4 de julho de 2014

Enlatados

Eu gosto de verduras, frutas, naturebices e afins, mas não posso negar que sou roxinha por um hambúrguer, coxinhas e enlatados que vão de salsichas viena, a azeitonas, atum, sardinha. Amo sardinhas em lata e dia desses comprei uma das grandes do tipo antigo de abrir com o abridor de latas e a medida que abria, com gosto e destreza, pensei de quantas criaturas médias e pequenas ao verem um abridor desses não imaginam a utilidade do gancho e ao abrirem o armário e se depararem com a lata sem o trocinho de suspender e destacar a tampa, não imaginam como fazê-lo. E do jeito que são, a maioria, sem iniciativa ou criatividade, colocam a lata de volta e comem biscoitos, eu nem que fosse explodir ela e perder as sardinhas não desistiria até abrir, ia da chave de fenda com martelas em cima uma ao lado da outra a ideias que não me ocorrem agora, mas me ocorreriam na hora.
Meu filho tem total falta de destreza par abertura de pacotes e embalagens e um pai e geral que abre as coisas para ele. Eu digo calma como quem tomasse suco de maracujá na veia: Tente até conseguir! E ele sempre diz sem nem tentar ou tentar de mentira: - Mas não consigo! E eu sempre digo, tanto que ele já diz antes de mim: Faça de conta que você é a última pessoa no mundo e esse é o último alimento que você tem para comer ou o último cd para ouvir, jogo para jogar.
As sardinhas como com tomates cortados em finas rodelas e cebolas em tirinhas regadas a azeite doce e vinagre, dentro de pão de sal estalando, também fora do pão com o garfo e o pão roído aos tacos e molhado no caldinho. Outra especialidade da casa, desde que minha mãe me deixou usar o fogão, até hoje quando as vezes estou cansada dele, cozinho batatas e ovos com duas pitadas de sal e devidamente cozidos são amassados com um garfo, adicionadas as sardinhas, amassadinhas e tudo é generosamente regado com azeite e devorado em segundos. Outro uso da sardinhas é empanada das de liquidificador, com milho e ervilhas enlatados.
Na ilustração a feirinha de mentirinha é uma foto que tirei numa loja de sabonetes e aromatizantes, além da criatividade e do cheiro maravilhoso, parei na balança antiga. Esse papo me deu uma fome e hoje sendo sexta-feira cabe um belisquete diferente, uma pizza, cachorro quente. Hum? Que tal?  Bom final de semana, com os cuidados alimentares necessários, lazer, prazer, bençãos, paz e bem.

10 comentários:

  1. Tina, tive que rir... Como tu eu se resolvo abrir uma lata, nem que a vaca tussa, eu consigo! Uso pregos, faço uma fileirinha de furinhos e depois com chave de fenda,abro. Se for contar com a "habilidade e destreza " que habita no Kiko, estou ralada,rs

    E gosto muito de sardinhas, por vezes, apenas amassada com muita cebola e azeite de oliva. Num pão fresquinho, cervejinha, hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm... beijos, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. oi Tina

    Comer é bom demais.
    Minhas destrezas até que estão evoluindo ainda bem rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Tina, lembrei de uma vez (quando morava aí em Salvador) que dei meu abridor para o pedreiro abrir tintas, essas coisas e, quando chegou a noite, eu quis abrir uma lata de pêssego em calda, estava doente de vontade de comê-los, mas não tinha como abrir! Apelei pro prego e martelo e duas horas depois, estava lá, hahahahah
    Também amo sardinha em lata, acho uma delícia! bjs

    ResponderExcluir
  4. Delicia de texto!!! Ontem minha irmã achou duas latas de sardinha no armário, ela abriu um sorriso enorme: "Olha Jaci o que esquecemos de comer mês passado!" [Aqui fazemos compras no dia 5 - 7 então essas são sobreviventes do mês passado] Fiquei planejando fazer um macarrão com sardinha, frito a cebola e o alho no azeite, depois coloco tomate e por fim a sardinha, dispenso o molho [meu pai rouba para comer com pão] e fica bom para o gosto daqui de casa.... Ah, também já fui inábil com os pacotes, latas e derivados.... mas a gente cresce e melhora... :)

    ResponderExcluir
  5. Tina, minha mamãe adora, mas eu não gosto de sardinha!
    beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir
  6. Olha eu vim aprender abrir latas com minha tia na adolescência ela dizia, uma moça tem que saber tudo, hoje agradeço a ea , pq se dependesse de minha mãe nãoa prendia, pois ela mesmoa té hoje não sabe, abre batendo na faca kkk. Amei a foto. tem novidade no blog, passa lá depois bjs

    ResponderExcluir
  7. TINA EU JÁ GOSTAVA DE SARDINHA MAS, DO JEITO QUE VC COLOCOU AS MENINAS, FIQUEI COM ÁGUA NA BOCA. QUE DELÍCIA!!!
    VOU TER QUE IMITÁ-LA COM URGÊNCIA...KKKK
    BJS

    ResponderExcluir
  8. Eu amo sardinha! mas preciso confessar uma coisa: não consigo abrir essas latas "muderninhas" com argolinha para puxar! Já tirei uma lasca do meu dedo tentando e desisti. Prefiro os antigos abridores mesmo! hahaha
    Amei a foto, viu?
    Bjoks

    ResponderExcluir
  9. Tina, texto pra lá de saboroso, tanto quanto as sardinhas em lata!
    Eu também sou fã das sardinhas, e ainda sou do tempo daquele abridor.
    Os tempos mudaram, mas os sabores gostosos continuam na nossa vida: sardinha assim dos jeitos todos aqui descritos, são sempre um bom petisco e dão um jeitaço na hora que não apetece fazer mais nada de complicado.
    Até pra levar para o trabalho e comer direto da lata - oh... quantas vezes...
    bjo amigo

    ResponderExcluir
  10. Vou chamar você e a Chica para abrirem as tampas do vidro de palmito para mim!
    Estou atrasada em relação a este post, mas em se tratando de sardinhas, todo dia é um bom dia!
    Beijo.

    ResponderExcluir