8 de julho de 2015

Do meu amar gatos

Foto de Paula Gomes 
Gato de Buenos Aires
Uma caixa de papelão basta 
Basta uma pilha de panos de chão
Em um mercadinho 
Ou de panos de prato
Para necessidades de fino trato
Seja para o sono, preguiça
Ou para as filosofias de um gato 
Nunca submisso 
Não faz reverência 
Nada pede a quem não o quer 
Aceita quem o quer se assim quiser 
Criaturas de lisuras 
Pose de luxo até no lixo 
Bruxos 
Bobos ainda que não
Para uns apenas gatos 
Para outros paixão

6 comentários:

  1. Ai que lindo!
    Nunca vi minha paixão tão bem traduzida!
    Amo todos os animais, mas os gatos estão no topo da lista. Acho que quando criou o gato Deus estava com mania de grandeza.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Tina, eu amo gatos!
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tina!
    Quem não gosta de gato, não gosta porque nunca conviveu com um... rs.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  4. Paixão para mim! Tive a Mussuna, que nasceu Mussum em homenagem aos trapalhões de meus domingos e eis que um dia "ele" se põe a parir. Foi só acrescentar um "a" de amor e ficou tudo certo por longos dezenove anos!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Os gatinhos são lindos e mmosos, mas para quem ama deve cuidar de verdade vacinando alimentando e até castrando para evitar a reproduução desenfreada e o abandono. tem novidades no blog

    ResponderExcluir