3 de setembro de 2014

Sobre asas e estrelas

"Asas não envelhecem"
Recebi a recomendação de uma amiga, de um texto em homenagem ao apassarinhado e celeste Rubens Alves e me encantei com a candura e afeto das palavras, tanto que internalizei essa definição que está na legenda da foto, pois achei pura poesia, filosofia e com total sintonia com a pose, minha e de Júlia, no Parque Trianon em São Paulo, um passeio muito divertido que culminou em gangorra e balanço, não contando o escorrega pois ao esticar as minha pernas eu dava de cima ao fim dele. Desci mesmo assim, com as pernas encolhidas, mas desejei fosse possível abrir os braços como asas e descer até eu desejar parar.
Clica aqui para ler o texto da autora dessa linda frase, conhecer um pouco ela e seu blog que eu ainda nem conheço, mas resolvi trazer para cá e também linkar a minha singela homenagem quando o passarinho Rubens virou estrela, ver aqui e também uma outra publicação com asas e pó estrelar dele aqui.
De arremate segue uma explicação recheada de humildade e senso de coletividade que ouvi na viagem de ônibus do final dessa minha ida a Sampa, indo para o aeroporto de volta para Salvador, na tv que tinha no coletivo. Sempre faço referências e recomendações de quem conheço e de quem não conheço, quem reconhece e quem não, sem nenhum sobressalto de dividir o meu palco, pois como na explicação que citei, creio e pratico a teoria de que se a gente olhar para o céu nunca vai ver uma estrela sobre a outra, a espaço para todas, muitas, infinitas e cada uma pode brilhar igual a outra.

12 comentários:

  1. Tina, que linda foto, bem sugestiva. Devem ter sido muito divertidos os momentos com essa turminha por lá! Gente querida que nos conquista mesmo sem ver ao vivo!

    E quanto ao blog da Leila, em suas PALAVRAS, gosto muito dela, de lá estar e sempre aprendemos algo por lá! Encantadora essa homenagem citada aqui. Quanto ao final. quanto mais dividirmos espaços, mais nos sentimos bem! Há, realmente, lugar pra todos! bjs, chica e lindo dia!

    ResponderExcluir
  2. Tina

    vc ta loira é? Amei lindona.
    Veio pra Sampa, que pena que já voltou.


    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguindo a máxima de que mulher não fica velha fica loira amiga Bell :)

      Excluir
  3. Amei o post Tina, e a foto está linda.
    Vou guardar esta frase com carinho, precisamos nos lembrar disso sempre!
    Bjs
    P.S. Mandei o post para o seu e-mail, tá?

    ResponderExcluir
  4. Eu tb estou loira já um tempo pelo mesmo motivo hahaha

    Qdo vier pra cá avisa, vou adorar te conhecer.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Concordo com vc. O sol brilha pra todos, uso muito essa frase!!
    E que foto mais linda <3 <3
    2 gatinhas <3
    Adoro um parquinho... não posso ver um balanço que já viro criança <3

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  6. Duas meninas voadoras lindas, de asas cristalinas! Que foto mais legal,Tina! E não sabia que estava por aqui,nessa terra de doidos!...rss...adorei o seu texto e a Leila eu tb adoro e sou fã de seus escritos. bjs,

    ResponderExcluir
  7. Lindas voando na imaginação. Que saudades do parque Trianon, minha Alice adora o parquinho e brincar muito nos piqueniques que fazíamos. bjs

    ResponderExcluir
  8. Há espaço para todas as estrelas. Pena que algumas insistem em fazer o contrário... Que Deus ilumine todas!

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
  9. Que lindo o texto da Leila para Rubens Alves e a foto de vocês , bárbara! voar, criar, ser feliz...assim os passarinhos que estão ao nosso lado também criam coragem! bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Tina, muito obrigada por me colocar aqui neste espaço seu tão bonito e tão acolhedor. Obrigada mesmo! Fiquei muito feliz!

    O seu blog é lindo e tem uma energia muito boa!

    Conheço muito poucas pessoas que tem o desprendimento de divulgar textos, trabalhos ou vídeos de outros. E você faz isso com naturalidade.
    Isso sim é evolução!

    Muito bom conhecer seu blog! Voltarei sempre!

    Abs

    Leila

    ResponderExcluir