7 de abril de 2014

O difícil e o certo

"Difícil não é fazer o que é certo
É descobrir o que é certo fazer"
Para começar a segunda trouxe essa reflexão de Robert Srour
E a imagem de um moedor de carnes caseiro antigo
Dificil de se ver hoje nas casas
Lembrança do girar a manivela e a carne moidinha sair ligeirinha em fileiras
Certa de que para muitos essa imagem não significa nada
Que tenhamos curiosidade com coisas que não são do nosso tempo
Novos e velhos jeitos de fazer, ser, viver
Que aceitemos que as vezes existe mais de um jeito certo
Mais de uma maneira
Que as vezes o mais fácil não é o melhor
Que muitas vezes é fácil o que pensamos ser difícil
Que é certo comer alimentos saudáveis
Embora seja difícil não experimentar e gostar do que não faz bem
Que priorizemos o bem feito ao bem rápido
O bem rápido quando for preciso, mas não como regra
Que levemos em conta as consequências das novidades e praticidades
E as vantagens também
Que fazer algo difícil uma vez as vezes facilita as próximas vezes
Que moer e remoer as vezes não ajuda, atrapalha
Fica mais fácil quando compreendemos
Que o difícil e o certo andam lado a lado ou de lados opostos
Dificil é saber quando
Certo é sempre tentar

7 comentários:

  1. Linda imagem.Lembro bem delas, na cada de minha avó! Usada sempre e nela aproveitados todos os pedacinhos de carne. Moer e remoer só carne mesmo, pois sentimentos, não nos faz bem,né? beijos,lindo dia e semana! chica

    ResponderExcluir
  2. Coração e olhos atentos e abertos para se permitir saber que existem mais de um jeito de viver.

    Tia Dirce tinha uma dessas. Trocava algum apretecho e moía bolinhas de pimenta que perfumavam a casa.
    Dia aromático por aí! Beijo.

    ResponderExcluir
  3. oi Tina

    Hj em dia vivemos a troca de valores, eu nem sei mais se o que é certo pra mim é para os outros rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Estou exatamente nessa pegada de descobrir o que é melhor para cada momento. Adorei a frase que abre o post.
    Bjs querida e ótima semana

    ResponderExcluir
  5. Um grande alerta para viver plenamente a vida,mesmo que os caminhos não sejam apenas rosas. Linda sua msg e sempre inteligente seu texto! bjs,

    ResponderExcluir
  6. O difícil as vezes é saber o que fazer mesmo sendo certo ou errado.
    Boas reflexões. Então que não fiquemos de braços cruzados.
    bjão
    mari

    ResponderExcluir
  7. Nem sempre estamos em evolução (penso que na maioria das vezes estamos retrocedendo), mas é preciso se acostumar com os novos tempo e atualizar.

    ResponderExcluir