21 de agosto de 2015

Por comer pé de moleque 
Porque é o dia da festa da Semana do Folclore nas escolas
Se não é
Deveria
Comer acarajé só de desculpa para comer além de sempre
Comprar doce típico do sertão no meio do calçadão
Alfelis é aqui na Bahia o nome desse grudinho tipo rapadura mole
Que nunca perguntei do que era feito
Nem amargurei por questões de higiene
A doçura. poesia 
E figura do senhorzinho que vendia na porta da minha Escola 
Era e é de fazer bem por dentro e fora
#dasdocesmemórias
#pqhjésextafeira
Para além de Iemanjá, Iara saudar
Porque uso acessórios de baiana
Tenho até hoje um colar
Que na infância usava para no dia da festa me fantasiar
E se achar uma oportunidade
Brinco de roda
Rodo bambolê
Só na infância?
Porque?
#criançaforever
#doamarfolclorices

6 comentários:

  1. Ah fiquei com vontade de estar ai e participar.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Criança sempre vale ser,na hora certa,claro! Adorei o pé de moleque e tuas palavras lindas! bjs, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  3. É balas puxa-puxa? Eu adorava quando era criança!
    É tão bom quando nossa criança aparece! bjs
    Amara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que não sei o que é puxa-puxa!
      Ouço falar só
      Esse doce é tipo um caramelo só que mais mole e com gosto de rapadura, me parece tem gengibre
      Uma coisa deli e de infância total pra mim rsrsrs

      Excluir
  4. Ótimas palavras...ser criança, sempre, melhor!! Bjus

    ResponderExcluir
  5. Eu adorava comprar com o velhinho que ficava no portão do Salesiano na hora da saída.

    Eu conheço esse doce como Alferes...é muito muito demais essa explosão de doçura!

    ResponderExcluir