14 de dezembro de 2011

8 comentários:

  1. Tina,
    anos atras estive no Pelourinho.

    Que vontade que me deu de voltar ao tempo e comer um acarajé... frio, por favor!!

    Vou preparar meu jatinho.. me aguarda??

    Um grande abraço,
    Carol :)
    http://www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  2. Tô esperando, nem que vc venha de carroça, tô esperando :)

    Uma coisa interessante:
    Nós daqui, não chamamos de frio o acarajé sem pimenta, como vcs turistas chamam, eninados provavelmente por guias ou baianos que criam moda...vai saber!
    Frio é acarajé frio..."Tá quente o acarajé baiana?"...E ela sempre diz que tá pra vender...rsrs...brincadeira, algumas dizem que não, são baianas gente fina :)

    Então agente vai pedir quente pra as duas, em Cira, juntinho da Sereia de Itapuã, o melhor na minha opinião e sem pimenta, pimenta pra mim só caseira, de baiana é pra baianas(os) mas "retadas(os)".

    ResponderExcluir
  3. Hum que delícia!
    Estive no pelô na terça-feira acompanhando uma amiga de Sampa que veio com a família e queriam conhecer. Subimos o elevador lacerda e passeamos por lá...muito bom, está em clima de natal...
    Bjo grande!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!
    Ai Tina! Tudo que gosto tem ai nesse menu.
    Sou filha de Nordestinos, minha mãe sempre
    Fez merendas do tipo! Uhhh! Delicia!
    Sábado estarei ai, vou pegar carona com a Carol.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Bolinho de estudante, tapioca e um café...q tal meninas? :)

    Viva o nordeste!

    ResponderExcluir
  6. Que pena que moramos tão longe, né flor...

    bjs :)

    ResponderExcluir
  7. Uma pena meeesmo!
    Mas um dia vou "ais", ou vcs vem aqui, ou nos encontraremos em um outro lugar, só de imaginar me faz bem :)

    ResponderExcluir
  8. Que peninha eu morar tão longe!
    Beijos.

    ResponderExcluir