27 de novembro de 2014

Das afirmações

Temos que ouvir cada coisa, sempre digo essa expressão e exclamei ela ao ouvir uma personalidade que admiro, sempre leio suas colocações, textos, já vi vídeos de explanações suas sobre temas sociais e humanos, dizer que nunca o passado é melhor que o presente. Esse nunca matou tudo, eu na hora cochichei comigo mesma. Bem podia ela dizer isso se antecedesse a premissa do eu acho, eu penso, eu defendo, ou trocasse o nunca por geralmente, enfim! Eu acho que o passado pode ser melhor que o presente, que saudosismo, nostalgia, reminiscências são saudáveis quando são aceitas como raízes, como que porque não ser o melhor que tivemos e que viremos a ter, ou algo sem igual.
Se rebobinar faz bem para alguém, vale rebobinar, passear no passado, se alimentar dele, acho que não vale é ficar preso, viver totalmente fora do tempo presente. Penso é que tem que ter um pouco de tudo, tem que ter olhos no futuro, olhadelas no passado, pés e asas no presente, ser à moda antiga e das modernices. Nada com medida ou receita igual para todos mundo, porque cada cabeça é um mundo e coração é terra que ninguém passeia reza o dito. Cada um a seu modo, na sua velocidade, com seus gostos, dentro de suas necessidades.
Afirmações genéricas, rótulos, verdades incontestáveis é de última, proferir sendo um formador de opinião, educador, estudioso ou profissional dos comportamentos, sintomas e patologias humanas é irresponsável, arbitrário. E tenho dito! E tenhamos nossas opiniões formadas e quiçá reformuladas.

5 comentários:

  1. Concordo contigo que esse NUNCA na frase mudou muito! Podia não ter aparecido! Ao nos comunicar temos que ter cuidado sempre. E ainda bem,temos a capacidade de ouvir e questionar. Não engolimos simplesmente! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. oi Tina

    as mudanças vem com tudo, e a gente precisa se adaptar, nem todas são agradáveis, mas se a gente não se adequa ficamos cafonas e ultrapassadas.
    Adorei a imagem, lembrei do meu walkman (vermelho) e das minhas fitas rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Oi Tina, você está bem? beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir