18 de abril de 2015

Falas belas

Das referências de frases e textos bonitos que eu sempre gostei de ler, copiar, decorar, estão as filosofias, poemas, histórias de Miguel Falabella ao final do Programa global vespertino Vídeo Show e meu bem querer por Cissa Guimarães e por seu programa na GNT e livro "Viver com fé", meio que vem da minha época juvenil de telespectadora assídua do programa, além de por ser ela ariana.
Referências e memórias afetivas, afinidade com pessoas falantes e além de alegres e alto astral, diretas, tipo agridoces, que é como vejo eles e seus posicionamentos além dos personagens.
Vim aqui para fazer meus votos de que siga por muito tempo o Miguel na sua volta ao final do programa, a Cissa também, que aniversaria hoje, com suas entrevistas mais humanizadas que ensaiadas.
Que durante a semana na hora do almoço, para quem almoça tarde, na rua onde tem tv, para quem tá em casa, para quem fuça o que passa, as mensagens de reflexões que voltaram ao final do programa. Com um salve ao bicho inquieto das reflexões, filosofias, poemas, histórias, pessoais e coletivas. Pequenos pensamentos, palavras que sacodem a alma da gente sem grandiosidades, palavras e autores de tempos diversos, de diferentes religiões, estilos, assuntos. 
Filosofia, disse Falabella, no dia em que fez sua primeira nova aparição no programa, devia ser vendida no mercado, estar em tudo que é prateleiras. E eu que sou do tipo Mundo fantástico de Bob já imaginei frases nos sacos de arroz e feijão ou enquanto o letreiro não pisca o número do caixa, quadradinhos com palavras de ordem: Paz! Leia mais! Você já sorriu hoje?
Se não sorriu sorria, se não viu ele de volta no programa e via, vale a pena ver de novo. Vou ficar por aqui hoje. "Beijo muito carinhoso, fiquem com Deus e até amanhã!"

2 comentários:

  1. Lembro do Falabella nesse programa, de onde ele nunca devia ter saído.Sem ele a graça pra mim perdeu.nem olho mais,rs bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele está por lá agora de novo Chica
      Bjs e valeu por cortar a fita dos comentários

      Excluir