22 de março de 2014

Quantas pessoas?

"Para um cão,você não precisa de carrões
De grandes casas ou roupas de marca
Símbolos de status não significavam nada para ele
Um graveto já está ótimo
Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre
Inteligente ou idiota, esperto ou burro
Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe
Mas por quem são por dentro
Dê seu coração a ele, e ele lhe dará o dele
É realmente muito simples
Mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados
Sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não
De quantas pessoas você pode falar isso?
Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial?
Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?"
Do filme Marley e eu

7 comentários:

  1. Que lindo texto e imagem! Adoro cães e sua simplicidade de vida...Eles nos alegram, sabem das coisas...Aqui tenho uma velhinha que irradia alegria, mesmo quando dorme! Nos enternece sempre,nossa Cuquinha! Adorei te ler! Para eles, nada importa., basta um carinho , um olhar e um afago, seja de quem for!

    beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é Balu, que da rua foi para um dos filmes de meu irmão e virou da família.
      A foto tirei dela embaixo da tal cx de correio da casa de meus pais, qd ela estava tosada e por isso mais quieta eu acho. Peluda ela fica mais elétrica...risos...ai ñ consigo nem tirar um retrato que preste.

      Excluir
  2. Oi Tina, essa é para pensar muito….
    Bjs querida e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  3. São tantas as qualidades de um cão...temos que aprender com eles,lealdade,amor sincero,carinho,gratidão....aqui em casa eu tenho uma turminha e são a alegria da minha vida..vale muito a pena dividir o dia-a-dia com eles :D

    Tina amei a postagem e a Balu é linda demais *-*
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Esse filme é lindíssimo só que preciso de um lençol cada vez que assisto...rss...uma bela msg e adoro os cães por tudo isso! bjs,

    ResponderExcluir
  5. História linda a do Marley! Essa semana estava voltando da aula quando um cachorrinho preto me viu de longe e veio em minha direção como se eu fosse seu dono. Olhei pra trás pra ver se era com outra pessoa, mas não tinha ninguém. Abaixei e esperei ele chegar, e ele deu um pulo de alegria, esperou receber um pouco de carinho e depois correu pra brincar com um outro cachorro. Achei tão bonito isso! Tudo o que eles querem e precisam é carinho... Não tem preconceitos, não julgam, não traem... São especiais.

    ResponderExcluir
  6. Quem conVIVE com eles conhece o que é o AMOR!

    Tico e Jana: Saudades!

    Balu, Farruco e Hanami: Vida longa!

    Kati

    ResponderExcluir