17 de maio de 2015

Do amar blogar

Ilustração by Andreev Gappo
Escolhida pela lindeza e para referências e reverências
A saia poa é pela amiga Chica
A camisa floral é por você Camomila Rosa
Esse verdinho e terra para plantar é para Sheila, uma amiga passarinha
As meias, por serem meias e por terem listras cor laranja, pela Ana Paula
A descombinação das peças que não me representa me lembrou Nanda Pezzi
O cabelinho curto e lindo, Gê
Essa fivelinha me lembrou Ju
Numa imagem vários detalhes que lembram pessoas queridas
Outras tantas 
Vejo sempre no que vejo
No que escrevo, leio, como, bebo e que são por mim amadas
E que faço sempre saberem ser
Mando ilustrações por e-mail
Escrevo de e para
Comento nos posts com envolvimento
Leio e respondo com atenção
Porque amizade é de se cuidar, alimentar e fazer sempre brotar

Era uma vez, um senhor que ficava numa praça falando para as pessoas serem mais gentis, cumprimentarem umas as outras, sorrirem, contemplarem as árvores e pássaros, trocarem ideais e ninguém dava ouvidos a ele.
Um dia um rapaz que sempre passava ali, sentou junto dele e perguntou:
- O senhor não percebe que ninguém te ouve, não convence ninguém, não cansa não?
Ele respondeu:
- Não! Se eu parar, terão me convencido.
Adoro essa história e é assim faço com o blog, que por vezes, por falta de leitores que comentem, do tempo que exige, de desânimos da tpm, pessoais, astrológicos, da tão mais a mão, pop e superficial rede famosinha de relacionamentos (que não vejo porque ser uma ou outra, ou outras) cheia de possibilidades (esse para mim é um defeito).
Conheço uma senhora, moça pra sua idade do rg, que tem Face, Blogs (tipo mais de cinco), ajuda nos blogs dos netos, tem Instagram, What´s app, trocamos e-mails frequentemente, ela cuida da casa, dos familiares, visita sempre a mãe, amigas, viaja, cuida da cadela, passeia, faz artes, tudo junto e misturado. Sou fã! E eis que ela, que é fonte desse post (ver aqui), como outras blogueiras saíram do virtual para o real, na medida do tempo, pouco a pouco e a um bom tempo já, nos falando, conhecendo, semeando e colhendo as identificações, referências, histórias, carinho além das telas, correspondências a moda antiga, mimos virtuais e concretos, encontros, atenção.
Dar atenção, ter atenção, preocupação, pessoas que reparam se você cortou o cabelo, que sabem que você gosta de azul, que se você some perguntam o que houve, se fica doente mandam receitinhas e desejos de melhoras, que sabem os autores, cantores, sabores que você gosta. Pessoas que moram em outros estados, países e que sabem mais de você que muitos amigos e familiares, que bem podiam ler nossos posts e ter contatos frequentes diários com a gente, mas não tem interesses, ou dizem não ter tempo (leem mil coisas, mas é isso). Quem quer arranja tempo, quem não quer arranja desculpas diz a sabedoria popular.
E de cá para muitos lás, de lás para cá, fiz amizades, estou em muitos lares e cá em meu lar estão nas conversas, objetos na estante, no meu guarda-roupas, muitas pessoas com quem aprendo, ensino, troco, somo, multiplico e também diminuo, porque há que se perder para ganhar, os errados redimensionam o valor dos certos, o que é superficial faz o que é essência exalar mais aromas, ter mais sabor.
E nessa de escrever e ler, de publicar imagens, tirar fotos, ver fotos e imagens por ai, por uma palavra dita, lida, algo visto, minha vida e muitas vidas vão se transformando e isso é fantástico. É o virtual a serviço do real, não são só likes e uma infinidade de nomes numéricos em nossos contatos, são pessoas que sabemos onde moram, o que gostam, que pergunto pelos netos, torço para que o time de futebol ganhe quando o meu já saiu do campeonato, que planejo visitar a cidade pelos pontos turísticos e por um abraço, uma café, uma foto e muitas histórias para contar, para guardar na memória.
Sigo com o blog além da opinião de quem acha nerd, coisa de desocupado, fora de moda, meio de ganhar dinheiro jogado fora sem monetização, diariozinho bobo. Eu nunca liguei para o que os outros falam, desde que nem falava, não vai ser agora, batendo as portas dos quarentinha.
Vida longa aos blogs, as amizades além da distância, porque estar perto é estar dentro, sempre digo e tenho constatado. Inté amanhã então leitores amigos, amigos leitores, galera da Blogagem coletiva proposta por Ana Paula Amaral (amiga de blog, bater pernas em SP, zap, e-mail, filhos, correio e quintal), da qual faz parte essa postagem, porque todo dia é dia de blogar.

20 comentários:

  1. Calcei as meias alaranjadas que você ofereceu, porque agora cedo está frio que sobe pelos pés, e estou aqui me deliciando com esse senhor da praça, com a senhora-moça homenageada, com tantas pessoas que nos acrescentam. Ao longo do tempo, os blogs foram ganhando contornos, cores pessoais e algo além das telas eletrônicas e isso alimenta e faz querer continuar!
    Obrigada por participar, divulgar, encorajar!

    ResponderExcluir
  2. Tina, que amor de post! Adorei a minha sainha verde de bolinhas...Me imaginei dentro. Adorei todos os carinhos em cada pedacinho do texto e na ilustração! ès danadinha mesmo! E que continuemos assim, independente de comentários ou não, não damos bola para os números e sim para a presença. Sabemos que se e quando der ,a amiga "pinta" e nos alegra. Que bom que assim seja e vamos que vamos nessa animada roda de amigos que repito, não pretendo me deixar tão cedo.
    E aquela senhora ali acima citada, não tem mais Face...rs E é burra como uma anta no Whats,rs Não sabe nem adicionar amigos.Eta!!!

    Obrigadão por tido e s'imbora aproveitar o domingo! bjs chica ( aliás lembrei daquele peixe que mandaste ontem...Que delícia parecia estar.Com cara da Bahia!)

    ResponderExcluir
  3. Amei!!! adoro estar aqui, uma paz, um carinho, uma mudança, renova as forças e as esperanças...

    ResponderExcluir
  4. Tina Flor...que verdadeiro isso! Mas realmente acredito que somos amigos sim, e mesmo sem nos conhecermos pessoalmente, eu conheço algumas amigas de Blog até na alma, algumas deixam escapar a essência. A Chica foi uma das minhas primeiras seguidoras e comentaristas do Blog e eu a acompanho todos estes anos, hoje menos que antes, mas sempre tento ficar de olho! Como é bom trocar carinhos, palavras e ideias com minhas amigas daqui, amo vcs demais!!! Bjs e até mais...

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhh...esqueci de falar da minha camisa fofa floral...amei!!!!
    Flores na janela
    Cores em sua alma
    Na casa um presente
    Aromas que me acalma!!!
    Camomilarosaealecrim

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida Tina
    Gostei muito e, no parágrafo que fala sobre não ligar pros que os outros falam, fez ressonância com o meu modo de pensar... Legal!!! Amo blogar e interagir também... por aqui, tenho várias irmãs amigas...
    Seja e feliz!!!
    Bjm farternal

    ResponderExcluir
  7. O que falar? As palavras fugiram ♡ que post mais lindo. Vc é linda por dentro e por fora! QUe bom ser lembrada, como amo um mix de estampas, como amo vc mesmo assim tão longe... vc é especial!

    Beijoooo bem grandeeeee

    ResponderExcluir
  8. Tina, é bem por aí mesmo, amigos virtuais que muitas vezes são mais reais dos que os que estão tão pertinhos da gente (familiares, vizinhos e colegas de trabalho).
    Quantos, na minha ausência, já me mandaram e-mails, preocupados.
    ....agora tem uma parte de seu texto que mexeu comigo, tempo, realmente quem quer o arranja, e eu preciso urgentemente voltar a rabiscar, largar desse tal de não tenho tempo...rs
    Amei a imagem e os detalhes todos dedicados às amigas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Tina, belo e verdadeiro texto. É possível sim gostar de verdade de amigos virtuais, você é uma delas, mesmo que demoro mas sempre lembro da Tina.

    Deixo esse pensamento do Pe. Fábio de Melo que diz:
    “A beleza de cada dia
    só existe porque não é duradoura.
    Tudo o que é belo não pode ser aprisionado,
    porque aprisionar a beleza
    é uma forma de desintegrar
    a sua essência."

    Um Domingo abençoado e um início de semana de muita paz e saúde.
    Abraços Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Desvirtualizar é muito legal. Voc~e curte astrologia? eu também kkkk tenho minhas teorias e tudo. Essa tua amiga artesã tem um pique danado #que inveja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curto
      Ariana convicta rsrs
      Qual seu signo?
      Essa do pique não é artesã kkkkkkkkk
      É a Chica

      Excluir
  11. Que beleza de texto. pois é assim que sinto. Uma sintonia, que ultrapassa o virtual que cresce à medida das autenticidades dos posts que lemos nos blogs, que acompanhamos ou que nos seguem desde a primeira postagem.Você o disse tão bem, fazendo um apanhado de todos os sentimentos envolvidos no blogar e nos efeitos que causam. Belo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Tina, que lindo e carinhoso post! Eu aqui cheia de saudade de ler seus escritos. Me encantei com este lindo texto!
    Amiga, ganhei um PC!!!
    Beijos e carinhos.
    Amara

    ResponderExcluir
  13. Uma mão em formato de C e a outra em formato de C... e as duas juntas para dizer o que senti!
    Amor meu! <3
    Uma revoada de passarinhos sobre nós...anunciando boas energias!
    beijos!

    ResponderExcluir
  14. Tina querida,
    Continuemos pois com os nossos blogs.
    Para mim são mágicos.
    Parabéns pela maravilhosa postagem.
    Sou fã desta senhora que você citou...rs.
    Um carinhoso abraço e beijo de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  15. Muito lindo isso ! e por causa dessas pessoinhas que os blog's sobrevivem e porque os amamos cada dia mais.
    parabéns,
    abraços meus

    ResponderExcluir
  16. Oi, Tina!
    A Chica é uma blogholic e ainda por cima faz perfeito tudo a que se dedica!
    Grande lição a do senhorzinho e ainda tem outras espalhadas em sua postagem.
    Uma chateação explicar para quem não é blogueiro, os motivos pq temos blogues - Só blogueiro entende blogueiro.
    :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  17. Lindo o seu post. Gosto de gente assim, Tina, que fala (escreve) o que pensa, e se compromete com as pessoas. Lembrei-me de um post que fiz, num outro blog, escolhendo modelos de bolsas, na internet, para "presentear" minhas amigas de blog. Foram 3 postagens e, a menos que tenham mentido, o que sei que não, acertei todos os gostos. Isso porque eu, de alguma maneira, "conhecia" a cada uma delas. Blogar é isso, interagir e escolher, afinal, aqueles com os quais realmente nos comprometemos e oferecemos nosso carinho, nossa amizade.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Tina que lindo seu texto, eu também amo blogar.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  19. Ah que delícia!
    Tinh certeza que ia adorar sua participação.
    Obrigada mais uma vez pelo convite, querida
    Ó, da proxima vez eu tbe quero passear com vc aqui em SP!
    Bjks mil e uma ótima semana

    http://www.blogdaclauo.com/2015/05/recebi-o-convite-para-participar-desta.html

    ResponderExcluir