26 de julho de 2015

Além do ter

Foto que tirei dia desses 
Da Igreja de Nossa Senhora de Santana
Em reforma a um bom tempo
Nela foi a missa de minha formatura
Perto dela passei boa parte da minha infância
Foto e post pela poesia do dia de hoje
Cheiros, gostos, sabedoria, riqueza de ser e ter avô e avó
Por deixar para sofrer pelo que é realmente trágico
Deixar de se chatear e de reclamar por pequenos incômodos
Bora ser feliz além do ter, querer, entender 
Senão fica impraticável atravessar os dias
 Que as dificuldades e dores ao longo da vida
Não nos amargure
Que o amor nos cure
Que as saudades sejam doces
Como a de muitos de nós pelos nossos avôs, avós
Quem ainda os tem, cuida, ama, faz ser além
Que nada, nem ninguém nos roube o encanto
Que reconheçamos e valorizemos o essencial
 Eu, gosto de olhar o céu
De onde estiver
Lá imaginar estar os que já se foram
De sentir que nos acompanham
A presença da ausência
Gosto de sentir o dia virando noite
E a noite dia outra vez
De ascender a primeira luz da casa quando a noite cai
E lembrar do meu avô que dizia: Boa noite Cinderela
Sem fazer a menor ideia do que ele queria dizer com isso
Gosto pensar que muita gente não tem luz elétrica
De agradecer ter o que comer
De lembrar ainda que não possa de novo saborear
Tudo de gostoso que minha avó fazia
Gosto de ter olhos de ver
E coração de gostar dessas coisas
Pedidos e desejos de bênçãos
Maré boa, proteção, paz e bem
A Nossa senhora de Santana
Amém!

5 comentários:

  1. Oi querida amiga Tina, vim lhe desejar uma excelente semana, beijos e fique com Deus!!

    ResponderExcluir
  2. Que linda foto e tuas palavras emocionam...Lindas! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  3. A doçura dos avós, mesmo os ranzinzas, poeticamente lembrados aqui! Saibamos bem viver, pois sofrer faz parte, então deixemos para quando for a hora. Por hora, o céu, o recordar, o agradecer. Boa noite Cibderela!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo...
    E vamos aproveitar cada momento!
    Boa semana.
    Bjs

    ResponderExcluir