12 de maio de 2016

#tápuxadosocializar

Precisamos ganhar dinheiro, pagar as contas, saber de tudo, não ter nenhum preconceito, nem conceitos ou ter vários, sermos sociáveis, não nos apegarmos, ser ranqueados, cobrados, vigiados, relaxar e não deixar de aproveitar nada (se alguém souber me explicar como fazer isso vou amar) além de uma lista enorme de condutas politicamente corretas, modernas e malucas.
Temos que nos relacionar com esse mundo acelerado, tarefa diária, que não é opcional. Me pergunto, como vivem os idosos lúcidos e que não querem ser descolados, antenados. Mundo de melhorias e vantagens, verdade seja dita, mas, cheio de excessos e carências pelas bordas e no miolo. 
Pena! Não vai voltar o mundo a ser tipo os anos 80 (60, 50) nem desejando com vontade e não tem muita cara de estabilizar. Insatisfeita é o que eu diria ao Face,  face a pergunta de como estou me sentindo. A sociedade atual tem uma idolatria pela exibição, por trabalhar feito loucos, desperdiçar dinheiro, ocupar cada minuto do dia dentre outras idolatrias. Não sou obrigada e isso parece pecado, eita que falar pecado é polêmico!
Enfim! Não vejo graça ser motivo de orgulho responder a pergunta: "Como estão as coisas?", com: "Na correria" ou "Ralando bastante!" ou o nada educado e muitas vezes falso: "Nao da pra falar agora, estou muito ocupado". Sei! 
E achar que cabe no dia do aniversário no pacote do parabéns perguntar: "Tá trabalhando?" é muito para mim. Que nem, qualquer dia e tantas vezes ter que responder a pergunta clássica: "O que tem feito", que penso mil vezes em respostas variando entre: " Tá com tempo?" a: "Tanta coisa!" ou "Nada" (quando tudo que faço sei é nada para quem perguntou). Gosto quando perguntam por meu filho, marido, irmãos, melhor ver chamar pelos nomes, citar lugares, gostos, histórias que digam sobre mim, que deem identidade a relação. Mas não se pergunta mais pelos outros, as perguntas são genéricas, impessoais e as respostas devem seguir o mesmo modelo. Não dá para mim!
Eu gosto de dormir até tarde, de dormir tarde, não curto academia, não faço dieta (se for preciso faço sem colocar na legenda de minhas fotos #zero lactose #semgluten...), gosto de ler livros impressos, leio a respeito de diversos assuntos, incluindo "cultura inutil". Gosto de papear sem resumir,  gosto de fazer nada, de ficar de maresia morcegando ou sendo improdutiva. Falando nisso, cansei desse papo, vou aqui fazer nada.

7 comentários:

  1. Puxado é pouco, está insuportável. Da comida à corrida, sim todo mundo tem que praticar corrida, dormir pouco, produzir muito, curtir demais, ser descolado, enfim... Tá chato.
    Bom fazer nada por aí. Eu, fazendo pipoca com um pouco de yoga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a pipoyoga
      E te convoco para resenha do comentário com palavrices, não tá afins e sem fins de Chica

      Excluir
  2. Tu e a Ana tem razão...

    Se formos seguir todas as regrinha( ???) ficamos malucas... Até pra brincar temos que ter papas na língua pois podemos falar demais ou dizer algo politicamente incorreto. Ora pombas! Sejamos nós mesmas e deu pras cuias! Acho assim: quem quer e gostar de mim assim, muito bem, senão azarildo!

    Estou com 67 anos na cacunda e até acho que me insiro muito bem nessa parafernália toda. Faço o que posso e acho, ( tenho certeza)faço papel de mãe, de vó,com tudo que haja nisso de implicação:leva busca, leva médico, cuida nas doenças, tuuuuudinho... E faço pois ISSO é importante. Mas não m venham falar baboseiras de por exemplo: credo, como tu não gostas de ir num salão, fazer cabelos,etc... Ora, eu não gosto e pronto!Por isso, não tenho tempo pra ir. Se eu gosto, acho tempo, é certo!

    Isso dito, podem saber bem como sou e quando cabe ou não frescuras... A Tina que esteve comigo e família na praia, se me encontrar no outro ano, me verá com as mesmas roupas praianas, o mesmo maiô, etc,,,e isso sem cumprir as dirás regras das modas... Assim sou e por isso entendo as duas muito bem! bjs, fiquemos assim à salvo das neuroses e tantas loucuras...bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uns verões já meus biquinis
      Virgem Santa
      Nem me lembrava mais desse detalhe
      Em terras praianas vivendo, isso prova como são bons os biquinis das lojas de departamentos
      Kkkkkk
      Gosto de coisas novas e velhas
      De salão e cara limpa
      Variado
      Sem lado
      Punto e basta
      Kkkkkkk

      Excluir
    2. E olha que os meus maiôs pelo menos, nem de grife são,rs.. E duram!Também adoro cara limpa, mas salão ,não curto!

      Excluir
  3. Ah se a moda do pipoyoga pega!
    Amei voltar e me enfronhar do comentário da Chica!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te cuida , te adianta pois vais perder o direito de ser a dona da ideia.rs...Adorei ao nome que a Tina deu: pipoyoga... Valeu! bjs

      Excluir