11 de junho de 2015

Dos para sempres

Além da minha Tia Nélia que amo e já contei histórias nossas por aqui, tenho uma tia emprestada que também adoro, chamada Tia Beta e uma outra que é desse clã das prediletas que tem bordado em seu perfil o dom do bordado, aplicação de miçangas e lantejoulas em roupas de baile, que costurou muitas roupas para mim, que fez meu vestido de noiva.
Fui Daminha de honra do casamento de um de seus filhos, lembro do espelho enorme de sua casa, lembro de mais de uma de suas casas, dos retalhos de pano que ela tinha aos montes e que eu amava e levava para fazer roupas para minhas bonecas. Ela me media e costurava para mim, como se boneca eu fosse, elogiava meu figurino, meus olhos, minha petulância (risos). De grande, fazendo meu vestido de noiva, que se pena para não engordar uma grama sequer, ela não maneirou em encher meu ego com gás hélio. Ela e eu, arianas convictas, sintonia de sinceridade, espontaneidade, resenhas de coxia da vida do alheio, risos tipo gargalhadas, fashionices, querer bem de sempre e para sempre.
Para ela post noturno, para ela meu registro de bem-querer, de admiração e carinho, por ela que em meu coração fez ninho, estou amuada feito passarinho com frio com sua passagem para o outro plano, ainda que saiba que ela gostava de mim saltitante. Bordado está no pano de meu amar e lembrar, nossas resenhas, o carinho de volta e o acreditar que quem amamos é eterno em nós.

4 comentários:

  1. Meus sentimentos.
    Tua homenagem bordada em coração, certamente alcançará o coração dela.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Puxa,Tina! Imagino a falta que ela fará! Fiquem bem! Ela lá de cima, te cuidará e sorrirá! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Deus conforte o coração pq a sdd sempre ficará.
    Pessoas especiais marcam passe o tempo que passar elas permanecem.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Em 2013 perdi a minha tia preferida, sei como dói.
    Um grande beijinho no coração

    ResponderExcluir