10 de maio de 2016

Ode ao campo

Igreja de Nossa Senhora da Glória
Saúde o nome do bairro
Por Glórias, saúde, coragem
E gratidão ao que vem do solo
Dia mundial do campo hoje 
Obrigado aos homem e mulheres da lida
A natureza, beleza, milagre 
Dos alimentos que brotam do chão
Arroz e feijão
Legumes, verduras, frutas
Ervas do sertão
Salve aos trabalhadores
De Norte a Sul
Ao Sertanejo da pele queimada
Pelo sol que brilha no céu azul
Que preserva com gosto e zelo 
As raízes da cultura, da fé
Dos costumes e valores do nosso país

8 comentários:

  1. Linda e bem pensada homenagem, como sempre aqui.Muito merecida essa ode ao campo ,seus trabalhadores... beijos, chica e adorei a igreja! chica

    ResponderExcluir
  2. Gostei Tina.
    Se tem algo lindo em Salvador são as igrejas.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Sejam valorizados, respeitados os homens, mulheres do campo que cedo se levantam de domingo a domingo porque a lida não tem descanso.
    Ontem no mercado olhei demorado para o preço na placa da vagem-macarrão: 39,90 o quilo. Quanto pagaram ao homem que a cultivou?
    Saúde e glória. Linda homenagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amargo com certeza o preço pago a quem semeou

      Excluir
  4. Meu pai era um homem do campo. E foi do campo que ele tirou os frutos e com eles alimentou os seus filhos. Foi muito feliz e amava imensamente o seu chão e as suas raízes.

    ResponderExcluir
  5. Os versos finais são de uma reflexão perfeita e linda.

    ResponderExcluir