15 de abril de 2015

Not nice

Essa prática de troco likes e me siga que sigo de volta é além da minha natureza. Os adeptos que me perdoem e me xingariam se soubessem (agora vão saber) que só na semana passada, recusei que 5 pessoas me seguissem no Instagram. Quatro completos estranhos e uma pessoa conhecida que tipo não quero que fique olhando minhas fotos, legendas, vida, o tal do filtro, intimidade (difícil muita gente entender o valor disso).
Uma curtida espontânea é legal. Um seguidor novo, que resolveu te seguir porque achou sua conta interessante, tem afinidades, é legal. Mas likes para promover ou se autopromover é um saco! Você já parou para refletir o porquê de as pessoas andarem tão desesperadas por notoriedade? Me pergunto isso. Será carência? Falta de amizades reais? Isso é bastante preocupante. A pessoa posta uma foto no Insta e na sequência te manda um recadinho no Whats: Ae, acabei de colocar uma foto. Curti lá pfv (por favor, porque td é sigla, resumo e emotions e se vire para traduzir). Sério isso? 
Socialização virtual para jovens que tem muitos amigos reais e para os que tem poucos ciclos de convívio real, pela profissão e para comercialização de produtos e serviços, tudo bem (com podas), mas pedir para ser seguido e seguir tipo por coleção, cota, troféu se não é carência, falta de recheio, do que fazer, é falta de disposição, talento ou criatividade em postar coisas interessantes para ter likes voluntários, ou se não tiver, isso não interferir na auto estima.
Não curto, só comento em várias publicações e sei quem não gosta e muitos não gostam, dispensam (tipo às vezes apagam o comentário, sabe Luisa - recado para minha sobrinha que tem uma tia fã e amiga, que tem blog e ela não lê, não segue, nem comenta, segue e sempre curtia tudo no Instagram, mas agora tá sem tempo, sem saco, na vibe das modinhas. Okay!). Ela e muitos preferem ao invés de comentários pessoais, doces, engraçados ou agregadores um like. Só o like! #sintomuito.
Às vezes também, não comento só curto e muitas vezes nem um nem outro. Sem regras, sigo sem ser seguida e vice versa. Deixo recados em fotos do Padre Fábio por exemplo, que sigo pelo Instagram, sem cobrar e nem sugerir que ele me responda, marque ou siga de volta e vejo tanta gente fazendo isso #ohlord. Pedidos e perguntas de n assuntos e imagino esperem respostas e se aborreçam por não ter. Três mil curtidas, quinhentos comentários em uma foto e a consciência de que ele não ia fazer mais nada se lesse, respondesse e visitasse cada contato, fica onde?
Sdv é sigla de segue de volta, é da fase adolescentesca eu entendo, assim sendo, para fase passar e para quando passar, vale pontuar. Não cabe na minha opinião, alegria desmedida de alguém, de sei lá, 40 anos por ganhar 20 likes numa foto. As pessoas parecem o blogueiro na novela global recém terminada, ávido por likes. Cruuuzes! 
#Follow? #InstaFollow? #TrocoLikes? Para quem não tá ligado, antenado e talz são aplicativos que usam uma prática parecida com a de joguinhos de celulares, que é preciso  passar de fase e para tanto, paga-se com merchan, metas ou dinheiro por vidas, no caso por seguidores. Os valores variam de R$ 2 a R$ 80. Além disso, mesmo que se faça a compra, ainda é preciso cumprir tarefas, como curtir uma quantidade exata de fotos #bizarro. 
Uma novidade (velha para muitos) é que existe um app que promete excluir todos esses comentários chatos, que acabam virando spams (lixo eletrônico). O nome do aplicativo é "Chega de SDV", mas parece que ele ainda não tem muitos likes e baixadas, são mais de 206 milhões de resultados para a tag "follow", mais de 1 milhão para "SDV" e mais 800 mil para "troco likes". Aff! 
O intuito do Instagram, penso eu, seja compartilhar fotos e acompanhar assuntos e pessoas que te acrescentem algo. Fotos de paisagens, de um fotógrafo que viaja pelo mundo, de um parente distante, do seu marido porque não e seus almoços e selfies, temquem siga o Padre Fábio, o Zac Efron (só para descontrair). Se você ama animais, pode seguir uma conta de algum gatinho ou cãozinho fofo. Agora, fico pensando em seguir perfis apenas para realizar as missões, cotas, para encher o ego. Uma miscelânia de assuntos, uma falta total de identidade e é isso.
Eu acho também e dizem alguns especialistas que pode deprimir, pois a pessoa começa a travar competições com outros usuários, se decepciona por não conseguir ganhar likes e seguidores, ou se acha a última bolacha do pacote por ser uma "celebridade". E dentre as muitas bizarrices, existe um site, para atender esse nicho, que disponibiliza imagens incríveis para a pessoa postar no seu Insta e deixar os outros morrendo de inveja da sua vida maravilhosa? O único problema é que nada é real. Me pergunto se é real as vezes o que penso que seja. Surtando, vou aqui tomar um chá para relaxar.

15 comentários:

  1. Olha Tina, para alguns escritores as curtidas ou os likes podem ser importantes, mas não quer dizer que saem correndo em busca de números apenas como bizarrice, mas a maioria busca o que seu textos expressa sabiamente, que querem apenas aparecer nas fotos, e quando estão juntos a um artista? abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a busca por likes e reconhecimento é válida, na minha opinião, por semeadura para colheita de pensamentos ou comportamentos a partir da escrita, foto ou arte qualquer produzida, comercialmente se for o caso (sem invasão) e outros casinhos pontuais.
      O retrato ou outro registro com alguém famoso por exemplo ou o ser famoso, com naturalidade tb é válido, parte do sermos pavão porque não, mas ou menos por ai, como sal, sem excessos, nem pouco, nem muito.
      Abração ;)

      Excluir
  2. Meu instagram é fechado e só deixo entrar quem conheço dos blogs ou da real. E quando chega algum pedido de fora, a primeira coisa que faço , meu critério de seleção é o seguinte: se a pessoas tem tremendamente maior o nº de pessoas que segue em relação aos que a seguem, posso imaginar que é daquelas que apenas quer MAIS UM seguidor! Assim, ignoro Antipático isso? Pode ser, mas preservo mais a intimidade... bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ai Chica, like e te sdv...rsrsrs

      Excluir
  3. Oi Tina
    Meu pai e quanta bizarrice.Eu não entendo nada dessas siglas e nem a causa por terem tanta sede por liks e seguidores.Onde vamos parar?
    Tenho 2 filhos adolescentes, eles não são do tipo instagram e twitter, mais já foram infectados pelos joguinhos e facebook.
    Já pensei em tirar a internet de casa, mas acho que será impossível por causa dos trabalhos de escola, que vão dispensando e deixando os livros de lado para, consultar apenas e exclusivamente a internet.
    Bem, espero que assim como você diz essa fase adolescentesca passe e todos voltem ao planeta terra.
    Vou te acompanhar no chazinho.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Das siglas também entendo pouco e poucas, ai quando danam a me cutucar vou pesquisar para amar ou discutir com elas...risos
      Açúcar no seu chá?
      Volta mais vezes, tem sempre xícara na mesa ou no armário para quem for de bem e quiser chegar ;)

      Excluir
  4. Eu também queria essa resposta: para quê, qual a finalidade ou o quê está por trás dessa fome por likes e sdvs?
    Dia desses ouvi de uma garota "nossa, mas faz três minutos que eu postei e só isso de curtidas?
    É acho que os planetas que habitamos são mesmo diferentes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu Ziraldo já me ensinou sou menina(o) de Marte, não de Vênus e não vou para nenhum dos dois, vou ficar por aqui, vão ter que me engolir...rararara
      Nós e nossas resenhas públicas e nos bastidores sobre esses sdvs e likes. É rir e cutucar para não chorar.

      Excluir
    2. Oi Tina,
      No começo do blog, eu confesso que fazia isto, na ilusão de promover o blog, torná-lo conhecido. Hj sei que se você não estiver no google, não está no mundo virtual. A verdade é que respeito quem faz isto, pois creio que faz pq quer promover algo que está fazendo virtualmente, e, se me sobra um tempinho, eu curto e sigo como me pedem. Por causa do blog estou em outras redes sociais, inclusive o insta, mas evito um pouco colocar coisas muito pessoais por lá, e lá, dificilmente sigo alguém, por falta de tempo.
      Mas não me irrito com quem pede um like, afinal, eu já caí neste erro tb. É só ilusão.
      Bjs

      Excluir
    3. Interessante!
      Aproveito para registar que quem gosta, tem retorno e tal okay, há gosto e espaço para tudo, para ser contra e a favor, para ser a favor e depois não ver mais sentido, para ser contra e passar a ser a favor. Sou a favor de ter opinião e mudar de opinião tb porque não?
      Adorei seu depoimento, deu corda, liga, novos olhares ;)
      E viva as diferenças \o/
      Beijos!

      Excluir
  5. Tina um monte de gente pede para Seguir de Volta, eu sigo mas espero que a pessoa faça isso tb.
    Baixei um programa agora q mostra quem começou a me seguir e parou só para aumentar o número, pq eu sigo todo mundo que me segue.
    E fico chateada em ver que a pessoa espera que eu vou segui-la para deixar de me seguir.
    Sacanagem eu acho!!
    Ninguém é obrigada a nada mas falta de educação não dá para digerir.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Tina queridona, oi. Pois é... tenho seguidores, mas sigo pouquíssimas pessoas, sabia? Não é desmerecimento com o outro, muito menos estou contando vantagens aqui, já que, seguem se me quiserem seguir. Forçação de barra para ambos, seguir e ser seguida, tô fora =0p

    Aaaa gente, sei lá, um dia a pessoa se mostra interessante, culta e com afinidades às suas e depois a gente descobre que fez isso e aquilo e nosso contatinho ali na rede delas.

    Tens muita razão nas frases bem arrumadinhas na crônica, Tina.
    Beijos mais.

    ResponderExcluir
  7. Tina,
    Acho que o problema está em exigir isso de volta, até mostrar seu trabalho, sua página, seu blog, enfim ok, mas tem gente que se você não segue, não curte, não responde não volta mais. Isso sim é chato. Eu por exemplo só curto algo, compartilho, deixo recado quando tenho interesse mesmo, e aí você passar a ser a chata, a antipática por não retribuir é uó.
    Vou aproveitar e tomar meu chá de mel e baunilha hahahaha. Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Nossa Tina, parece, para mim, que você escreveu em grego, kkkk não entendo nadinha destas coisas, rss. Mas estou feliz por isto, kkkk

    Bjs

    ResponderExcluir