14 de outubro de 2015

Me entregando na real

Assim! Sou sempre a do comer de tudo, do discurso: Sem frescuras minha gente! Seja comida de rua, de feira ou de grife, com higiene básica tá valendo. Mas tenho (já tive mais) frescurices e vou me entregar de bandeja. Fritando bananas da terra e lambuzando elas de açúcar com canela, olhei para as bonitas e ausência fatiada das bolinhas do meio, do caminho central das bonitas me levaram para a da Escola Baiana de Medicina e Saúde pública. 
Calma! Não vou declarar nada cientifico, nem veio de lá nenhuma informação para serem banidos os miolos das bananas. Necessário pontuar, que miolo de bana é uma definição bem minha cara. Entenda-se miolo, aqueles pontinhos pretos, que vale a aula de biologia, não são sementes, são óvulos não fecundados, uma vez que a banana se desenvolve sem que haja fecundação, portanto, não possui sementes.
Uma colega de trabalho achava graça, outra meio que tinha ciúmes, eu trabalhava no CPD (atestado de minha idade o nome desse setor, o tal Centro de processamento de dados, sala de informática, setor hoje fora de moda pois todos os escritórios até o cafezinho já é informatizado). O especial era a banana de dentro ser sem miolo, porque eu disse que gostava assim. 
Dizia também bom dia, boa tarde, a senhora tá bonita hoje, que cara é essa e outras coisinhas doces que me deram a chamada moral. E para arrematar o contar, bananas reais me levam também para escola, tempo em que eu vendia na hora do lanche e sonhos e pãezinhos também, dava a parte de meus pais para eles e o meu eu gastava com adesivos, papéis de carta, lanches, fru-frus e frescuras. Detalhe: Zero chance da turminha da zuação me dizer qualquer coisa, piada, brincadeira de bom ou mal gosto, sabiam de doce eu amargava e quando eu sou boa sou ótima, mas quando não, voam panelas.

10 comentários:

  1. Muito se aprende por aqui, até hoje achava que os pontinhos pretos fossem semntes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito se aprende é na net, ao invés de só moscar (expressão nova de meu filho, que desconfio seja velha)
      Descobri ao pesquisar como chamar o por mim definido como miolo da banana, ai não podia deixar de compartilhar né
      Eu e vocês agora já sabemos
      Dez para gente :)

      Excluir
  2. Eu também achava serem sementes.
    Que bonito ajudar os pais com sua possibilidades de venda de lanche na própria escola e com o respeito que hoje se carece.
    Por ser do CPD deve também ser do CIC feito eu?!
    Este post a essa hora não me caiu bem: vontade danada de banana frita com ou sem miolo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim,do tempo do CIC
      Do talão de cheques e seus canhotos onde anotava tudo
      E falo meus nomes e os novinhos(as) que não entenderem que vão pesquisar, não é assim que fazem coma gente?
      E se curtirem com minha acara curto com a deles que não sabem nem enfiar uma linha na agulha, manualmente prejudicados (olha eu entornando o caldo...rararararara)

      De tarde passo uma café e você faz as bananas, que tal?

      Excluir
  3. Rss....Adorei teu bom humos, as explicações sobre o miolo das bananas e lembrei das nossas lá na Pousada da Flor e Carlito!Saudades!!

    E também sou bem boazinha, mas se me encherem o saco, sei muiiiiiiito bem rodar a baiana com todas as 15 mil anáguas,rs...Daí, sai de baixo, da frente e do lado pois a fera solta!!! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rarararara
      Rodar a baiana era o final ideal para o quando não sou doce e com as tais das 15 mil anaguas claro

      Excluir
  4. Eu sempre aprendo mais aqui

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. O pediatra de meu filho mandava retirar as sementinhas pretas do meio delas! Eu achava trabalhoso, mas era um bebezinho!. Hoje devora tudo! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Ameiiii, vc me levou pra uma viagem em um tempo que não existe mais e me deixou cheia de vontades: banana frita com farinha de mandioca, sonho e gostinhos da infância!!

    Vc é de mais Tina!

    ResponderExcluir
  7. Muuuito bacana!
    Eu vendia pulseirinhas de palha e miçangas na escola...

    ResponderExcluir