24 de novembro de 2014

Foto de família
São quatro pares de sapatos que moram nessa caixa. Postei foto deles essa semana no Instagram. Minha mãe guarda um de cada filho, dos tempos dos primeiros passos. Eu, provavelmente gosto de sapatos vermelhos por continuidade, além desse par, tive um de uma história clássica, contada e recontada de minhas birras e teimosias congênitas. O tal tinha um lacinho grudado do lado e eu um dia empaquei que não saia se minha mãe não revirasse o laço. Não revirava e não fui.
Os dois sapatinhos de ponta cabeça nessa foto, que dizem não pode, tipo faz mal, que nem bolsa no chão, segundo várias recomendações, por vários motivos descabidos e crendices que obedeço, são de meu irmão e meus. Revirei eles pois estacávamos no quarto de nossa mãe num momento remexer nas coisas e reparei nos solados. Os dos meus, sujinhos gastos, com a região do dedão mais gasta que o restante desde os primeiros passos até hoje e os dele branquinhos, limpos, quase sem uso tipo pneu novo. Pensei no ato: coitado do pobre, carregado o tempo todo, ninguém pousava ele no chão. Tudo na vida tem uma explicação e eu cá com meus botões pensei não queria ser ele pássaro preso, não gosta dos tais mimos, por isso hoje não para quieto, não tem pouso certo.
Olhinho de canto para o piso da casa de minha mãe, de madeira, que denuncia ao rangir qualquer ir ou vir. Imagens e histórias de família, por valorização, memórias, registros. Muitos passos por bons caminhos, colinhos, carinho, paz e bem.

5 comentários:

  1. Que amor a foto e tudo que ela nos mostra dos donos dos pezinhos que usaram os sapatos. Cada um com um temperamento, isso é normal e saudável ! Adorei! os daqui de casa eram faltando pedaços nas pontas, estrabulegados ao cubo,rs beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Essa caixa guardadora de sapatos e primeiros passos é um verdadeiro tesouro!
    Já tinha me emocionado ao ver lá no insta; agora, com esta descrição ficou ainda mais belo uma birra, um colinho, um cuidado de mãe!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Tina

    Lembranças que marcam.
    Eu ouvi tanto da minha mãe que não pode deixar o sapato virado e a bolsa em cima da mesa rs....
    Automático como essas coisas a gente ouve e qdo vê lembra rs...


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Um amor de registro. Eu guardo sapatinhoe roupinhas de Alice hehee, mas ela sempre pega e coloca nas bonecas, espero que dure até ela ficar moça. bjs e tem novidades no blog

    ResponderExcluir
  5. Adorei a foto, o texto, as lembranças da nossa infância...e não é que essa "leitura" do solado faz sentido? Mas ai começei a andar descalço e já viu né? rsrsrs

    ResponderExcluir