa, tem razão! Sempre podemos aprender e ensinar tb! Lindo seu texto,Tina! bjs,

    ResponderExcluir
  8. O mundo sofre evoluções, não só positivas. Aprender com o passado é importante para construir maioria das coisas para o futuro. E é interessante, também, que todos possam aprender alguma coisa, independentemente de época. Os mais velhos com os mais novos, os mais práticos com os mais teóricos.

    ResponderExcluir