10 de setembro de 2014

Circulante

Foto de minha amiga Gê Visacri
Um meio círculo inteiro de beleza e uma fotógrafa inteira de talento
“Já vi borboletas voarem faltando um pedaço da asa
E rosas incríveis desabrocharem num copo d’água"
Recorte de uma filosofia poética de Marla de Queiroz que colhi aqui
Há tanto no pouco, nos pequenos gestos, nas pequenas coisas. Se observamos na natureza, nos acontecimentos, nas histórias alheias, sempre há lições de superação, adaptação, coletividade etc.
Comentar o que vemos além do que se vê, incentivar o olhar, a audição, o tato apurado, sugerir leituras, canções, intervenções, interações. Falar de algum evento que vai acontecer e não dá para gente ir ou não nos interessa mas sempre interessa a alguém, que vai ser onde você conhece muita gente, divulgar um trabalho sem nenhum retorno aparente por isso, uma imagem, um nome, tudo isso é um fazer circular, é um vai que volta de alguma forma eu acredito.
Eu já contei por aqui que meu filho desde bem pequeno ia numa antiga biblioteca pública, onde morávamos, no bairro onde nasci e cresci, a Biblioteca Monteiro Lobato. Já falei também da minha paixão pela Emília e paridades de personalidade, bem como candura por Dona Benta, Tia Anastácia (desejo de seus bolinhos de chuva), de meu gostar do Saci e para resumir, do gostar de todos os personagens, até da malvada e pirada Cuca, com reconhecimento do valor de todos esses personagens, das histórias e do conjunto da obra atemporal desse poeta escritor.
Clicando nas notícias literárias que sempre tem aqui na lateral do blog (abaixo no lado esquerdo), que as vezes penso que clico mais que os passantes, descobri que tem um município em São Paulo com o nome de Monteiro Lobato, bem como deve ter pelo Brasil afora nomes de bairros, praças, escolas etc. Clica aqui para ler a tal notícia e se for de SP ou passar por lá, participar do Festival que vai acontecer a partir de amanhã, ou lê a notícia e vê a programação quem for da área de educação para se inspirar ou quem quer que seja (pais, tios, avós) inspirar educadores na produção de dinâmicas e trabalhos made in Monteiro Lobato.

7 comentários:

  1. Que foto linda da Gê!

    E tu sabes sempre fazer circular coisas boas, boas novas, acontecimentos, coisas lindas que gostas. Compartilhas e sempre recebo com alegria! E esse festival deve ser lindo.Sempre gostei do Lobato(menos das suas sobrancelhas,rs...Me davam e até hoje, medo)

    Gostei da programação por lá no domingo, com Toquinho! Que seja sucesso! bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Tina,
    espalharmos boas novas, convites interessantes, aspectos positivos são primordiais lembretes para enfeitar-se os dias, nossos e dos demais leitores.Faço como vc, mesmo que não tenha chance de desfrutar do acontecimento, ainda assim o anuncio, outros poderão aproveitar.
    Lobato faz parte da minha memória leitora afetiva e vale sempre a pena.
    Bons proveitos no passeio.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Oi Tina,
    Que bom é está aqui.
    Ainda bem que “a amizade é um amor que nunca morre”.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Tina

    Eu adoro o sitio do pica pau amarelo, foi tema da minha festa de 1 ano e sabe eu tenho um relances de lembranças.


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Oi Tina,
    Fico feliz que tenha gostado tanto assim do post, para mencioná-lo aqui. Obrigada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Há tanto em pequenos gestos como divulgar um blog, incentivar outro a retornar. Tão simples e faz tão bem!
    Cá, temos também uma biblioteca Monteiro Lobato! bj.

    ResponderExcluir
  7. Tina, sempre compartilhando e divulgando coisas boas!
    Menina você é um encanto!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir