16 de setembro de 2014

Para fazer chover

"Não é preciso falar de amor para se transmitir amor
Nem é preciso falar de dor para transmitir o seu grito"
Bem dito por Manoel de Barros
Emendo dizendo que não é preciso falar de preconceito para tratar o tema
É preciso não falar em cor para fazer ser a cor o que menos importa
É preciso educação, cultura, integração
"Assim como a lua tem muitas faces
No mundo, por vezes, faz inverno e outras vezes faz verão
Não podemos sempre estar felizes"
Ombela
Eu vi numa revista de uma certa livraria um livrinho que me encantou por esse trechinho acima, pela capa, pela descrição do conteúdo com referência a um assunto que eu já havia publicado aqui e que foi o da publicação de ontem. Ai juntei meu gostar e ter como que para adultos muitos dos livros infantis e cá está uma resenha e indicação pelos recados, pela filosofia, poesia, conhecimentos dispostos nas entrelinhas, pela beleza e simplicidade de Ombela, nome de uma Deusa que aprendeu a fazer chover usando as suas lágrimas e que aprendeu com seu pai que há hora para sorrir e hora para chorar e que suas lágrimas doces e salgadas podem encontrar lugares para ir e nutrir (a ela e ao mundo) todos os dias. 
Ondjaki é o nome do escritor, prosador e poeta, nascido em Luanda. Rachel Caiano é o nome da ilustradora e artista plástica, nascida no Brasil, que com formação em artes de palco dá um show a parte nas suas ilustrações. Uma lindeza o livro que foliei mas não comprei, foi para minha lista de desejos e veio para cá, como indicação.
Veio também e muito para cá, por conta da proposta da editora, que lançou o selo chamado de: Pallas mini , esse ano, com livros infantis tão delicados e interessantes quanto Ombela e que viram para cá em posts individuais, uma vez que achei ficariam perdidos dividindo espaço hoje com essa publicação única para tantas indicações.
A editora dedica grande parte de seu catálogo aos temas afrodescendentes, não por acaso ou sem cuidado, conscientemente, imprimindo nos livros o interesse pela valorização e conhecimento das raízes culturais africanas, cientes da escassez no tema, da falta efetiva de registros didáticos ao paradidáticos das tradições, lendas, costumes, religiosidade, filosofias, personagens, personalidades, pequenezas e grandezas africanas e da importância de tudo isso como parte de nossa nacionalidade, de nossas crenças, hábitos, referências.
Postagem para  fazer chover livros desse tema dentre os livros lidos por quem me lê, por crianças, adolescentes e adultos, para fazer chover pessoas que não vêem a cor da outra como rótulo de nada. Uma divulgação da Pallas e seu trabalho, de outras editoras menos pops, de bons escritores e ilustradores, populares ou não.
Para arrematar, mais uma lista aqui (com livros no tema de ninguém menos que Mia Couto). Oxalá que sejam lidos, que tenham exemplares nas livrarias e nos sites disponíveis, que sejam resenhados, divulgados, que chovam escritas, boas práticas, mistura como cura, africanidade como presença rica e forte em nosso país e mundo a fora, nas alegrias e tristezas, no que comemos, nas danças, nas estampas e nos livros, no reconhecer e valorizar das personagens e personalidades, da cultura da história já escrita e escrita em cada canto por esse povo que é nosso, que somos, como somos índios, orientais, indianos...universais.

7 comentários:

  1. Tina, adorei o trecho em destaque e a OMBELA e suas lágrimas, tão bem ensinadas pelo seu pai... É tão importante esse teu trabalho de divulgação de livros assim e adorei a lista.Todos parecem muito bons e essa leitura só pode fazer bem.Acredito ainda que os adultos é quem mais precisam pois as crianças de hoje já tem olhar bem diferente.Convivem muito melhor com as diferenças de tudo, já sabem que somos todos UM! bjs, lindo dia! chiuca

    ResponderExcluir
  2. oi Tina

    Gostei da indicação, vi que as ilustrações do livro são lindas e a história parece fascinante.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Tina, fiquei com vontade de ler e conhecer Ombela!
    beijinhos e feliz dia Pedrinho

    ResponderExcluir
  4. Ótimas indicações...bjs

    ResponderExcluir
  5. Tina excelente e necessária divulgação de títulos e da editora que não ganha grandes ( e talvez ) nem pequenos espaços nas livrarias, fazendo-nos desconhecer sua existência e riqueza.
    Alguns dos títulos eu já li, ou melhor "assisti" num programa do canal Futura que vou sugerir a você que procure e assista a um pelo menos, tem A menina bonita do laço de fita, Nito...
    Procura no youtube por Livros Animados.

    Querendo lágrimas de chuva por aqui... Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Que dicas maravilhosas por aqui! Alguns eu já conhecia,outros ainda não e já vou colocar na minha listinha. BJS,

    ResponderExcluir
  7. Obrigada por compartilhar estas sugestões. Vão entrar para a minha lista.

    ResponderExcluir