17 de abril de 2014

Inventei do nada, de no meu aniversário esse ano, meu pai fazer para mim uma torta de Santiago, suspiros e pão de chocolate com calda de anis. É que meu pai padeiro, pasteleiro, confeiteiro e meu puxa saco, faz tudo para mim qualquer dia do ano, mas esse dia é de culinarices especiais então peço sem medida.
A tal torta é de amêndoas (amo amêndoas) com açúcar fininho peneirado por cima sob um molde de uma cruz de Santiago Apóstolo, que pela devoção espanhola, caminho espiritual e história, sou fã. Tenho uma pulseirinha com um cantil penduradinho ao final de continhas azuis, salteadas de conchinhas. Ganhei a tal pulseira, mas ainda vou lá na arquitetônica Catedral, faço o caminho e volto cheia de bençãos e adereços.
A torta segundo pesquisei era receita da nobreza e foi servida a um rei com essa cruz confeitada em cima, tenho um primo do tipo adotado com o nome de Thiago, que mima meu pai e ele mima ele com essa torta, ai resolvi pedir uma para mim (ciúmes é o nome do inventei do nada...risos).
O pão de chocolate com cobertura nevada de anis eu sempre gostei e ele sabe que eu gosto. Quando estive na Disney e vi o tal pão vi meu pai em terras americanas, o que para ele não é exatamente uma honra, mas tirar foto e dizer que lembrei dele ele gostou. Sei ser conquistadora quando quero.
Esse moldes de ponta cabeça na foto, foram feitos por meu pai, com pegadores atrás para serem retirados após serem açucarados. Um é de uma cruz de Santiago o outro de um berimbau, que segundo ele é outra opção de torta para mim, com amendoim no lugar das amêndoas. Um artista esse Seu Guilherminho! Suspiro com suas histórias e adoro o branquinho e forma pingada desses docinhos puro açúcar como algodão doce. É meu lado erezinha, formiga, criança que depois fica enjoada e bebe água a valer.

7 comentários:

  1. Adoro ler e ver as coisinhas sobre o Seu Guilhermino! E são doces as lembranças,né? beijos,lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Uau, quanta arte, arte que dá água na boca! lindo lindo, abração

    ResponderExcluir
  3. Que delícia ter um pai confeiteiro!!!
    Abraço, lindo dia pra vc!

    ResponderExcluir
  4. Que delicia hein?
    E vc magrinha, se fosse eu tava rolando ao invés de andando kkkkkk.
    Sou uma formiguinha amo doces.


    bjokas doces =)

    ResponderExcluir
  5. E contar essa história é seu lado capaz de enternecer qualquer ser humano. Li o texto com um sorriso no rosto, daquele tipo que só doces bem feitos sabem nos fazer sorrir!!!

    Cheros e obrigada por compartilhar :)

    ResponderExcluir
  6. Tina, docinhos feitos pelo papai são mais gostoso.
    Uma linda Páscoa com muito amor e paz!!
    Minha vovó já assinou o gesso por você.
    Beijinhos
    Pedro

    ResponderExcluir
  7. Cada vez que conheço um tiquinho de seu Guilhermino, reafirmo que ele e José Augusto se dariam muito bem. Seriam grandes amigos!
    Beijo.

    ResponderExcluir