31 de agosto de 2014

Das miudezas

Foto de sinaleira na Liberdade - São Paulo

"É muito útil estudar o alfabeto das flores miúdas 
Esquecidas na beira dos caminhos
Pequenas florezinhas amarelas como mensagens perdidas. 
Elas dizem sim à vida, ao Sol, à chuva
Sim ao amor que nasce todos os dias"
Roseana Murray
Tão gostoso o gosto desse fim de agosto para mim
Que para muitos tenha sido ou no próximo seja assim
Que setembro seja um mês de miudezas
Que tenhamos o olhar, a audição, o tato
O coração recheado por miúdas e grandiosas sensações
Por valores além das cifras
Por sentidos e sentimentos bons
E assim na beira dos caminhos ou no meio deles
Nas esquinas, paradas ou no seguir em frente
 Numa sinaleira ilustrada ou não
Encontros, pequenezas, grandezas
Cores, luz, amor no coração
Fé, paz e bem
Amém!

7 comentários:

  1. E essas cores desse encontro sinalizam muitos outros mais,Agora achaste o caminho por lá! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. A vida é feita de pequenas coisas que marcam nossa alma. saudades. bjs e tem novidades do mundo de SP tbm no blog

    ResponderExcluir
  3. Oi Tina, eu adoro a Roseana, tenho todos os livros dela! Esse poema é lindo!
    Um setembro repleto de flores e passarinhos e brisas suaves para você e para todas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Tina
    Gostei do verso das cifras...
    Que os sentimentos bons estejam presentes em seu coração no próximo mês!!!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  5. Um gosto bom de agosto para mim também; um presente feito florezinhas amarelas esquecidas, ou não, pelo caminho!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Tina
    Gostei muito do seu blog. Já estou te seguindo.
    Venha conhecer meu cantinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Também tive um bom fim de agosto, mês que tanto gosto.
    Bom setembro inundado de miudezas pra você.

    ResponderExcluir