27 de abril de 2015

De missi

Missi é como chamo grampo de cabelo, que deve ter outros tantos nomes por ai. Venho algumas vezes, com vários deles no cabelo do salão, quando resolvo querer cachos nas minhas escorridas madeixas (fossem cacheadas teria querer de alisar #mulheres).
Subo uma considerável ladeira a pé no estilo Dona Florinda, para diferenciar, venho de óculos escuros (muitos risos), passo na padaria e se marido vai me buscar eu faço carão de a bonita e para os olhares alheios, total descaso, como diz quem não tem papas na língua #eu, ninguém paga minhas contas.
Da última vez a moça colocou grampos dourados longos e lindos e lembrei que usei muitos dos curtinhos e pretos comuns em penteados para ir pra escola. Sem camuflar, a mostra, as vezes um cruzado sobre outro para não deslizar e desfazer o coque ou voltinhas laterais. Esse estilo cruzado, feito por minha avó em dias de poucos amigos, rendiam achar que os missis estavam lá após tirar. Usei também muitos laços de fitas, dessas que vendem em armarinhos e que se enfeita presentes, dos presentes inclusive e também, pedaços de elástico cortados de uma peça inteira sempre presente na máquina de costura ou caixas de aviamentos de minha avó e mãe, usava feito aro, amarradinho na ponta, sem enfeites e como se diz por aqui, tirando onda.

10 comentários:

  1. Eu nunca tive afinidades com missis, que aliás, nome pomposo feito um bom coque alto!
    Mas, suas lembranças e embelezamentos me fizeram lembrar que, quando eu era criança, ajudava titia a embelezar minha prima. Eu abria as mãos com os dedos bem estendidos, titia colocava em cada um dos dedos grampos abertos e ela fazia a tal touca ( sempre achava aquilo sofrível ) no cabelo da filha pegando os grampinhos de cada um de meus dedinhos. Depois era só voltar lá para umas três da tarde que estava na hora de virar a touca e o ritual dos meus dedos se repetia!
    Acho que naquela época não existia missi dourado.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A touca desse ritual era com meias também, além dos missis ?

      Excluir
  2. Não conhecia esse nome,Tina! mas conheço e muito usei os grampos grandes e pequenos pra alisar minha "crina",rs...

    beijos,tudo de bom, linda semana! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui, fazer touca, se chama: fazer nero
      E nem usa missis
      Enrola o cabelo em espiral sobre a cuca e põe um pedaço de meia calça de festa dada um nó na ponta por cima, com jeito, para segurar e assim pranchar os rebeldes rsrsrs

      Excluir
  3. Vc é linda e deve chamar mais atenção qdo assim rs...


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Também não conhecia por esse nome! Eu e minha irmã usávamos os grampos para fazer touca. Lembrei que também passávamos o cabelo a ferro quente.Não sei como não ficamos carecas.
    Tina, ainda estou sem PC!
    Beijos e feliz semana!
    Amara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondi no comentário de Chica sobre a touca para responder no seu sobre o ferro rsrs
      Sobrevivemos e nossos cabelos ttambém, prova de que o excesso de frescuras da modernidade são excessos de fato
      Eu fiz mecha com papel crepon molhado e espremido e cachinhos fazia com papelote, sabe como é?

      Excluir
  5. Tina, a touca era só com grampos e depois um lenço de seda dobrado em triângulo para dizer: aguarde, em construção!

    ResponderExcluir