24 de maio de 2014

Deus é mais

Além da historia de trabalho, garra, futebolices e amor do vídeo que recortei do programa de esportes que assisti no sábado passado, clica aqui para assistir, ele veio parar aqui pelo alerta para o sonho e a realidade de milhares de meninos que entram no mundo da bola de cabeça e porque amo, como já disse mil vezes por aqui, pessoas idosas e essa senhorinha da história, além de fofa é arretada e não é um tipo arretada abatida, sofrida, é uma arretada sorridente e que faz duas atividades tão necessárias e sem o devido valor: reciclagem e limpeza das ruas. 
Além de por ela, apaixonei pelo garoto, por jogar no meu time e mais ainda pelo carinho dele com a avó, o brilho no olhar, o sorriso, pelo jeito de falar e o dizer, que tantas vezes digo e se diz aqui em terras baianas: Deus é mais! 
Deus é menos que templos, que dogmas, Deus é mais, na verdade Deus é isso, é a simplicidade e valor de histórias como essa. Registro aqui meu desejo de que a história de Geovane seja de vitória, que ele alce altos vôos, que consiga dar uma casa a avó e encha a geladeira deles de latinhas, verduras, carne, peixe, frango, que ele jogue na seleção e essa história seja novamente contada ou que, o que acontecer, seja bom para ele, para ela, além do bom, que além do suor e limitações, eles tem, infinitamente valioso: amor e a coragem.

6 comentários:

  1. Que dupla linda e animada.Adorei ver a carinha dela e os olhos de esperança do menino! Fico, como tu, desde já, torcendo por eles e que a casa possa virar realidade! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Dona Dinha catou brita jogada para construir a própria casa? Que história incrível! A alegria dela é feito a estampa do vestido: florido e sorridente!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Que linda história Tina! É de pessoas assim que o mundo precisa: pessoas humildes, batalhadoras, corajosas e sonhadoras. Muito obrigada por ter me mandado o link. Que Deus abençoe todas as famílias pelo mundo afora, principalmente as que tanto precisam. Que oportunidades mil surjam para o menino Geovane e ele realize seus sonhos.

    Beijo grande e obrigada pelo carinho! :*

    ResponderExcluir
  4. Ô Tina.
    Que ótimo assistir esse vídeo no início de uma semana.
    Histórias assim dão ânimo pra gente.

    Que avó mais linda!
    Por mais "difícil" que seja a vida deles eu acredito que o amor e a bondade do coração bastam.

    A saudade do pai e a insegurança que Giovane sente é comum entre tanta gente como nós. Mas o que nos faz vencer todos os dias é a confiança e a fé, que como você disse, está para além dos dogmas, templos...

    Quando vejo histórias como essa começa a cantar dentro de mim a música Maria Maria.


    "Quem traz na pele essa marca
    Possui a estranha mania de ter fé na vida"

    ResponderExcluir
  5. Lendo e ouvindo as histórias de vida dos jogadores mais famosos do pais percebemos que o futebol é a porta de entrada para aqueles que não possuem recursos e que sonham em proporcionar uma condição de vida digna para a sua família.

    ResponderExcluir
  6. Assisti a reportagem sobre o menino Geovane, e chorei horrores, por lembrei muito da minha avó que morreu a 11 anos, e eu tenho um carinho por idosos, chorei pra me acabar, espero que Geovane seja um vencedor e que a tão sonhada casa que ele sonhar em presentear a avó ele consiga comprar com ela em vida.

    ResponderExcluir