23 de fevereiro de 2015

Povoezices

Foto que tirei na Casa de Iemanjá mo Rio Vermelho
Com sol e chuva
“Axé pra lavar
Benzer pra curar
Tambor para agradecer”
Post para saudar 
Deixei o assunto carnaval passar um pouco
Para trazer para cá uma estrela baiana
Do tipo com luz própria
Que brilha de noite e de dia
Que não é de se exibir
Uma estrela tipo de lona de circo
Um cantor poeta
Príncipe rei
Que rima, reza e poetiza nas suas canções
Escreve e declama poesias na avenida em pleno carnaval
Em seus shows, em entrevistas
Sorriso contagiante
Amor à Bahia pulsante
Povoesia, palavra inventada e encantada que ele agora semeia
Simplicidade
Simpatia
“Todo mundo igual
Todos de tambor
Todo mundo junto
Rubro negro, Tricolor
So-te-ro-po-li-ta-no”
Saulo
Salvador
Quem sabe um projeto juntos
Uma canção, um qualquer dia
Com o povo
Com poesia

7 comentários:

  1. Que linda homenagem ao Saulo e sua povoesia. A poesia, sem dúvida deve estar e está presente em nosso dia a dia.basta deter mais o olhar nas coisas e nos caminhos da vida! bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Concordo com a Chica.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Tina Flor das Laranjeiras! Texto alegre e cheio de amor, lindo, parabéns!!!
    Beijos e desejos de uma ótima semana em sua casa perfumada!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da foto e do lindo texto poético..
    Beijos,
    Élys.

    ResponderExcluir
  5. Axé pra lavar! Amo isso, a purificação pela água, pela poesia, música, ritmo, povo junto.
    Amei a imagem! beijo

    ResponderExcluir
  6. Começando a semana abençoada e de alma lavada.

    ResponderExcluir