1 de julho de 2015

Ilustração de Manon Gauthier
Pelo tempo de espera das roupas no varal no inverno
Pelas joaninhas
Dentes de leão
Urso de pelúcia
Pregadores antigos e de cor laranja
Estampa de bolinhas
Referências pessoais e amigas
Histórias de quem fez a ilustração
Minhas, alheias, infinitas
Meu bem vindo Julho, a você que um dia, soube por ai, se chamou Quinctilis, por ser o quinto mês do antigo calendário romano, até que, em 44 a.C. o senado romano mudou o nome para Julius, em homenagem a Júlio César. Ave história!
Para o mês começar e para um convite propor, o de meditar, fazer yoga, que fazem bem, alongam o corpo e a mente também. Apesar de muitas tradições antigas, religiosas na sua maioria, utilizarem técnicas de meditação, não necessariamente precisa existir um vinculo religioso na prática, passos simples, pausa, posições que permitem uma boa respiração e oxigenação, detalhes aromáticos, musicais ou coloridos que podem ser interessantes e tem efeitos reais. Uma sugestão num mundo cheio delas, na sua maioria para movimentos, físicos ou mentais, então, já que todo mundo recomenda mil coisas, eis-me aqui recomendando meditação. Porque não?
Além da terapia pessoal e rede social de amizades, há que se ter cuidados ao se conquistar seguidores, admiradores, amigos através de publicações, embora hoje em dia os valores e limites tenham se tornado frágeis e questionáveis, abaixo dos níveis mínimos de qualidade e responsabilidade.
Ciente de que as mensagens, recomendações, opiniões que compartilho influenciam pessoas, vale pontuar que não escrevo aqui para vender nada, convencer ninguém de nada, catequizar ninguém, nem estou dando aval para ser analisada, nem julgada tornando públicas minhas fraquezas, meus gostos, virtudes e acredito que cada um sente, entende, processa, interpreta o que dizemos, o que escrevemos, quem somos, a partir de suas travas, aberturas, limitações e ilimitações. Sou responsável pelo que escrevo e digo, não pelo que cada um entende. Dito isso, bom mês, boas leituras, boas práticas, senso de responsabilidade, liberdade, amizade, doçura e esperança.

8 comentários:

  1. Que linda imagem e adorei as joaninhas...Acho que essas fizeram meditação:estão levinhas, leviiiiiiiiiiiiiinhas... Eu não consigo meditar durante o dia...A única coisa que sempre fiz, foi um passar a limpo o dia, rever atitudes,antes de dormir...Mas nos últimos tempos, ando tão poooooooooooodre de cansada...


    Que JULHO seja lindo, leve pra todos! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Perfeitas colocações, Tina.
    Às vezes a gente só quer escrever porque na verdade, não consegue ficar sem fazê-lo. É isso... bom dia, e feliz julho!

    ResponderExcluir
  3. Julho, que não sabia já teve aquele nome complicado, que me lembrou nesquick que põe no leite, não poderia chegar de maneira mais bela representado neste varal tão especial! Cores, flores, insetos, aromas no varal e para além dele!
    Meditar, refletir, silenciar para se conhecer melhor, para se respeitar esse território virtual onde a palavra democracia deve se fazer presente. Cada um se expressa e a gente respeita, mesmo que não goste ou concorde. Podemos expressar isso de maneira educada. Estamos vendo a intolerância que antes era só ligada a um mundo tão distante do nosso, se manifestar cada vez mais por aqui, num tal de "pensou diferente de mim, eu ataco, agrido".
    Feliz julho!

    ResponderExcluir
  4. oi Tina

    meditar dá uma paz e faz um bem danado. Neste mundo de caos e confusão feliz aquele que encontra paz consigo mesmo.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Gostei de saber mais da história do mês e concordo contigo que quando escrevemos não queremos impor ninguém a crer, a catequisar, muito menos a comprar, apenas é nossa maeira de expressar-se e bom seria que mesmo não sendo pelo muito númeor de seguidores tívessemos muitas pessoas a ler oq ue sentimos dispomos, escrevemos, para quem escreve é sempre para alguém, bom dividir, compartilhar sentimentos. Bom mês pra vc! No blog tem novidades da foto que vc gostou no instagram, bjs

    ResponderExcluir
  6. Julho chegou e com ele a vontade de ir de férias, quanto tempo ainda falta para agosto! beijinho

    ResponderExcluir
  7. Oi Tina! \0/
    Eu li essa frase no Twitter do Pe. Fabio de Melo há um bom tempo atrás: "Sou responsável por aquilo que digo, não pelo que você entende" e achei fantástica, hoje levo como lema para minha vida e meu blog, inclusive ignorando ataques pessoais por discordar das ideias de um russo que foi preso prometendo ressuscitar crianças falecidas aos pais e, claro, cobrando bons euros por isso. Enfim... Cada qual com seu cada qual, como diz o povo por aí. Não sou contra os seguidores do cara (embora eles sejam contra mim, huahuahauahau!), mas contra as ideias e atitudes dele.
    Também penso que como blogueiras, somos sim formadoras de opinião e precisamos ter muito cuidado e cautela para termos consciência do que passamos aos demais. Procuro sempre ser autêntica, franca, porém, nunca ofensiva. Pelo menos tento.
    Sobre a tua dica, nunca consegui meditar, tenho um nível de concentração muito doido, minha mente é muito inquieta, no entanto, descobri no youtube umas frequências chamadas de binaural e isotronic sounds que são fantásticas. Elas, por incrível que pareça, conseguem fazer esse corpo e mente hiperativos relaxarem um pouco. Tomo alguns minutos do dia, às vezes uma hora e uso-as antes de dormir (junto com o Rivotril parceiro de guerra, lógico) com tais frequências que descobri mês passado.
    Beijos e um excelente mês de julho para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
  8. Oi, Tina!
    Pois eu ando me aventurando na meditação lá em Petrópolis, fui duas vezes ao encontro ao ar livre na área aberta do museu imperial e, adorei, apesar de achar meio difícil ainda, mas o mestre budista, diz que é assim mesmo no começo, só sei que curti muito e fiquei leve e feliz.
    Não sabia da história de julho, mas é um mês muito lindo, pois tenho pessoas amadas que aniversariam nele.
    Bom Julho!
    Beijo carioca

    ResponderExcluir