17 de agosto de 2015

Por mais Folclore

Eu amava, na época de Escola, a Semana do Folclore. As tarefinhas com sereias, o Saci, a Mula sem cabeça, baianas, o Curupira, o Boitatá e todas aquelas histórias, coloridos, trabalhos, apresentações. Sábado dia 22 é o dia do Folclore e vou tentar até lá trazer posts dentro do tema. A palavra Folcore, para quem gosta de importação, me admirei pesquisando, tem origem no inglês, formada pela junção de folk (povo) e lore (sabedoria ou conhecimento). Folklore, então, significa sabedoria popular e é uma palavrinha que tem pareja com a nossa na grafia e pronúncia, com igual significado.
Hoje trouxe a origem do nome Folclore e essa ilustração que amei e não lembro se ganhei, se achei e guardei, sei que não tenho a informação da autoria. Estava aqui nos meus guardados e resolvi usar em referência a encantada Iara, ao quão rico é para as crianças ter todo esse imaginário apresentado, de forma lúdica, conduzida, criativa.
Postagem que saiu tarde, fora do horário de costume, mas cheia de costumes, bem querer, fazer circular e desejar mais cultura popular nas Escolas, faculdades, nos grandes centros, valorização e culto a data, menos mimis religiosos e de aversões e versões psicochatas dos personagens e lendas populares de nosso país, tão rico de histórias, lendas, símbolos e simbologias que nos representam através de um rico e variado conjunto de costumes, provérbios, manifestações artísticas em geral, por meio da tradição oral, festejos, crenças, tradições. 

11 comentários:

  1. Adorei a imagem e o tema e vamos te aguardar com mais folclore na semana a ele dedicada! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Até hoje tenho medo da Cuca rs mesmo sabendo que é folclore, ai vem o poder de grandes escritores, e a magia que eles deixam né! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rarara
      Meu marido também
      Pois é
      Poder de causar sentimentos diversos
      De convencer com a caracterização, com o personagem em si

      Eu achava ela um charme
      E a música com um que de pântano, de bruxa,que para mim sempre teve um ar de magia, de encantamento
      O ser má, eu meio que desconsiderava

      Excluir
  3. Aqui temos muito a se falar, se sentir, ver e aprender com a cultura do povo. estaremos trabalhando na escola lendas, receitas caseiras, simpatias, e tudo relacionando ao folclore que ajude a s crianças a ler, escrever e aprender de forma lúdica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva para o blog e para o inata, vou amar ler e ver

      Excluir
  4. Eu tb amava, me fascinava infelizmente não vi meu filho passando por nada disto.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mostra a ele em casa o que você viu, vê e acha legal, que representa sua infância, qie seja da cultura de onde ele nasceu e de por ai, asim como todo tipo de arte e informações que a Escola e o mundo não mostrar Belzinha

      Excluir
  5. Oi TIna!
    Adorei saber a origem da palavra folclore, sabedoria do povo...lindo! e vocês, aí na Bahia, tem de sobra! beijos minha querida!

    ResponderExcluir
  6. Boas recordações hoje nas escolas nem sei se ainda contam lendas.... No Lisette.

    ResponderExcluir
  7. Folclore é uma palavra que trás embutida a ideia de folguedos histórias lendas. Também li todas essas que citou e nunca esqueci_ faz parte de temas escolares e por ser folclórica é leve gostosa e a gente nao esquece.
    Bom saber sempre mais.
    uma boa semana Tina

    ResponderExcluir
  8. Lembrei-me de estar circulando com lápis uma moedinha em cima do papel laminado verde e depois recortando uma a uma para fazer a cauda da sereia!
    Que se veja nosso folclore como parte da nossa construção enquanto povo, cultura e que se preserve e difunda.
    Beijo.

    ResponderExcluir