22 de agosto de 2014

Dos pés

Clica aqui para ver a matéria da fonte da imagem
"É no chão, onde tudo floresce
Hoje, você é pó
Amanhã, flor"
Bruno de Paula
Trabalhei em uma loja de sapatos e abaixava, ajoelhava, me curvava para calçar sapatos nos pés das pessoas que bem podiam fazer isso sozinhas na maioria das vezes e passei a tirar essa tarefa dos outros em minhas compras de sapatos e a observar a tarefa de calçar Cinderelas (rainhas, reis...) como um gesto de humildade, sem a percepção disso por parte dos outros e a reflexão de que, sapatos , são peças tão comuns, que temos vários pares e muitos só tem um único par, outros não tem nenhum.
Já que o assunto são pés calçados e descalços, eu adoro andar descalça em terra, grama, areia, mas nada de calçar o que quer que seja depois sem limpar o pé. Devia ter praças onde a plaquinha dissesse: pise na grama, para terapia pública.
Gosto também de sentar em bordas de piscinas, colocar os pés dentro e balançar e no vai e vem de pés e histórias tenho uma de um curta que vi numa seção onde passaram alguns da produtora que meu irmão faz parte. A história era em uma escola num lugar bem pobre, chão de terra batida e em todo o filme via-se apenas as pernas e pés das pessoas ao som dos burburinhos de uma sala de aula. Alguns alunos calçados com sapatos, outros de chinelos, uns descalços e a professora com saltinho baixo. No final da história na entrada da sala havia uma caixa cheia de sapatos para todos calçarem antes de entrar. Valia, pensei e hoje resolvi compartilhar meu achar, que tivesse também uma vazia para quem estivesse calçado lá seu parzinho deixar.
Uma sexta de pés no chão, cabeça nas estrelas, humildade, brisa boa, folclorices, sorrisos soltos, abraços longos, afeto sincero, paz e bem.

9 comentários:

  1. Lindo post e adoro na praia andar de pés no chão.Gostei do enredo do curta e realmente, caberia uma caixa vazia... Lindo fds e tudo de bom por lá, onde , se enxergarem uma joaninha gorducha, sabem que sou eu que me teletransportei,rs bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Fui lá na Fiama, e adorei os itens...Tudo legal lá! mas não tem como comentar ou a cegueta não viu?rs bjs

    ResponderExcluir
  3. oi Tina

    Pés no chão remete a uma liberdade gostosa, e a um contanto direto com a natureza, eu gosto. Não suporto sapatos que ficam apertando o meu pé.
    Os pés tb clamam por liberdade rs...

    bjokas e um doce fds pra vc =)

    ResponderExcluir
  4. Bem verdade tudo que li, eu no entanto nunca tive uma boa relação com meus pés, mesmo morando em cidade pequena campo, nunca andava de pés no chão, semre de meias e sapatos, diz minha mãe que exagerava no cuidado com medo de eu morrer, por ser a primogênita depois de uns filhos natimortos. Bem meus pés sempre achei feios, mesmoq ue tamanho pequeno, mas dedos arredondados que as amigas chamavam cabeça de cobra etc... Dai não usava salto devido joanets, não mostrava muito devido os dedos estranho e por fim já adulta depois de um acidente lesei nervo ciático e perdi o movimento de "dos" do pé direito pois na fratura rompeu e assim hoje convivo sem poder correr, dançar, e sinto falta de tudo isso.

    ResponderExcluir
  5. Tina, que assunto original esse, isso é que blogueira!!
    Olha, eu não gosto que me ajudem a me calçar em lojas de sapatos, nunca gostei. Justamente pelo que você comentou: eu posso muito bem fazer isso sozinha, me sinto sendo "servida" demais e não acho legal...
    Odeio andar descalça, mas adoro essa coisa da borda da piscina, hummmmm (saudades de Salvador!)
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Gosto de pisar no chão gelado depois de ter confinado meu pé o dia todo, mesmo sabendo que isso pode me causar algum resfriado. Acho uma sensação única. Não ligo muito pro resfriado. Alguns hábitos nossos são muito mais prejudiciais e não fazemos questão alguma.
    Tô de volta. Bom fds!

    ResponderExcluir
  7. Você me fez lembrar um do causos que minha mãe contava. Ela tinha um tio que tinha 11 filhos e o dinheiro não dava nem para a comida quem dirá sapatos. então ele comprava um par para dois filhos. Cada um calçava um pé e o outro pé punha uma faixa como se estivesse machucado... Para tudo se dá um jeitinho, né?
    Mas adorei o post
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Tina, beijinhos no seu coração! As nossas sempre- vivas estão lindas e cheias de botões. Um lindo final de semana!!
    Beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir
  9. Não sei andar com os pés no chão. Tenho "gastura" tenho que arrastar um chinelinho.

    ResponderExcluir