29 de dezembro de 2011

Sinto o abraço do tempo apertar e redesenhar minhas escolhas
Espero pelas novas folhas
Imagino jeitos novos para as mesmas coisas
E vejo bem tudo recomeçar todas as vezes
E vejo o tempo apodrecer e brotar
E seguir sendo sempre ele
E ser e ter tudo pela frente
Fragmentos da música: Abril, de Adriana Calcanhoto

13 comentários:

  1. pode trazer sim, mas o texto nao é meu , está creditado em baixo dele!
    beijo!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia guria linda!
    Que beleza isso...
    Você é mestre em encontrar fragmentos com cara de inteiros.
    Adoro isso.
    Bjos
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Lindo Tina, um pedacinho que fala muito!!
    Bjos'ss

    ResponderExcluir
  4. Adorei!!! Lindas palavras!

    Um beijo!
    carol

    ResponderExcluir
  5. Tina, um pedacinho que diz tanto!! Amo!!!

    Beijinhos e uma linda ultima quinta-feira do ano!!!

    nandapezzi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. que lindo! adoro a Adriana :) :)

    bjs e um ótimo dia para você

    ResponderExcluir
  7. Amei o nome da música ser Abril, que é o mês de meu niver :)

    Obrigada meninas pelas visitas, coments e carinho.

    ResponderExcluir
  8. Feliz ano novo!
    Que Deus te abençoeee
    Beijosmil ;*

    Abraços
    http://o-que-ninguem-ve.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga, eu desejo a você um Ano Novo pleno de muitas realizações boas e de grandes inspirações para as postagens neste seu blog.

    ResponderExcluir
  10. Tina querida,
    Você soube escolher versos perfeitos para os dias que estamos vivendo.
    Sábias palavras!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelas palavras e a música é ótima!
    Um grande abraço e boas energias!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  12. Obrigada a tds(as) :)

    Mta Nutella pra nós Camomila e Alecrim !!!

    ResponderExcluir
  13. Tina, que bonitinho esse texto da postagem.
    O que me chama a atenção e me é muito importante para sair da rotina (embora ela seja necessária no trabalho) sem deixar de cumprir minhas obrigações, é proceder assim:

    "Imagino jeitos novos para as mesmas coisas".

    Pronto, resolveu a possível monotonia!
    Beijos renovados.
    Manoel.

    ResponderExcluir