29 de março de 2015

Nascida e criada

Foto da Casa de Iemanjá no Rio Vermelho
Tirada em fevereiro
Para saudar Iemanjá
E ela hoje cá está para o dia colorir e abençoar
Para dar ares e poesia de mar
Para Salvador saudar
Odoiá
Vivo
Amo
Declamo
E reclamo
Porque amo
Caribé disse ao ser perguntado se era baiano
Que não mereceu
Merecia sim
E toda sexta como diz a canção
Todo mundo é baiano junto
Toda conta
Toda renda
Todo mundo é soteropolitano aos domingos
Em toda praia
No desejo de acarajé
No subir e descer ladeiras
Reconvexa alegria
Fonte de utopias
Dama de riquezas e belezas
De gentilezas
De axé
Cultura e magia

5 comentários:

  1. Linda homenagem à Salvador,Bela saudação! Lindo domingo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Porta e janela azul feito mar, feito vestido de Iemanjá!
    Odoiá!

    ResponderExcluir
  3. Oi Tina, uma linda casa azul! beijinhos Pedrinho

    ResponderExcluir
  4. Ai, Adriana que delícia te ler! Essa homenagem é especial, não? Parabéns à Salvador! Quero estar aí um dia! A imagem está linda! Meu mega, super abraço!

    ResponderExcluir