25 de março de 2015

#pfv #porcrescereaparecer

Eu se não falar morro como diz meu marido. Tão entalada que resolvi postar a noite. O assunto é Instagram, legendas, likes e comentários, que virão para cá em outros posts já programados (amanhã o zap vai puxar a prosa), pois as redes sociais e os comportamentos antissociais é assunto recorrente em todo canto.
Aqui em casa tenho um adolescente, na casa da cunhada outro, nas margens deles tantos outros, na casa de amigos e blogueiras vizinhas tem alguns de quem sei e vejo posts e comportamentos do tipo adolescentes, já fui adolescente e apesar da memória ruim para algumas coisas, lembro bem, que se não há com o que se aborrecer, se inventa, é uma rebeldia latente, com espaço de sobra em uns e diminuto em outros para leveza, afagos, humor, delicadezas e afins.
E eis que estou quase cortando os adolescentes por idade cronológica e os por idade mental e/ou comportamental de meus perfis. Tem uma de não é blog o Insta, nem Face, não é para comentar é só para curtir. No estilo bater roupa e boca de lavadeiras: Tá escrito onde para que é? Onde estão as regras de uso? Se não fosse para comentar não tinha a opção, é uma OPÇÃO, dar like ou não, comentar ou não, recomendar ou não #seliga #copiou #helooou #capitãoóbvio #nãosabebrincarnãodesceproplay.
Não quer comentar, okay, mas receber comentários e apagar é tipo assim falta de educação, é ser ouriço, ser esquisito no sentido feio da palavra. E isso de querer ser pop, famosinho, querer se fazer de o popular, a sexy é da vontade de alguns, tudo bem, mas tem limites também, tem o tom do ridículo e tem quem tenha quem alerte e ignora.
Ditar normas ao uso que eu faço do meu Instagram ou blog ou Face é algo fora da casinha #desculpatá e #nãodápraser. Eu não digo aos ditos adolescentes o quando é ridículo pedir likes, sdv (seguir de volta) nem peço like ou comentários nas fotos que marco eles, não ligo se não comentam, sabendo são gestos de carinho, faço o que sinto e minha parte, cabe a cada um a sua. Já é adolescente para ser livre querer isso e aquilo, é para ser maduro, sociável. 
Não posto, nem comento nada do tipo brega ou vergonhoso, porque tenho noção. E é por essas e outras que desejo, que nem o Vampiro Brasileiro, uma vingança maligna de que tenham esses cheios de ses, uma namorada, amiga, tia sem noção, tipo noção menos cinco. Surgida sei lá de onde, que a avó faça perfil, o pai e ainda que apaguem os comentários, repostem mil vezes e marquem todos os colegas, que publiquem fotos da infância nus ou vestidinhos de fantasias e roupinhas micosas para parar de serem #chatos #ouriços #semnoçãoachandoqueosoutrossão.
E aos adolescentes que tem educação, moderação, filtro, doçura, que respondem, agradecem, não apagam, não tem frescuras e regrinhas e normas #xatas, meu abraço, com pulinhos, selfie, poema e letra de música copiada e colada, carinhas, corações e emoções, porque se comentei ou se só curti o importante é que emoções senti, dividi, colhi e como meu insta é meu, faço o que quero e como quero, inclusive #desprezo pra vê se crescem. E tenho dito!

9 comentários:

  1. Ah Tina, eu de Instagran e Face não entendo, me recuso a ter.
    Prezo demais o meu tempo e o blog já o consome demais.
    A vida é curta amiga, não gaste sua energia ficando chateada com isso não...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me aborreço tipo quero morrer não entendendo certas coisas, nem aceitando, para não entrar na alienação
      E o desabafo é "só" para dar cutucadas, sacudidas de roseiras, diretas e indiretas, porque sou dos beijos e dos puxões de orelha
      Bjs querida, só beijos pra vc...rsrsrs

      Excluir
  2. Que o último parágrafo contagie os demais.
    E eu na torcida, com figa feita com os dedos para um namorado ou namorada tresloucado em comentários esbanjadores de palavras. Pai, avó, tia apertando as bochechas em comentários virtuais.
    O que poderia ser legal, integração, socialização, tá mesmo ficando chato.
    beijo e desejo de boa noite!

    ResponderExcluir
  3. É f... mesmo! Tenho filha (16), sobrinho (18) e sobrinha (13) e não to nem ai. Comento mesmo! Lindinho da titia, bem pra esculhambar mesmo. Talvez eu seja um pouco sem noção... Sou nada! Ridículo é quererem controlar a nossa maneira de se expressar! A liberdade de expressão e para todos, desde que não ofenda ninguém que mal tem? Não da para não ficar com raiva, mas tente se acalmar, fazer algo que goste para tentar digerir a situação. É difícil, mas a relação com adolescentes é assim mesmo, ao mesmo tempo prazeirosa e espinhosa. Só acho... Hahaha!
    Beijo

    querendoserblogueira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Tina, gostei da explosão e desabafo e esses puxões de orelhas valem sempre! Apagar comentários é dose,rs... E quem pede pra seguir, detesto e dou um sumiço.... bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  5. oi Tina

    Mtas pessoas não fazem bom uso das redes, de face eu não entendo pq não tenho ( e sinceramente é a minha opinião), acho que as pessoas se expõe demais, e esquecem que ali tem um monte de gente lendo e vendo o que vc faz.
    Que se não é para postar nada educativo ou que vai acrescentar na vida de alguém melhor nem postar.
    Pq a realidade é que muita gente usa para mostrar uma vida que não tem e postar indiretas que não tem coragem de falar na cara.
    Ah a boa educação tb parece que não faz parte das redes,inclusive do zap (recebo cada mensagem sem noção), e penso o que será que essa pessoa que me mandou esse lixo pensa de mim?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Ainda vamos ter muitas decepções e arrependimentos, até que as pessoas encontrem o meio termo, o bom senso e a educação. Mas é preciso falar sim, pelo menos tentar ensinar alguma coisa para as cabecinhas sem controle de regulagem ou filtro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Tina querida! E eu achando que essas coisas eram só comigo hehehe. Tens toda a razão. Princípios, educação social e de conduta não tem idade, ou sejam são adultas desde criancinha e temos que aprender a usá-las. O "estar invisível" (se é que na web há invisibilidade, não é?) não permite a ninguém desfazer-se de bons modos, delicadezas e decoro.

    Concordo mesmo com tudo o que colocou na crônica.
    Beijos mais

    ResponderExcluir
  8. Olá Tina, entendo bem o que falou... Sinto muito em ver o comportamento dos nossos jovens e adolescentes, estão ficando cada vez mais sem conteúdo pra não dizer tantas outras faltas, é aquela coisa a tecnologia avançando em todas as áreas e o ser humano decaindo... realmente uma lamentável, mas não vamos ficar de braços cruzados vendo tudo isso e sempre que for preciso fazermos algo para ajuda-los a serem melhores como pessoas.

    ResponderExcluir