26 de julho de 2016

Dos avós em nós

Não sei onde voinho achou essa cor morena
Camisa polo com bolso claro
Certeza tinha um lenço, um documento e dinheiro
Voinha de azul
Tão eu
Lembro perfeitamente desse vestido
Eu look e carinha de anjo que nunca fui
Das memórias com vida própria
Que não ficam quietas dentro de uma caixa
Estão muito além dos retratos
São como pássaros em voo
Vão para onde querem
Moram em nós, mas não nos pertencem
Mix de Rubem Alves e eu
Dona Maria e eu
Seu Luis e eu
Porque hoje é dia de Santana
Dia dos avós
De raízes e asas

3 comentários:

  1. Dia de Santana, adoro, e dia dos avós...dia mais que especial!
    Linda homenagem passarinha!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito e uma lembrança maravilhosa para se guardar com carinho.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Que maravilhoso esse agitar-se das memórias nas caixas!
    Homenagem linda para os avós que têm ganhado a cada ano mais visibilidade e sem estar vinculado ao comércio. Puro amor, carinho, doçura que eles merecem!

    ResponderExcluir